quarta-feira, agosto 01, 2007

You are my hero


Fazer o quê com esta paixão que me tira a concentração e nem me deixa trabalhar direito...esta paixão que faz com que eu me sinta adolescente de novo, que me faz acreditar que a vida ainda vale a pena ser vivida. Que me faz acordar e ter vontade de levantar da cama e encarar mais um dia de peito e coração abertos. Fazer o quê com esta paixão que veio chegando de fininho e invadiu minha vida assim de repente, da noite pro dia...

Mas nem tudo é tão simples e o ser humano adora complicar as coisas quando tem uma chance. Eu mesma tenho este mau hábito mas estou aprendendo a me controlar porque decidi que não vou me permitir sabotar esta relação - seria burrice ao extremo, que isso fique bem claro. No mais, ter consciência de nossos medos, fraquezas e das inevitáveis armadilhas no caminho já é um bom começo. O resto fica por conta da comunicação do casal. E neste ponto não tenho do que reclamar até agora, muito pelo contrário.

Verdade é que esta (súbita) paixão mexeu com algumas emoções do passado que eu já tinha até esquecido que existiam...e não é nada fácil lidar com tanta emoção em um espaço tão curto de tempo. Principalmente quando a gente já tinha decidido aposentar o coração!

Minha sorte é que F. é alguém pra lá de especial, que procura entender as dores do meu passado e tem muita paciência com este coração desacostumado a amar. Pois então, meus caros amigos: encontrei meu herói...

5 comentários:

annix disse...

Aw, que lindo! :)
É isso aí, as neuras sempre vão aparecer - mas com paciência e cabeça fria elas são combatidas. EnJoy!

La Belle® disse...

Deixa os grilos lá no passado e viva o presente intensamente, amiga! Amar é simples demais.. A gente que complica!

Eu não sei, você sabe? disse...

muito bom, muito bom...

fico tão feliz:0)

besitos

Vânia Lúcia disse...

Bethinha, nem li o texto todo, mas já sei o que quer dizer!
Te digo apenas uma coisa: SE JOGA MULHER!!!!!



Beijocas

Gio disse...

Uia! Que delícia!
Aproveite cada gota, cada gota!

Beijos.

Tecnologia do Blogger.

You are my hero


Fazer o quê com esta paixão que me tira a concentração e nem me deixa trabalhar direito...esta paixão que faz com que eu me sinta adolescente de novo, que me faz acreditar que a vida ainda vale a pena ser vivida. Que me faz acordar e ter vontade de levantar da cama e encarar mais um dia de peito e coração abertos. Fazer o quê com esta paixão que veio chegando de fininho e invadiu minha vida assim de repente, da noite pro dia...

Mas nem tudo é tão simples e o ser humano adora complicar as coisas quando tem uma chance. Eu mesma tenho este mau hábito mas estou aprendendo a me controlar porque decidi que não vou me permitir sabotar esta relação - seria burrice ao extremo, que isso fique bem claro. No mais, ter consciência de nossos medos, fraquezas e das inevitáveis armadilhas no caminho já é um bom começo. O resto fica por conta da comunicação do casal. E neste ponto não tenho do que reclamar até agora, muito pelo contrário.

Verdade é que esta (súbita) paixão mexeu com algumas emoções do passado que eu já tinha até esquecido que existiam...e não é nada fácil lidar com tanta emoção em um espaço tão curto de tempo. Principalmente quando a gente já tinha decidido aposentar o coração!

Minha sorte é que F. é alguém pra lá de especial, que procura entender as dores do meu passado e tem muita paciência com este coração desacostumado a amar. Pois então, meus caros amigos: encontrei meu herói...

5 comentários:

annix disse...

Aw, que lindo! :)
É isso aí, as neuras sempre vão aparecer - mas com paciência e cabeça fria elas são combatidas. EnJoy!

La Belle® disse...

Deixa os grilos lá no passado e viva o presente intensamente, amiga! Amar é simples demais.. A gente que complica!

Eu não sei, você sabe? disse...

muito bom, muito bom...

fico tão feliz:0)

besitos

Vânia Lúcia disse...

Bethinha, nem li o texto todo, mas já sei o que quer dizer!
Te digo apenas uma coisa: SE JOGA MULHER!!!!!



Beijocas

Gio disse...

Uia! Que delícia!
Aproveite cada gota, cada gota!

Beijos.