sexta-feira, julho 30, 2010

Depois da Tunísia, a Escócia!

 

Como se não bastassem as aventuras vividas recentemente na Tunísia (das quais ainda estou me recuperando, rsrsrsrs), meu filho embarcou hoje numa viagem de férias que vem se tornando uma tradição anual.  E lá fui eu de novo me despedir na estação de trens de Amsterdã. Eles seguiram pra Bruxelas e de lá tomaram o Eurostar pra Londres, onde passarão o fim de semana (a essas alturas já estão por lá).

Pai e filho seguiram com pesadas mochilas nas costas pra acampar duas semanas na Escócia, com passagem obrigatória pela casa da vó no norte da Inglaterra. Como no ano passado, o destino serão as ilhas Shetland, mas desta vez eles pretendem ficar uns dias nas ilhas Orkney (foto acima) já que pegam mesmo o barco de lá para Shetland. Diga-se de passagem, não um barquinho qualquer mas um cruise ship!

Lição de geografia: Shetland e Orkney são dois minúsculos arquipélagos na Escócia, com paisagens dignas de cartão postal. Não, não estou exagerando. Entre os europeus, a Escócia - assim como a Inglaterra e a Irlanda, que fique bem claro - é um dos destinos favoritos dos amantes da natureza. Eu mesma de Escócia só conheci as Terras Altas (além de ter morado em Edinburgh) mas posso afirmar que é um dos lugares mais lindos que visitei em TODA a Europa! Anotem aí.

Enfim, ser filho de pais separados pode não ter muita graça mas ao menos ele acaba ganhando duas férias em vez de uma! E digo mais, férias bem diferentes porque a mãe dele ODEIA acampar (e tem pavor de insetos e outros bichos) e o pai dele é exatamente o oposto. Assim o menino pode aproveitar o melhor de dois mundos - literalmente.

Pior de tudo é que desconfio (ou melhor, tenho quase certeza) que ele vai curtir estas férias muito mais do que a semana calorenta que passamos na Tunísia! Mas tudo bem, hehehe. O importante é que ele tem tido oportunidades de conhecer lugares que eu quando criança nunca sequer sonhei em conhecer - nem sabia que existiam! Meu maior sonho era a Disneyworld, que finalmente realizei...aos 17 anos. Minha primeira viagem à Europa foi quando completei 28 anos e fui trabalhar seis meses em Dublin como tradutora. Pensando bem, não apenas a primeira como a última viagem à Europa, considerando-se que desde então moro aqui (obra do destino). Já o Liam nasceu em Amsterdã, conheceu Paris aos 6 anos e Praga aos 7 anos, além de já ter ido várias vezes a Londres.

Agora, falando sério...menino de sorte, hein?

Shetland




6 comentários:

Albuq disse...

Esse menino tem sorte viu, tem estrela!
Ótimo prá ele é que aproveita muuuuuuuuuuuuuuuito.
bjsss

vamos esperar as fotos dele ansiosamente!

Felipe disse...

Ele deve estar adorando essas férias,que aproveite bastante.
Abraços

fefa disse...

Beth, eu sou doida para visitar a escócia! Vc sabia que a formação rochosa da Escócia, tão peculiar, pode ser vista em poucos lugares do mundo e um deles é nas agulhas negras e prateleiras em itatiaia no Rio? Eu fui e fiquei apaixonada! Que lindas as fotos. As ilhas de Orkney... Sempre babei por elas, ainda vou! Anotei as dicas! Bj

Lu_Russa disse...

que delícia !!!

eu vacilei, morei em Londres e nao fui conhecer Escócia. Ainda vou !!

bjos

Pri Sganzerla disse...

Ai, que sonho! Tão novinho tendo a chance de fazer coisas que muitas pessoas jamais chegam a fazer na vida!

Tomara que ele curta muito!

Viajar é alimento pra alma!

Que legal que as suas escolhas de ontem proporcionam que ele tenha essas experiências incríveis hoje! :-)

Beijos!

Larissa, Lara, Lalá, .... disse...

Beth
Eu tambem me sinto assim como voce. Moro fora do Brasil fazem 3 anos e meus filhos vieram muito pequenos, o mais novo veio com 1 mes de vida. E hoje, conhecem a Europa que eu so' conheci com 19 anos. Eu estive em Edimburgh e adorei! Quero voltar para conhecer mais, anotei sua dica. Beijos

Tecnologia do Blogger.

