segunda-feira, maio 12, 2008

Divagações em torno da balança

Depois de tanta praia e gente de biquini por todo lado, resolvi fazer uma pausa pra dizer que a dieta vai bem, obrigada. A má notícia é que depois daqueles 10kg que eu perdi no inverno, a coisa agora está mais devagar mas aviso aos navegantes que estou loooooooooooonge de desistir. Porque perder 10kg no inverno já é algo, sem falar que na primavera e no verão é sempre mais fácil comer light (frutas, saladas, sucos, iogurtes). E no geral, minha dieta melhorou um bocado, com um pecadinho aqui e outro ali porque ninguém é de ferro (e eu amo chocolate, estou diminuindo as doses gradualmente igual tratamento de drogados, rsrsrsrs). E por falar em tratamento, continuo indo religiosamente à dietista. Mas aprendi que não são uns números na balança que vão decidir a minha felicidade. E que quando estou feliz, eu emagreço - com algum esforço mas emagreço. Assim como também sei que só engordei 30 kg (isso mesmo) nos últimos 10 anos porque eu não estava lá muito feliz com a vida que estava levando. Sem contar os quilinhos da gravidez que nunca foram embora (agora sim).

De resto, a sorte é que moro em um país onde - diferente do Brasil - as pessoas não são obcecadas com a forma física nem tampouco malhar na academia é programa obrigatório. Moro em um país onde as mulheres não precisam ser magérrimas, muito pelo contrário. Eu mesma não faço a menor questão de voltar ao peso que tinha quando cheguei aqui na Holanda em 1994 (ainda estou 20 kgs acima daquele peso). Já até combinei com F. (que me conheceu na fase magra e me dá a maior força na dieta mas que acima de tudo me aceita como eu sou) que quero emagrecer mais uns 10 kgs até o final do ano, sem pressa e acima de tudo, sem paranóia. Agora estou numa fase de manutenção porque perder 10kgs em três meses foi, digamos assim, rápido demais...E engordar de novo não é opção! Assim como passar fome também não é opção, nem tampouco ficar obcecada com a balança. A boa notícia é que voltei a usar jeans depois de 9 anos...Uma pequena grande vitória, a primeira de muitas.

Way to go girl!

4 comentários:

Paloma disse...

Estou também precisando de ânimo para emgrecer uns quilinhos que ganhei nos últimos meses. E sei que eles vieram também em resultado do stress, ansiedade, etc.
Na França, eu estava ótima e aqui o peso extra se acumula...so obvious!
Enfim, parabéns pelo jeans! E essas suas divagações vieram em um bom momento para mim. Beijo!

Arnild disse...

Belo post!
Estava sem conseguir comentar no seu blog, mas a culpa foi minha, pois eu estava errando a escolha da identidade (toin-oin-oin!). Felicidades pelo Liam, pelo Dia das Mães e por tudo o que a vida está lhe presenteando. Acabei de voltar da Polônia, que experiência inesquecível.
Um beijo,
Arnild

Suelly Marquêz disse...

Boa Noite, aqui fala suely de minas gerais - Brasil, mas a Paloma me deu uma tarefa e pra voce tambem, entao estamos juntos nesta, e lendo este seu post, dou nota 1000, afinal quem gosta da gente é a gente mesmo, e parabens por voltar usar jeans, recebi uma revista brasileira ontem que fala sobre a maravilhosa forma que é de usar jeans-VERDADEIRA ECONOMIA MENINA!quem usa gasta energia e economiza ao mesmo tempo a materia é assim:economiza porque nao é necessario lavar toda hora, seca rapído nao precisa passar etc, e nos dá um manequim magnifico, ninguem descobre o seu verdadeiro manequim, mas acredito que está bem de saude, é só equilibrar!!!!!!!

E DEIXA CORPO MAIS EM FORMA SEGURANDO FIRME SABE COMO?
MAS SUAS SÁBIAS PALAVRAS EM TORNO DO SEU VISUAL, GOSTEI, SE CUIDA, E CONTINUE...
abraços

Bebete Indarte disse...

eu sempre briguei com a balança, estando magra ou gorda...já fui magra, nunca fui gorda mesmo, no fundo sou normal. Já estive bem acima do meu peso (grávida, mas tb não engordei muito).
eu engordei 5 quilos depois do lítio, fui pra 70, e engordei mais 8 depois de uma outra medicação, 78...ai fiquei em pânico, porque as pessoas dizem que eu estou inchada, mas tive que comprar roupas número 40,42 (meu número era 38), ai é um porre.

Já emagreci 3 quilos, estou com 75 e pretendo emagrecer 5 quilos.
com 70 já fico contente, nem quero emagrecer muito pois depois do 45 anos, tudo CAI...vou fazer um teste da glândula tiróide, que pode mudar a forma de metabolizar os alimentos, devido a medicação, mas acho que estou em paz comigo, com a balança, farei 48 anos, e estou me sentindo ÓTIMA, mesmo com esses quilinhos a mais.
Odeio dieta drástica, e não como muito, ando de bicicleta todos os dias, e faço yoga, só parei de correr, queria remar

Tecnologia do Blogger.

