sexta-feira, agosto 14, 2009

10 coisas que eu aprendi

1) Que a gente é (muito) mais forte do que imaginava. Infelizmente, só descobrimos isso nos momentos de crise.

2) Que algumas pessoas tem dificuldades em receber, e outras tem dificuldades em dar. Seja um elogio, um conselho amigo, uma ajudinha, um abraço inesperado. Tem também aquelas que estão sempre prontas a ajudar os outros mas que insistem em se virar sozinhas. Simplesmente porque não sabem (ou não querem) pedir ajuda.

3) Que amizade não combina com cobrança (amor muito menos). Que é sempre melhor dar sem esperar nada em troca. Sem falar que muitas vezes as pessoas não podem nos dar o que precisamos num dado momento. Enfim, amizade é coisa complicada! Mas amigos de verdade são as maiores dádivas que podemos ter nesta vida.

4) Que se conselho fosse bom a gente vendia e não dava! E que, por mais que a gente queira ajudar o outro, só ele pode ajudar a si mesmo. E mais ninguém. E sim, o caminho para o inferno está cheio de boas intenções...

5) Que algumas coisas na vida a gente pode, e deve, planejar. Outras simplesmente acontecem - ou não! Ironias do destino. E ando cada dia mais desconfiada de que as coisas mais importantes na vida da gente simplesmente acontecem, quando menos esperamos. Serendipity.

6) Que a gente deve aprender a ser feliz com o que tem...e que muitas vezes a gente só dá valor ao que tem depois que perde (a saúde é um exemplo clássico).

7) Que antes de amar o outro a gente deve amar a si mesmo, sempre. E que amar não é a mesma coisa que precisar do outro, muito pelo contrário. Um bom relacionamento não é aquele em que duas pessoas se tornam uma só. Um bom relacionamento envolve duas pessoas inteiras - e que assim sendo, tem algo a acrescentar uma à outra.

8) Que a vida é curta demais pra ser levada a sério. Pra se perder tempo com pessoas que não tem nada a nos acrescentar. E que devemos largar de lado as mágoas e ressentimentos que acumulamos pela vida afora para seguir em frente mais leves. A vida é aqui e agora.

9) Que mais difícil do que entender o outro, é entender a si mesmo.

10) Que a felicidade é mais do que um estado de espírito - ela é uma escolha pessoal. A cada dia que nasce, a gente escolhe ser feliz. E a gente pode até querer colocar a culpa da nossa infelicidade no outro, mas a vida é o que a gente permite ser. Então a verdade nua e crua é que se alguém te trata mal e te falta o respeito, provavelmente é porque você permitiu. Foi maltratado? Afasta-se e busque a companhia de pessoas que gostam de você.

Agora conta pra mim...e você, o que aprendeu?




Desenho:
© geninne zlatkis 2000-2008

8 comentários:

Pequena Infante disse...

Maravilhoso!

Freek disse...

Wat betreft punt 5:
Plan alles wat je kunt plannen, want de onplanbare dingen in het leven veroorzaken al genoeg ongemak...

cris disse...

Olá Beth,
Meu nome é Cris e moro aqui na Holanda.Eu gostaria muito de escrever pra vc.Seria possível vc me passar o seu email?
Desde já agradeco.

NiNah disse...

Ah! Que lindo Beth!
Você já disse tudo que penso.
Até emocionei. rsss
Beijas

Anônimo disse...

Perfeito =)

beijuuuuuuuuuuuus,L

Eu não sei, você sabe? disse...

beth, que capacidade de entender as coisas da vida!!!!

adorei!

BEIJOS!

Maria Valéria disse...

As pessoas só te machucam se vc permite. Perfeito. Só foi magoada por 2 ex " amigas" nesse ano pq abri meus segredos a elas permiti que elas usassem das minahs confidências p/ me atingir.
Mas Deus( se é que ele existe), sabe o que faz.Esse ano, 2009, tô feliz, de bom com a vida em todos os sentidos.Aprendi a calar a boca e a falar menos, falar somente o necessário.
E aquelas 2 víboras com certeza estão comendo o pão que o diabo amassou...
beijos do outro lado do mundo
;)

Isabella disse...

Oi Beth, depois dessa sua lista, ficou difícil!

Mas que dinheiro não é tudo!

