terça-feira, julho 10, 2012

Faxina mental

Não sei se é a idade ou o cansaço da batalha diária mas  ando precisando urgentemente de uma faxina mental. Porque todo mundo conhece a famosa faxina emocional, mas vez ou outra é preciso fazer também uma faxina mental. Twitter. Facebook. Blogs. Sites de notícias nos bombardeando a todo momento. Celulares ligados dia e noite. A vida moderna, onde vivemos agarrados aos nossos smartphones, tablets, laptops. 


Tudo lindo e maravilhoso, até o dia em que a gente surta. Pelo menos comigo é assim. E se formos pensar bem, este negócio de estar conectado a tudo a a todos 24/7 é loucura! E sinceramente? Eu  nem acredito que o ser humano tenha sido feito pra isso. Enfim, tudo na vida tem suas vantagens e desvantagens. Não sou daquelas pessoas saudosistas que quer uma volta ao passado mas acho que precisamos prestar mais atenção pra não deixarmos que essas tecnologias trabalhem contra nós, em vez de a favor de nós.

Pois vejam só que coincidência. Estava eu pensando neste excesso de informação por toda parte quando me deparei com a capa da Newsweek desta semana: YCrazy! A matéria de capa era exatamente sobre isso! Sobre como o estilo de vida atual tem mudado permanentemente o cérebro das pessoas - e isso se percebe nitidamente na nova geração (quem convive  com crianças já percebeu isso). E mais, como  isso afeta a saúde mental mais do que se  imagina ou se quer acreditar. Verdade seja dita, muitos já perceberam como a internet  tem afetado nossas vidas sociais, como ela mudou o comportamento social em geral. Só quem é cego não vê.

E como não podia deixar de ser, cada vez tem sido feitas mais pesquisas sobre o efeito do uso prolongado de redes virtuais como o Facebook, por exemplo. Eu mesma não apenas já declarei que tenho uma relação de amor e ódio com a rede como já tinha lido tempos atrás um artigo sobre Facebook e depressão em adolescentes,  fenômeno digno de estudo nos EUA. Agora os estudos estão se ampliando para a população geral e não apenas adolescente. De acordo com essas pesquisas, o uso 24/7 de computadores e smartphones (a tal geração online),  vem sendo diretamente vinculado ao aumento de depressão, ansiedade e fobias. Tenho certeza que quem trabalha na área de saúde mental já deve ter percebido isso há tempos.

Moral da estória, é preciso ficar de olhos abertos e mentes atentas pra o que está acontecendo à nossa volta. E acima de tudo, é preciso moderação. Estejam avisados.

Abaixo, link parao  artigo da revista Newsweek (em inglês):
http://www.thedailybeast.com/newsweek/2012/07/08/is-the-internet-making-us-crazy-what-the-new-research-says.html

10 comentários:

Mateus Medina disse...

Já ando "nessa" há um tempo.

Aliás, comigo esse "desligar" sempre foi cíclico, desde o tempo do Orkut.

Eu preciso desse desligamento de tempos em tempos, por isso, sarte fora de "tudo-social" e tenho andado só pelo blog, publicando quando bate a inspiração, sem me preocupar tanto em saber tudo, sorver tudo, participar de tudo...

bjocas

Pri S. disse...

Equilíbrio sempre é a chave pra tudo, né? Esse tema dá pano pra manga... A internet trouxe uma nova maneira das pessoas se relacionarem. Ela por si só não é ruim. A questão é o uso que andamos fazendo desse ambiente de comunicação. Como sempre, caminhamos em direção ao exagero antes de atingirmos o equilíbrio. E nesse meio tempo muitos estragos são feitos... Eu tenho pensado nisso. E acho que sim, a internet tem me tomado tempo demais, infelizmente, de uma maneira nem sempre produtiva. Faxinas de todos os tipos são bem vindas atualmente, viu... rs Bjos!

Beth Blue disse...

Pois é, queridos blogueiros Pri e Mateus...estamos mais uma vez em sintonia. Tudo que é demais faz mal, né?