Divagações em torno da balança

Depois de tanta praia e gente de biquini por todo lado, resolvi fazer uma pausa pra dizer que a dieta vai bem, obrigada. A má notícia é que depois daqueles 10kg que eu perdi no inverno, a coisa agora está mais devagar mas aviso aos navegantes que estou loooooooooooonge de desistir. Porque perder 10kg no inverno já é algo, sem falar que na primavera e no verão é sempre mais fácil comer light (frutas, saladas, sucos, iogurtes). E no geral, minha dieta melhorou um bocado, com um pecadinho aqui e outro ali porque ninguém é de ferro (e eu amo chocolate, estou diminuindo as doses gradualmente igual tratamento de drogados, rsrsrsrs). E por falar em tratamento, continuo indo religiosamente à dietista. Mas aprendi que não são uns números na balança que vão decidir a minha felicidade. E que quando estou feliz, eu emagreço - com algum esforço mas emagreço. Assim como também sei que só engordei 30 kg (isso mesmo) nos últimos 10 anos porque eu não estava lá muito feliz com a vida que estava levando. Sem contar os quilinhos da gravidez que nunca foram embora (agora sim).

De resto, a sorte é que moro em um país onde - diferente do Brasil - as pessoas não são obcecadas com a forma física nem tampouco malhar na academia é programa obrigatório. Moro em um país onde as mulheres não precisam ser magérrimas, muito pelo contrário. Eu mesma não faço a menor questão de voltar ao peso que tinha quando cheguei aqui na Holanda em 1994 (ainda estou 20 kgs acima daquele peso). Já até combinei com F. (que me conheceu na fase magra e me dá a maior força na dieta mas que acima de tudo me aceita como eu sou) que quero emagrecer mais uns 10 kgs até o final do ano, sem pressa e acima de tudo, sem paranóia. Agora estou numa fase de manutenção porque perder 10kgs em três meses foi, digamos assim, rápido demais...E engordar de novo não é opção! Assim como passar fome também não é opção, nem tampouco ficar obcecada com a balança. A boa notícia é que voltei a usar jeans depois de 9 anos...Uma pequena grande vitória, a primeira de muitas.

Way to go girl!

4 comentários:

Paloma disse...

Estou também precisando de ânimo para emgrecer uns quilinhos que ganhei nos últimos meses. E sei que eles vieram também em resultado do stress, ansiedade, etc.
Na França, eu estava ótima e aqui o peso extra se acumula...so obvious!
Enfim, parabéns pelo jeans! E essas suas divagações vieram em um bom momento para mim. Beijo!

Arnild disse...

Belo post!
Estava sem conseguir comentar no seu blog, mas a culpa foi minha, pois eu estava errando a escolha da identidade (toin-oin-oin!). Felicidades pelo Liam, pelo Dia das Mães e por tudo o que a vida está lhe presenteando. Acabei de voltar da Polônia, que experiência inesquecível.
Um beijo,
Arnild

Suelly Marquêz disse...

Boa Noite, aqui fala suely de minas gerais - Brasil, mas a Paloma me deu uma tarefa e pra voce tambem, entao estamos juntos nesta, e lendo este seu post, dou nota 1000, afinal quem gosta da gente é a gente mesmo, e parabens por voltar usar jeans, recebi uma revista brasileira ontem que fala sobre a maravilhosa forma que é de usar jeans-VERDADEIRA ECONOMIA MENINA!quem usa gasta energia e economiza ao mesmo tempo a materia é assim:economiza porque nao é necessario lavar toda hora, seca rapído nao precisa passar etc, e nos dá um manequim magnifico, ninguem descobre o seu verdadeiro manequim, mas acredito que está bem de saude, é só equilibrar!!!!!!!

E DEIXA CORPO MAIS EM FORMA SEGURANDO FIRME SABE COMO?
MAS SUAS SÁBIAS PALAVRAS EM TORNO DO SEU VISUAL, GOSTEI, SE CUIDA, E CONTINUE...
abraços

Bebete Indarte disse...

eu sempre briguei com a balança, estando magra ou gorda...já fui magra, nunca fui gorda mesmo, no fundo sou normal. Já estive bem acima do meu peso (grávida, mas tb não engordei muito).
eu engordei 5 quilos depois do lítio, fui pra 70, e engordei mais 8 depois de uma outra medicação, 78...ai fiquei em pânico, porque as pessoas dizem que eu estou inchada, mas tive que comprar roupas número 40,42 (meu número era 38), ai é um porre.

Já emagreci 3 quilos, estou com 75 e pretendo emagrecer 5 quilos.
com 70 já fico contente, nem quero emagrecer muito pois depois do 45 anos, tudo CAI...vou fazer um teste da glândula tiróide, que pode mudar a forma de metabolizar os alimentos, devido a medicação, mas acho que estou em paz comigo, com a balança, farei 48 anos, e estou me sentindo ÓTIMA, mesmo com esses quilinhos a mais.
Odeio dieta drástica, e não como muito, ando de bicicleta todos os dias, e faço yoga, só parei de correr, queria remar