Depois da Tunísia, a Escócia!

 

Como se não bastassem as aventuras vividas recentemente na Tunísia (das quais ainda estou me recuperando, rsrsrsrs), meu filho embarcou hoje numa viagem de férias que vem se tornando uma tradição anual.  E lá fui eu de novo me despedir na estação de trens de Amsterdã. Eles seguiram pra Bruxelas e de lá tomaram o Eurostar pra Londres, onde passarão o fim de semana (a essas alturas já estão por lá).

Pai e filho seguiram com pesadas mochilas nas costas pra acampar duas semanas na Escócia, com passagem obrigatória pela casa da vó no norte da Inglaterra. Como no ano passado, o destino serão as ilhas Shetland, mas desta vez eles pretendem ficar uns dias nas ilhas Orkney (foto acima) já que pegam mesmo o barco de lá para Shetland. Diga-se de passagem, não um barquinho qualquer mas um cruise ship!

Lição de geografia: Shetland e Orkney são dois minúsculos arquipélagos na Escócia, com paisagens dignas de cartão postal. Não, não estou exagerando. Entre os europeus, a Escócia - assim como a Inglaterra e a Irlanda, que fique bem claro - é um dos destinos favoritos dos amantes da natureza. Eu mesma de Escócia só conheci as Terras Altas (além de ter morado em Edinburgh) mas posso afirmar que é um dos lugares mais lindos que visitei em TODA a Europa! Anotem aí.

Enfim, ser filho de pais separados pode não ter muita graça mas ao menos ele acaba ganhando duas férias em vez de uma! E digo mais, férias bem diferentes porque a mãe dele ODEIA acampar (e tem pavor de insetos e outros bichos) e o pai dele é exatamente o oposto. Assim o menino pode aproveitar o melhor de dois mundos - literalmente.

Pior de tudo é que desconfio (ou melhor, tenho quase certeza) que ele vai curtir estas férias muito mais do que a semana calorenta que passamos na Tunísia! Mas tudo bem, hehehe. O importante é que ele tem tido oportunidades de conhecer lugares que eu quando criança nunca sequer sonhei em conhecer - nem sabia que existiam! Meu maior sonho era a Disneyworld, que finalmente realizei...aos 17 anos. Minha primeira viagem à Europa foi quando completei 28 anos e fui trabalhar seis meses em Dublin como tradutora. Pensando bem, não apenas a primeira como a última viagem à Europa, considerando-se que desde então moro aqui (obra do destino). Já o Liam nasceu em Amsterdã, conheceu Paris aos 6 anos e Praga aos 7 anos, além de já ter ido várias vezes a Londres.

Agora, falando sério...menino de sorte, hein?

Shetland




6 comentários:

Albuq disse...

Esse menino tem sorte viu, tem estrela!
Ótimo prá ele é que aproveita muuuuuuuuuuuuuuuito.
bjsss

vamos esperar as fotos dele ansiosamente!

Felipe disse...

Ele deve estar adorando essas férias,que aproveite bastante.
Abraços

fefa disse...

Beth, eu sou doida para visitar a escócia! Vc sabia que a formação rochosa da Escócia, tão peculiar, pode ser vista em poucos lugares do mundo e um deles é nas agulhas negras e prateleiras em itatiaia no Rio? Eu fui e fiquei apaixonada! Que lindas as fotos. As ilhas de Orkney... Sempre babei por elas, ainda vou! Anotei as dicas! Bj

Lu_Russa disse...

que delícia !!!

eu vacilei, morei em Londres e nao fui conhecer Escócia. Ainda vou !!

bjos

Pri Sganzerla disse...

Ai, que sonho! Tão novinho tendo a chance de fazer coisas que muitas pessoas jamais chegam a fazer na vida!

Tomara que ele curta muito!

Viajar é alimento pra alma!

Que legal que as suas escolhas de ontem proporcionam que ele tenha essas experiências incríveis hoje! :-)

Beijos!

Larissa, Lara, Lalá, .... disse...

Beth
Eu tambem me sinto assim como voce. Moro fora do Brasil fazem 3 anos e meus filhos vieram muito pequenos, o mais novo veio com 1 mes de vida. E hoje, conhecem a Europa que eu so' conheci com 19 anos. Eu estive em Edimburgh e adorei! Quero voltar para conhecer mais, anotei sua dica. Beijos