Mateus, eu notei que você desativou recentemente sua conta no Facebook mas entendi perfeitamente sua atitude. Ainda não fiz isso, mas já estou na fase de Unfriend e Unsubscribe, como parte da inevitável faxina mental.

Como a Pri, sou sempre a favor de uma boa faxina - ainda mais para pessoas hipersensíveis e "impressionáveis" como euzinha aqui. Tem dia que é mesmo demais. Aí prefiro entrar offline (inclusive celular) e buscar o conforto na companhia de um bom livro...Questão de auto-preservação!

Eliana disse...

Não é só "moderação"não Beth...é atenção, ficar alerta pra não ser engolido por tudo isso. Outro dia liguei pra uma amiga que nao estava em casa. Sabe como foi o retorno dela???? Mensagens pelo msn. Quando vi aquilo, não tive dúvidas...peguei o telefone e liguei na mesma hora e disse: prefiro um contato assim, me perdoe, pq já faz tempo que não falamos e vamos colocar a conversa em dia, assim ao pé do ouvido! O povo pode estar antenado, mas cada vez mais "bicho do mato"...eu hein! hahaha Clarom um MSN facilita bem, mas pera aí...nao é pra tudo que se usa não. Bjs e boa faxina mental pra vc! hahaha

Paty Michele disse...

Eu venho reduzindo o ritmo. Tenho entrado menos no FB e tentando tc menos tbm, na esperança de ler mais livros de papel.

Vou conferir o link.
abçs

Milena F. disse...

E vc tem toda a razão em pensar nisso! Eu tenho plena consciência de que passo mais tempo na internet do que deveria... Em breve saio de férias e devo passar 3 semanas praticamente sem internet (e telefone), vamos ver se eu aguento!!! kkk

Maria Valéria disse...

O cumulo de tudo isso foi uma " amiga" de infância ter uma vez me mandando parabéns por e mail, sendo que morávamos na mesma cidade, nao gostei disto,
Entendo que a internet facilita a comunicação, e viabiliza um cumprimento, especialmente com quem mora longe, ( imagina o $$$ de interurbano!!)mas mandar parabéns por e mail pra quem e seu amigo de anos e mora na mesma cidade e o fim da picada,Tem gente que mesmo tendo contato no mail, messenger,facebook, faço questão de ligar no dia do aniversario.
Uma mensagem carinhosa no facebook vale também, o que detesto sao aquelas coisas impessoais, aquele tipo de " parabéns" que vc da copy & paste e manda igualzinho pra trocentas pessoas da lista,
Um SMS , se for carinhoso, pre ser valido.
O que nao gosto e de coisa impessoal.
E nao gosto mesmo de gente que se aproveita do" anonimato"( vamos dizer aqui, distancia virtual entre pessoas que nem se conhecem) pra atacar e ofender seu interlocutor online,
Alias, se fosse listar todas as coisas que nao gosto na net,,....
Mas uma coisa boa e ler os amigos blogueiros como vc-:)) bjs

Maria Valéria disse...

Aproveitando o ensejo, hoje dei "unfriend" numa " amiga" que talvez vc ate conheça virtualmente,
Tem gente que me incomoda e que nao me " cheira bem" , só de ver o teor e o conteúdo agressivo e mal educado das coisas que escreve.
Parafraseando aquela " meu ouvido nao e penico", na internet " meus olhos nao sao....sei lá o que" ( equivalente a ver lixo escrito)
Cansei,....!!!!!!!!
Bjs

Palavras Vagabundas disse...

Tenho uma enorme preguiça de ficar conectada o tempo todo, já trabalho umas 8hs em computador, o blog me basta! Mas tenho aconselhado algumas pessoas a se desligarem, vejo gente fazendo cada coisa,p. ex. checando o celular de 5 em 5 minutos numa misssa de sétimo dia, aff...
bjs
Jussara

Albuq disse...

Eu gosto muito dos blogs, mas sinto necessidade de me desligar, de ficar um tempo sem olhar nada assim. Me sossega.
bjs e ótimo final de semana Beth!

