quarta-feira, janeiro 13, 2010

Falta de foco

Nas últimas semanas minha vida tem andado agitada e a cabeça a mil. Não tenho conseguido me concentrar em nada. Absolutamente nada. Tento encontrar um foco mas está difícil. Muitas questões ocupam a minha mente ao mesmo tempo e eu com vontade de parar o mundo e descer. Entre outras coisas, preciso organizar melhor meus dias, definir melhor minhas prioridades. Tenho escrito muito post mental - daqueles posts que você planeja escrever e escreve inteirinho na cabeça mas por uma ou outra razão acaba não publicando (quem é blogueiro deve estar familiarizado com este estranho fenônemo). Filmes, livros, impressões, divagações. Tenho lido vários livros ao mesmo tempo. Tenho tentado assistir aqueles filmes que estão na minha lista há meses. E tenho tido algumas idéias para mini-álbuns (scrapbooking) mas sem a tranquilidade necessária para parar tudo e separar nem que seja uma hora pra selecionar o material e começar um projeto.

Eu queria ter mais foco na vida. Metas, planos, sei lá. Por coincidência, agora mesmo estou fazendo um curso como parte do estágio em que estamos discutindo isso, entre outras coisas. Pra terem uma idéia, o dever de casa era escrever seus planos e metas para os próximos 2 anos. No aspecto pessoal, emocional, profissional, etc. Daqui a pouco vou sair para a última aula e a minha página continua em branco! Eu tenho uma idéia razoável de onde quero estar daqui a 2 anos (pra frente é que se anda, né?), e sei exatamente o que NÃO quero mais na minha vida, o que já é meio caminho andado. Mas falta visão dos passos a serem seguidos até chegar lá. Falta o foco suficiente para definir metas. E fica a sensação constante de inquietação, ânsia de resolver tudo ao mesmo tempo. Assim não dá, né?

E pior, cada dia percebo melhor como a falta de planejamento afetou (e continua afetando) minha vida. Por anos e anos eu fui sendo levada pelos acontecimentos em vez de fazer as escolhas necessárias e mudar o rumo. Felizmente ando cada vez mais ciente disso e tentando mudar este (mau) hábito. E este ano, já que as coisas estão mesmo entrando nos eixos (em alguns aspectos mais do que em outros porque assim é a vida), decidi fazer a minha parte. Fazer acontecer, em vez de ficar esperando as coisas acontecerem ou não. Não apenas aproveitar as chances oferecidas no dia-a-dia, mas também criar novas oportunidades de crescimento. O que acreditem, não é a mesma coisa.

Mais um post da série desabafos. Qualquer sugestão será bem-vinda...



6 comentários:

Maria Valéria disse...

Bethinha, querida... acho que já passei por isso(?)- não sei, nunca fiquei muito tempo sem saber o que queria da vida- vou " chutar"( um chute bem de longe, pq só te conheço da internet) que talvez possa estar faltando vc realizar um objetivo, algo que vc sempre quis, em outras palavras... um SONHO ainda não realizado. Pode procurar dentro do seu coração que com certeza vc ainda tem alguns(rs)... quando não temos mais sonhos e tudo parece estar muito ' certinho" na sua vida, acaba perdendo a graça, pq vc não tem mais desafios... fica monótono... entao, que tal pensar em algo que vc sempre quis fazer e não fez? Visitar um país que vc ainda não conhece?Fazer um curso de uma área que vc ainda não conhece e queria experimentar( música, dança, etc...)... Passar uma noite diferente com seu amor fazendo algo que vcs nucna fizeram juntos?? SEi lá, a lista é imensa, mas... experimente uma novidade...e não pare de sonhar, senão a vida fica sem sal...rs...( se quiser buscar inspiração, vá ler meu post no blog" lista de 8 coisas p/ fazer anres de morrer")... tá certo que meus sonhos devem ser bem diferentes dos seus, mas quem sabe vc não se inspira??? espero ter ajudado. beijos do outro lado do mundo... Val;)

Pequena Infante disse...

Olha, como sugestão, existe um site bem leve que incentiva as pessoas criarem metas ou compartilharem objetivos com outros, e cada um tem a oportunidade contar seu progresso/desenvolvimento no assunto.
É o 43 Things: http://www.43things.com/

Beth Blue disse...

Pequena Infante, muito obrigada pela dica! Não conhecia este site e adorei, bastante útil para definir o que a gente quer ou não da vida....já estou até montando minhas listas ;-)

Lilly disse...

Puxa, até crise juntas a gente tem? rsrs

Lilly disse...

P.S.: I want to be happy and normal.... foi o melhor!

Pri Sganzerla disse...

Até o título é igual! rsrsrsrsrsrs

Olha, acabei colocando a questão dos livros e filmes. Vc foi mais fundo. Mas apesar de eu não ter colocado isso em palavras lá na postagem de mesmo tema, acho que faltou isso mesmo: priorizar, entender um sentimento que anda me assolando há umas 3 semanas - a sensação de que estou um pouco perdida e não sei muito bem como resolver alguns impasses que estão me atormentando de leve.

Ler o seu post ajudou a entender que meu incômodo é bem maior do que eu registrei.

Gosto muito daqui do seu espaço. :-)

Beijos e obrigada.