Linda a exposição orgânica!

bjs

Tecnologia do Blogger.

10 coisas que eu aprendi

1) Que a gente é (muito) mais forte do que imaginava. Infelizmente, só descobrimos isso nos momentos de crise.

2) Que algumas pessoas tem dificuldades em receber, e outras tem dificuldades em dar. Seja um elogio, um conselho amigo, uma ajudinha, um abraço inesperado. Tem também aquelas que estão sempre prontas a ajudar os outros mas que insistem em se virar sozinhas. Simplesmente porque não sabem (ou não querem) pedir ajuda.

3) Que amizade não combina com cobrança (amor muito menos). Que é sempre melhor dar sem esperar nada em troca. Sem falar que muitas vezes as pessoas não podem nos dar o que precisamos num dado momento. Enfim, amizade é coisa complicada! Mas amigos de verdade são as maiores dádivas que podemos ter nesta vida.

4) Que se conselho fosse bom a gente vendia e não dava! E que, por mais que a gente queira ajudar o outro, só ele pode ajudar a si mesmo. E mais ninguém. E sim, o caminho para o inferno está cheio de boas intenções...

5) Que algumas coisas na vida a gente pode, e deve, planejar. Outras simplesmente acontecem - ou não! Ironias do destino. E ando cada dia mais desconfiada de que as coisas mais importantes na vida da gente simplesmente acontecem, quando menos esperamos. Serendipity.

6) Que a gente deve aprender a ser feliz com o que tem...e que muitas vezes a gente só dá valor ao que tem depois que perde (a saúde é um exemplo clássico).

7) Que antes de amar o outro a gente deve amar a si mesmo, sempre. E que amar não é a mesma coisa que precisar do outro, muito pelo contrário. Um bom relacionamento não é aquele em que duas pessoas se tornam uma só. Um bom relacionamento envolve duas pessoas inteiras - e que assim sendo, tem algo a acrescentar uma à outra.

8) Que a vida é curta demais pra ser levada a sério. Pra se perder tempo com pessoas que não tem nada a nos acrescentar. E que devemos largar de lado as mágoas e ressentimentos que acumulamos pela vida afora para seguir em frente mais leves. A vida é aqui e agora.

9) Que mais difícil do que entender o outro, é entender a si mesmo.

10) Que a felicidade é mais do que um estado de espírito - ela é uma escolha pessoal. A cada dia que nasce, a gente escolhe ser feliz. E a gente pode até querer colocar a culpa da nossa infelicidade no outro, mas a vida é o que a gente permite ser. Então a verdade nua e crua é que se alguém te trata mal e te falta o respeito, provavelmente é porque você permitiu. Foi maltratado? Afasta-se e busque a companhia de pessoas que gostam de você.

Agora conta pra mim...e você, o que aprendeu?




Desenho:
© geninne zlatkis 2000-2008

8 comentários:

Pequena Infante disse...

Maravilhoso!

Freek disse...

Wat betreft punt 5:
Plan alles wat je kunt plannen, want de onplanbare dingen in het leven veroorzaken al genoeg ongemak...

cris disse...

Olá Beth,
Meu nome é Cris e moro aqui na Holanda.Eu gostaria muito de escrever pra vc.Seria possível vc me passar o seu email?
Desde já agradeco.

NiNah disse...

Ah! Que lindo Beth!
Você já disse tudo que penso.
Até emocionei. rsss
Beijas

Anônimo disse...

Perfeito =)

beijuuuuuuuuuuuus,L

Eu não sei, você sabe? disse...

beth, que capacidade de entender as coisas da vida!!!!

adorei!

BEIJOS!

Maria Valéria disse...

As pessoas só te machucam se vc permite. Perfeito. Só foi magoada por 2 ex " amigas" nesse ano pq abri meus segredos a elas permiti que elas usassem das minahs confidências p/ me atingir.
Mas Deus( se é que ele existe), sabe o que faz.Esse ano, 2009, tô feliz, de bom com a vida em todos os sentidos.Aprendi a calar a boca e a falar menos, falar somente o necessário.
E aquelas 2 víboras com certeza estão comendo o pão que o diabo amassou...
beijos do outro lado do mundo
;)

Isabella disse...

Oi Beth, depois dessa sua lista, ficou difícil!

Mas que dinheiro não é tudo!

Linda a exposição orgânica!

bjs