Tecnologia do Blogger.

Faxina mental

Não sei se é a idade ou o cansaço da batalha diária mas  ando precisando urgentemente de uma faxina mental. Porque todo mundo conhece a famosa faxina emocional, mas vez ou outra é preciso fazer também uma faxina mental. Twitter. Facebook. Blogs. Sites de notícias nos bombardeando a todo momento. Celulares ligados dia e noite. A vida moderna, onde vivemos agarrados aos nossos smartphones, tablets, laptops. 


Tudo lindo e maravilhoso, até o dia em que a gente surta. Pelo menos comigo é assim. E se formos pensar bem, este negócio de estar conectado a tudo a a todos 24/7 é loucura! E sinceramente? Eu  nem acredito que o ser humano tenha sido feito pra isso. Enfim, tudo na vida tem suas vantagens e desvantagens. Não sou daquelas pessoas saudosistas que quer uma volta ao passado mas acho que precisamos prestar mais atenção pra não deixarmos que essas tecnologias trabalhem contra nós, em vez de a favor de nós.

Pois vejam só que coincidência. Estava eu pensando neste excesso de informação por toda parte quando me deparei com a capa da Newsweek desta semana: YCrazy! A matéria de capa era exatamente sobre isso! Sobre como o estilo de vida atual tem mudado permanentemente o cérebro das pessoas - e isso se percebe nitidamente na nova geração (quem convive  com crianças já percebeu isso). E mais, como  isso afeta a saúde mental mais do que se  imagina ou se quer acreditar. Verdade seja dita, muitos já perceberam como a internet  tem afetado nossas vidas sociais, como ela mudou o comportamento social em geral. Só quem é cego não vê.

E como não podia deixar de ser, cada vez tem sido feitas mais pesquisas sobre o efeito do uso prolongado de redes virtuais como o Facebook, por exemplo. Eu mesma não apenas já declarei que tenho uma relação de amor e ódio com a rede como já tinha lido tempos atrás um artigo sobre Facebook e depressão em adolescentes,  fenômeno digno de estudo nos EUA. Agora os estudos estão se ampliando para a população geral e não apenas adolescente. De acordo com essas pesquisas, o uso 24/7 de computadores e smartphones (a tal geração online),  vem sendo diretamente vinculado ao aumento de depressão, ansiedade e fobias. Tenho certeza que quem trabalha na área de saúde mental já deve ter percebido isso há tempos.

Moral da estória, é preciso ficar de olhos abertos e mentes atentas pra o que está acontecendo à nossa volta. E acima de tudo, é preciso moderação. Estejam avisados.

Abaixo, link parao  artigo da revista Newsweek (em inglês):
http://www.thedailybeast.com/newsweek/2012/07/08/is-the-internet-making-us-crazy-what-the-new-research-says.html

10 comentários:

Mateus Medina disse...

Já ando "nessa" há um tempo.

Aliás, comigo esse "desligar" sempre foi cíclico, desde o tempo do Orkut.

Eu preciso desse desligamento de tempos em tempos, por isso, sarte fora de "tudo-social" e tenho andado só pelo blog, publicando quando bate a inspiração, sem me preocupar tanto em saber tudo, sorver tudo, participar de tudo...

bjocas

Pri S. disse...

Equilíbrio sempre é a chave pra tudo, né? Esse tema dá pano pra manga... A internet trouxe uma nova maneira das pessoas se relacionarem. Ela por si só não é ruim. A questão é o uso que andamos fazendo desse ambiente de comunicação. Como sempre, caminhamos em direção ao exagero antes de atingirmos o equilíbrio. E nesse meio tempo muitos estragos são feitos... Eu tenho pensado nisso. E acho que sim, a internet tem me tomado tempo demais, infelizmente, de uma maneira nem sempre produtiva. Faxinas de todos os tipos são bem vindas atualmente, viu... rs Bjos!

Beth Blue disse...

Pois é, queridos blogueiros Pri e Mateus...estamos mais uma vez em sintonia. Tudo que é demais faz mal, né?