Tecnologia do Blogger.

Falta de foco

Nas últimas semanas minha vida tem andado agitada e a cabeça a mil. Não tenho conseguido me concentrar em nada. Absolutamente nada. Tento encontrar um foco mas está difícil. Muitas questões ocupam a minha mente ao mesmo tempo e eu com vontade de parar o mundo e descer. Entre outras coisas, preciso organizar melhor meus dias, definir melhor minhas prioridades. Tenho escrito muito post mental - daqueles posts que você planeja escrever e escreve inteirinho na cabeça mas por uma ou outra razão acaba não publicando (quem é blogueiro deve estar familiarizado com este estranho fenônemo). Filmes, livros, impressões, divagações. Tenho lido vários livros ao mesmo tempo. Tenho tentado assistir aqueles filmes que estão na minha lista há meses. E tenho tido algumas idéias para mini-álbuns (scrapbooking) mas sem a tranquilidade necessária para parar tudo e separar nem que seja uma hora pra selecionar o material e começar um projeto.

Eu queria ter mais foco na vida. Metas, planos, sei lá. Por coincidência, agora mesmo estou fazendo um curso como parte do estágio em que estamos discutindo isso, entre outras coisas. Pra terem uma idéia, o dever de casa era escrever seus planos e metas para os próximos 2 anos. No aspecto pessoal, emocional, profissional, etc. Daqui a pouco vou sair para a última aula e a minha página continua em branco! Eu tenho uma idéia razoável de onde quero estar daqui a 2 anos (pra frente é que se anda, né?), e sei exatamente o que NÃO quero mais na minha vida, o que já é meio caminho andado. Mas falta visão dos passos a serem seguidos até chegar lá. Falta o foco suficiente para definir metas. E fica a sensação constante de inquietação, ânsia de resolver tudo ao mesmo tempo. Assim não dá, né?

E pior, cada dia percebo melhor como a falta de planejamento afetou (e continua afetando) minha vida. Por anos e anos eu fui sendo levada pelos acontecimentos em vez de fazer as escolhas necessárias e mudar o rumo. Felizmente ando cada vez mais ciente disso e tentando mudar este (mau) hábito. E este ano, já que as coisas estão mesmo entrando nos eixos (em alguns aspectos mais do que em outros porque assim é a vida), decidi fazer a minha parte. Fazer acontecer, em vez de ficar esperando as coisas acontecerem ou não. Não apenas aproveitar as chances oferecidas no dia-a-dia, mas também criar novas oportunidades de crescimento. O que acreditem, não é a mesma coisa.

Mais um post da série desabafos. Qualquer sugestão será bem-vinda...



6 comentários:

Maria Valéria disse...

Bethinha, querida... acho que já passei por isso(?)- não sei, nunca fiquei muito tempo sem saber o que queria da vida- vou " chutar"( um chute bem de longe, pq só te conheço da internet) que talvez possa estar faltando vc realizar um objetivo, algo que vc sempre quis, em outras palavras... um SONHO ainda não realizado. Pode procurar dentro do seu coração que com certeza vc ainda tem alguns(rs)... quando não temos mais sonhos e tudo parece estar muito ' certinho" na sua vida, acaba perdendo a graça, pq vc não tem mais desafios... fica monótono... entao, que tal pensar em algo que vc sempre quis fazer e não fez? Visitar um país que vc ainda não conhece?Fazer um curso de uma área que vc ainda não conhece e queria experimentar( música, dança, etc...)... Passar uma noite diferente com seu amor fazendo algo que vcs nucna fizeram juntos?? SEi lá, a lista é imensa, mas... experimente uma novidade...e não pare de sonhar, senão a vida fica sem sal...rs...( se quiser buscar inspiração, vá ler meu post no blog" lista de 8 coisas p/ fazer anres de morrer")... tá certo que meus sonhos devem ser bem diferentes dos seus, mas quem sabe vc não se inspira??? espero ter ajudado. beijos do outro lado do mundo... Val;)

Pequena Infante disse...

Olha, como sugestão, existe um site bem leve que incentiva as pessoas criarem metas ou compartilharem objetivos com outros, e cada um tem a oportunidade contar seu progresso/desenvolvimento no assunto.
É o 43 Things: http://www.43things.com/

Beth Blue disse...

Pequena Infante, muito obrigada pela dica! Não conhecia este site e adorei, bastante útil para definir o que a gente quer ou não da vida....já estou até montando minhas listas ;-)

Lilly disse...

Puxa, até crise juntas a gente tem? rsrs

Lilly disse...

P.S.: I want to be happy and normal.... foi o melhor!

Pri Sganzerla disse...

Até o título é igual! rsrsrsrsrsrs

Olha, acabei colocando a questão dos livros e filmes. Vc foi mais fundo. Mas apesar de eu não ter colocado isso em palavras lá na postagem de mesmo tema, acho que faltou isso mesmo: priorizar, entender um sentimento que anda me assolando há umas 3 semanas - a sensação de que estou um pouco perdida e não sei muito bem como resolver alguns impasses que estão me atormentando de leve.

Ler o seu post ajudou a entender que meu incômodo é bem maior do que eu registrei.

Gosto muito daqui do seu espaço. :-)

Beijos e obrigada.