segunda-feira, janeiro 14, 2013

Life of Pi



Como leitora ávida que sou, eu tinha lido o livro Life of Pi há mais de dois anos, inclusive comentei aqui neste post do blog de agosto de 2008! E já sabia que era uma daqueles livros difícil de ser transportado para a tela de cinema (como Cloud Atlas, também em cartaz atualmente). Mas me acalmei quando vi que o diretor era nada menos do que o excepcional Ang Lee, um dos meus diretores favoritos. Ang Lee é mestre absoluto da sétima arte e já filmou vários tipos de filmes. Ele nunca faz um filme parecido com o outro, alterna entre vários estilos e temas com uma facilidade de deixar com inveja muito diretor! Pense em Ice Storm (um dos meus favoritos), Sense and Sensibility (1995), Brokeback Mountain (2005) e Taking Woodstock (2009) . E ainda, seus primeiros filmes antes de Holywood: Pushing Hands (1992), The Wedding Banquet (1993) e Eat Man Drink Woman (1994)...que assisti e são todos maravilhosos!

Em suma, um diretor como poucos, que acaba de trazer para as telas mais um filme maravilhoso! A fotografia de Life of Pi é simplesmente de tirar o fôlego...fui ver ontem com meu namorado e com meu filho e saímos boquiabertos do cinema (sem falar que eu, como boa manteiga derretida, chorei muito em algumas partes). Um trabalho digno de poucos, um mestre do cinema. Quem ainda não assistiu a esta curiosa estória envolvendo um menino indiano, um tigre chamado Richard Parker (!), uma zebra, uma hiena, um orangotango e um barco perdido no oceano...não perca!

Last but not least, tenho a honra de declarar que meu filho (12 anos) está virando cinéfilo de carteirinha...não é pra menos, considerando-se que hoje em dia ele já acompanha a mãe nas sessões dos cinemas de arte. Sem querer parecer mãe coruja, Liam já tem uma lista impressionante de filmes que assistiu comigo (ou com o pai, também cinéfilo) e gostou. Filho de peixe, peixinho é. E convenhamos, cultura nunca é demais.




2 comentários:

Albuq disse...

Tô louca prá assistir. Não li o livro, mas todo mundo está encantado com o filme.
bjs

Milena F. disse...

kkk, eu não tinha colocado no blog, mas tb saí de lá com o rosto inchado de tanto chorar!!!

Tecnologia do Blogger.

Life of Pi



Como leitora ávida que sou, eu tinha lido o livro Life of Pi há mais de dois anos, inclusive comentei aqui neste post do blog de agosto de 2008! E já sabia que era uma daqueles livros difícil de ser transportado para a tela de cinema (como Cloud Atlas, também em cartaz atualmente). Mas me acalmei quando vi que o diretor era nada menos do que o excepcional Ang Lee, um dos meus diretores favoritos. Ang Lee é mestre absoluto da sétima arte e já filmou vários tipos de filmes. Ele nunca faz um filme parecido com o outro, alterna entre vários estilos e temas com uma facilidade de deixar com inveja muito diretor! Pense em Ice Storm (um dos meus favoritos), Sense and Sensibility (1995), Brokeback Mountain (2005) e Taking Woodstock (2009) . E ainda, seus primeiros filmes antes de Holywood: Pushing Hands (1992), The Wedding Banquet (1993) e Eat Man Drink Woman (1994)...que assisti e são todos maravilhosos!

Em suma, um diretor como poucos, que acaba de trazer para as telas mais um filme maravilhoso! A fotografia de Life of Pi é simplesmente de tirar o fôlego...fui ver ontem com meu namorado e com meu filho e saímos boquiabertos do cinema (sem falar que eu, como boa manteiga derretida, chorei muito em algumas partes). Um trabalho digno de poucos, um mestre do cinema. Quem ainda não assistiu a esta curiosa estória envolvendo um menino indiano, um tigre chamado Richard Parker (!), uma zebra, uma hiena, um orangotango e um barco perdido no oceano...não perca!

Last but not least, tenho a honra de declarar que meu filho (12 anos) está virando cinéfilo de carteirinha...não é pra menos, considerando-se que hoje em dia ele já acompanha a mãe nas sessões dos cinemas de arte. Sem querer parecer mãe coruja, Liam já tem uma lista impressionante de filmes que assistiu comigo (ou com o pai, também cinéfilo) e gostou. Filho de peixe, peixinho é. E convenhamos, cultura nunca é demais.




2 comentários:

Albuq disse...

Tô louca prá assistir. Não li o livro, mas todo mundo está encantado com o filme.
bjs

Milena F. disse...

kkk, eu não tinha colocado no blog, mas tb saí de lá com o rosto inchado de tanto chorar!!!