Mateus, eu notei que você desativou recentemente sua conta no Facebook mas entendi perfeitamente sua atitude. Ainda não fiz isso, mas já estou na fase de Unfriend e Unsubscribe, como parte da inevitável faxina mental.

Como a Pri, sou sempre a favor de uma boa faxina - ainda mais para pessoas hipersensíveis e "impressionáveis" como euzinha aqui. Tem dia que é mesmo demais. Aí prefiro entrar offline (inclusive celular) e buscar o conforto na companhia de um bom livro...Questão de auto-preservação!

Eliana disse...

Não é só "moderação"não Beth...é atenção, ficar alerta pra não ser engolido por tudo isso. Outro dia liguei pra uma amiga que nao estava em casa. Sabe como foi o retorno dela???? Mensagens pelo msn. Quando vi aquilo, não tive dúvidas...peguei o telefone e liguei na mesma hora e disse: prefiro um contato assim, me perdoe, pq já faz tempo que não falamos e vamos colocar a conversa em dia, assim ao pé do ouvido! O povo pode estar antenado, mas cada vez mais "bicho do mato"...eu hein! hahaha Clarom um MSN facilita bem, mas pera aí...nao é pra tudo que se usa não. Bjs e boa faxina mental pra vc! hahaha

Paty Michele disse...

Eu venho reduzindo o ritmo. Tenho entrado menos no FB e tentando tc menos tbm, na esperança de ler mais livros de papel.

Vou conferir o link.
abçs

Milena F. disse...

E vc tem toda a razão em pensar nisso! Eu tenho plena consciência de que passo mais tempo na internet do que deveria... Em breve saio de férias e devo passar 3 semanas praticamente sem internet (e telefone), vamos ver se eu aguento!!! kkk

Maria Valéria disse...

O cumulo de tudo isso foi uma " amiga" de infância ter uma vez me mandando parabéns por e mail, sendo que morávamos na mesma cidade, nao gostei disto,
Entendo que a internet facilita a comunicação, e viabiliza um cumprimento, especialmente com quem mora longe, ( imagina o $$$ de interurbano!!)mas mandar parabéns por e mail pra quem e seu amigo de anos e mora na mesma cidade e o fim da picada,Tem gente que mesmo tendo contato no mail, messenger,facebook, faço questão de ligar no dia do aniversario.
Uma mensagem carinhosa no facebook vale também, o que detesto sao aquelas coisas impessoais, aquele tipo de " parabéns" que vc da copy & paste e manda igualzinho pra trocentas pessoas da lista,
Um SMS , se for carinhoso, pre ser valido.
O que nao gosto e de coisa impessoal.
E nao gosto mesmo de gente que se aproveita do" anonimato"( vamos dizer aqui, distancia virtual entre pessoas que nem se conhecem) pra atacar e ofender seu interlocutor online,
Alias, se fosse listar todas as coisas que nao gosto na net,,....
Mas uma coisa boa e ler os amigos blogueiros como vc-:)) bjs

Maria Valéria disse...

Aproveitando o ensejo, hoje dei "unfriend" numa " amiga" que talvez vc ate conheça virtualmente,
Tem gente que me incomoda e que nao me " cheira bem" , só de ver o teor e o conteúdo agressivo e mal educado das coisas que escreve.
Parafraseando aquela " meu ouvido nao e penico", na internet " meus olhos nao sao....sei lá o que" ( equivalente a ver lixo escrito)
Cansei,....!!!!!!!!
Bjs

Palavras Vagabundas disse...

Tenho uma enorme preguiça de ficar conectada o tempo todo, já trabalho umas 8hs em computador, o blog me basta! Mas tenho aconselhado algumas pessoas a se desligarem, vejo gente fazendo cada coisa,p. ex. checando o celular de 5 em 5 minutos numa misssa de sétimo dia, aff...
bjs
Jussara

Albuq disse...

Eu gosto muito dos blogs, mas sinto necessidade de me desligar, de ficar um tempo sem olhar nada assim. Me sossega.
bjs e ótimo final de semana Beth!