domingo, outubro 20, 2013

Chocolates e dieta



Eu estou firme e forte na reeducação alimentar e cada dia tenho descoberto mais produtos interessantes. Um dos maiores segredos de quem faz reeducação alimentar é substituir gradualmente alimentos por alimentos saudáveis e principalmente - por alimentos gostosos! Ou seja, uma dieta saudável não necessariamente se reduz a frutas e saladas. Se você se aprofundar no assunto (como eu ando fazendo, porque sou a eterna estudante e gosto de aprender), você descobrirá que (quase) nada é proibido! A palavra-chave é moderação.

Assim sendo, ando lendo sobre um dos meus ingredientes favoritos: o chocolate! E descobri que é possível sim emagrecer comendo chocolate. E acredite se quiser, pesquisas científicas recentes afirmam que o chocolate amargo ou meio-amargo pode ser consumido em medidas pequenas (cerca de 40g, uma barrinha de chocolate). Mas atenção: trata-se de CHOCOLATE PURO, sem acréscimo de açúcar ou leite. Não estou falando de uma barra de 100g de chocolate ao leite, né? Muito menos chocolate branco, que tem mais leite e açúcar do que cacau...

Dito isso, decidi procurar em lojas de produtos naturais e a quantidade de chocolates disponíveis é inacreditável. Pelo menos aqui em Amsterdam. eu tenho achado chocolate amargo com pedacinhos de laranja, framboesa, amoras, coco e até a famosa goji berry (assunto para outro post, aguardem). Procuro em lojas de produtos naturais porque nos supermercados as opções ainda são limitadas (embora existam). E assim ainda garanto que estarei comprando chocolate orgânico.

Ontem comprei pela primeira vez duas barrinhas (35g) de chocolate OMBAR (veja aqui o site oficial), produzido na Inglaterra. E além de delicioso, a boa notícia é que este chocolate orgânico não contém açucar refinado (e sim açúcar de coco, uma alternativa natural). Uma barrinha de 35g contém 172 calorias. Ou seja, um pouco mais do que um potinho de iogurte Activia sabor figo que eu costumo comer! O preço pode ser caro - em relação a uma barra de chocolate comum - mas os benefícios para a sua saúde são bem maiores. Uma barra de chocolate OMBAR (35g) é a porção ideal pra não "detonar" a dieta e custa o mesmo que um cappucino em qualquer café daqui. Ou seja, se você for pensar assim, nem é tão caro, né?!!

Moral da estória, a reeducação alimentar é um aprendizado. No meu caso, o maior problema sempre foi o açúcar então a primeira medida que tomei foi substituir o açúcar refinado (o conhecido açúcar branco) pela stévia. O chato é que quando você decide tirar o açúcar da dieta, você precisa ler as embalagens de tudo que compra no supermercado. Sem falar que também tirei o aspartame da minha lista de compras! Ou seja, eliminei automaticamente um monte de produtos light tidos como saudáveis mas que contém aspartame!

Felizmente aqui na Holanda (não sei como é no Brasil), começam a aparecer nos supermercados os primeiros iogurtes adoçados com stevia. Um exemplo (fica a dica pra quem mora aqui) é o ARLA Zin!, um iogurte de beber com 0% de gordura. Disponível nos sabores manga, morango e frutas vermelhas, este nunca falta aqui em casa!



2 comentários:

Maria Valéria disse...

Adoro o lindt amargo c pedacinhos de laranja

Eliana disse...

Pois é, Beth, sobre o chocolate ouvi estes dias mesmo! E este tal de stevia, o que é? rs O iogurte é bom mesmo? Ahhh no Brasil agora é que estavam falando desta coisa do aspartame e adoçantes em geral...

Tecnologia do Blogger.

Chocolates e dieta



Eu estou firme e forte na reeducação alimentar e cada dia tenho descoberto mais produtos interessantes. Um dos maiores segredos de quem faz reeducação alimentar é substituir gradualmente alimentos por alimentos saudáveis e principalmente - por alimentos gostosos! Ou seja, uma dieta saudável não necessariamente se reduz a frutas e saladas. Se você se aprofundar no assunto (como eu ando fazendo, porque sou a eterna estudante e gosto de aprender), você descobrirá que (quase) nada é proibido! A palavra-chave é moderação.

Assim sendo, ando lendo sobre um dos meus ingredientes favoritos: o chocolate! E descobri que é possível sim emagrecer comendo chocolate. E acredite se quiser, pesquisas científicas recentes afirmam que o chocolate amargo ou meio-amargo pode ser consumido em medidas pequenas (cerca de 40g, uma barrinha de chocolate). Mas atenção: trata-se de CHOCOLATE PURO, sem acréscimo de açúcar ou leite. Não estou falando de uma barra de 100g de chocolate ao leite, né? Muito menos chocolate branco, que tem mais leite e açúcar do que cacau...

Dito isso, decidi procurar em lojas de produtos naturais e a quantidade de chocolates disponíveis é inacreditável. Pelo menos aqui em Amsterdam. eu tenho achado chocolate amargo com pedacinhos de laranja, framboesa, amoras, coco e até a famosa goji berry (assunto para outro post, aguardem). Procuro em lojas de produtos naturais porque nos supermercados as opções ainda são limitadas (embora existam). E assim ainda garanto que estarei comprando chocolate orgânico.

Ontem comprei pela primeira vez duas barrinhas (35g) de chocolate OMBAR (veja aqui o site oficial), produzido na Inglaterra. E além de delicioso, a boa notícia é que este chocolate orgânico não contém açucar refinado (e sim açúcar de coco, uma alternativa natural). Uma barrinha de 35g contém 172 calorias. Ou seja, um pouco mais do que um potinho de iogurte Activia sabor figo que eu costumo comer! O preço pode ser caro - em relação a uma barra de chocolate comum - mas os benefícios para a sua saúde são bem maiores. Uma barra de chocolate OMBAR (35g) é a porção ideal pra não "detonar" a dieta e custa o mesmo que um cappucino em qualquer café daqui. Ou seja, se você for pensar assim, nem é tão caro, né?!!

Moral da estória, a reeducação alimentar é um aprendizado. No meu caso, o maior problema sempre foi o açúcar então a primeira medida que tomei foi substituir o açúcar refinado (o conhecido açúcar branco) pela stévia. O chato é que quando você decide tirar o açúcar da dieta, você precisa ler as embalagens de tudo que compra no supermercado. Sem falar que também tirei o aspartame da minha lista de compras! Ou seja, eliminei automaticamente um monte de produtos light tidos como saudáveis mas que contém aspartame!

Felizmente aqui na Holanda (não sei como é no Brasil), começam a aparecer nos supermercados os primeiros iogurtes adoçados com stevia. Um exemplo (fica a dica pra quem mora aqui) é o ARLA Zin!, um iogurte de beber com 0% de gordura. Disponível nos sabores manga, morango e frutas vermelhas, este nunca falta aqui em casa!



2 comentários:

Maria Valéria disse...

Adoro o lindt amargo c pedacinhos de laranja

Eliana disse...

Pois é, Beth, sobre o chocolate ouvi estes dias mesmo! E este tal de stevia, o que é? rs O iogurte é bom mesmo? Ahhh no Brasil agora é que estavam falando desta coisa do aspartame e adoçantes em geral...