quarta-feira, fevereiro 24, 2010

The Reluctant Fundamentalist

Com a correria destes últimos tempos, não tenho conseguido ler tanto quanto gostaria. E quando finalmente consigo completar uma leitura, esqueço de comentar por aqui. Então vamos às novidades pra turma que gosta de uma boa leitura.

O primeiro livro deste ano foi The Reluctant Fundamentalist. Changez é um jovem paquistanês ambicioso de classe alta que consegue uma bolsa pra estudar em Princeton, uma das mais consagradas universidades americanas. Depois de se formar, ele ainda consegue arrumar um emprego de sonhos numa das maiores firmas de análise financeira em NY. Ele logo se destaca como um dos melhores funcionários da firma e tudo segue conforme os planos até o fatídico dia que mudou o rumo da história: 9-11. O maior ataque terrorista da história foi acima de tudo, um divisor de águas para as comunidades muçulmanas em todo o mundo. Da noite para o dia, estes imigrantes passaram a ser mal vistos e considerados suspeitos por uma grande parte da população americana (aqui na Europa não é diferente). Não somente aqueles vivendo nos EUA, como Changez, como aqueles espalhados por toda Europa. Em algumas cidades da Holanda - aqui em Amsterdã por exemplo - metade da população jovem já é formada por migrantes, grande parte de origem muçulmana. A discriminação que antes era velada, agora tem se tornado cada vez mais direta e à título de comparação, alguns já dizem que os muçulmanos são os novos judeus...Pra bom entendedor, meia palavra basta.

O pano de fundo deste livro instigante (com alguns trechos polêmicos) é a paranóia pós 9-11, que afeta diretamente o jovem e o faz questionar as verdades estabelecidas e mudar radicalmente seu pensamento. Acompanhamos assim o auge e o declínio de um jovem que se apaixonou perdidamente pelo sonho americano (e até provou um pouco dele) e cuja paixão com o tempo foi dando lugar a uma amarga decepção. Enfim, uma história de amor e desilusão bastante contemporânea.

Mudando radicalmente de estilo, agora estou na metade de um livro que me conquistou: The Memory Keeper´s Daughter. Daqueles livros cuja estória é tão envolvente que você lê devagarinho, saboreando cada página e torcendo pra não acabar nunca...Aguardem!

1 comentários:

Albuq disse...

Eita muito bom viu, vou procurar prá ler, bem contemporâneo, sem falar que trata desse sonho da América que tantos caem no mundo para segui-lo.

Bem, não sei se você gosta, mas, vou sugerir, estou lendo um livro chamado "Razão e Sensibilidade" de Jane Austen. Já tinha assistido o filme, é um romance muito interessante, vale a pena ler, você nem o sente, parece que está dentro da história!
bjs, um ótimo dia e ótima leitura!

Tecnologia do Blogger.

The Reluctant Fundamentalist

Com a correria destes últimos tempos, não tenho conseguido ler tanto quanto gostaria. E quando finalmente consigo completar uma leitura, esqueço de comentar por aqui. Então vamos às novidades pra turma que gosta de uma boa leitura.

O primeiro livro deste ano foi The Reluctant Fundamentalist. Changez é um jovem paquistanês ambicioso de classe alta que consegue uma bolsa pra estudar em Princeton, uma das mais consagradas universidades americanas. Depois de se formar, ele ainda consegue arrumar um emprego de sonhos numa das maiores firmas de análise financeira em NY. Ele logo se destaca como um dos melhores funcionários da firma e tudo segue conforme os planos até o fatídico dia que mudou o rumo da história: 9-11. O maior ataque terrorista da história foi acima de tudo, um divisor de águas para as comunidades muçulmanas em todo o mundo. Da noite para o dia, estes imigrantes passaram a ser mal vistos e considerados suspeitos por uma grande parte da população americana (aqui na Europa não é diferente). Não somente aqueles vivendo nos EUA, como Changez, como aqueles espalhados por toda Europa. Em algumas cidades da Holanda - aqui em Amsterdã por exemplo - metade da população jovem já é formada por migrantes, grande parte de origem muçulmana. A discriminação que antes era velada, agora tem se tornado cada vez mais direta e à título de comparação, alguns já dizem que os muçulmanos são os novos judeus...Pra bom entendedor, meia palavra basta.

O pano de fundo deste livro instigante (com alguns trechos polêmicos) é a paranóia pós 9-11, que afeta diretamente o jovem e o faz questionar as verdades estabelecidas e mudar radicalmente seu pensamento. Acompanhamos assim o auge e o declínio de um jovem que se apaixonou perdidamente pelo sonho americano (e até provou um pouco dele) e cuja paixão com o tempo foi dando lugar a uma amarga decepção. Enfim, uma história de amor e desilusão bastante contemporânea.

Mudando radicalmente de estilo, agora estou na metade de um livro que me conquistou: The Memory Keeper´s Daughter. Daqueles livros cuja estória é tão envolvente que você lê devagarinho, saboreando cada página e torcendo pra não acabar nunca...Aguardem!

1 comentários:

Albuq disse...

Eita muito bom viu, vou procurar prá ler, bem contemporâneo, sem falar que trata desse sonho da América que tantos caem no mundo para segui-lo.

Bem, não sei se você gosta, mas, vou sugerir, estou lendo um livro chamado "Razão e Sensibilidade" de Jane Austen. Já tinha assistido o filme, é um romance muito interessante, vale a pena ler, você nem o sente, parece que está dentro da história!
bjs, um ótimo dia e ótima leitura!