domingo, março 15, 2009

Tudo tranquilo

Por aqui tudo tão tranquilo que ando até estranhando! E como voltei mais cedo da casa do namorado em Haia, decidi atualizar o blog. É que hoje ele tinha reunião de família e como eu ainda não conheço os pais dele, fiquei acanhada de ir (sem falar no desânimo de encarar umas 3 horas de trem e duas ou mais baldeações). Pra não ficar feio, prometi que iremos visitar os pais dele nas próximas semanas...confesso que simplesmente não sou chegada em reuniões de família (se puder evitar, eu evito).

Anyway, o fim-de-semana foi curto mas bem aproveitado. Sexta à noite cheguei em Haia e fomos jantar pela primeira vez num restaurante africano. Qual não foi a surpresa ao chegarmos lá e descobrirmos que era bufê. Maior surpresa ainda (embora nem tanto, se considerarmos as origens da culinária brasileira) foi reconhecer vários sabores...até quiabo e batata doce tinha! E um peixe frito bem ao estilo brasileiro, uma delícia...Depois fomos no Vavoom Tikibar - bar com ótimos drinks, decoração havaiana que faz lembrar um luau na praia e frequentado pela turma mais alternativa da cidade (infelizmente, a maioria dos bares da cidade são yuppies demais pro meu gosto). Lá esbarramos em dois amigos do F., tomamos alguns mojitos, trocamos muitas idéias e fomos felizes pra casa.

Sábado demos uma volta pelas lojas do centro, eu aproveitei pra fuçar as novidades na livraria American Book Center (também tem aqui em Amsterdã) enquanto ele dava um pulo na loja de instrumentos musicais pra comprar não sei o quê pra banda. F. toca baixo em uma banda, acreditem se quiserem. Depois fomos conhecer o novo winebar Crystal. Pedi um rosé e uma salada niçoise pra acompanhar o vinho (hehehe) e acabei não resistindo a sobremesa: cheesecake com molho de manga! Dali fomos pro cinema assistir Slumdog Millionaire. Mas este é assunto para o próximo post então tenham paciência! Só vou dizer que estava curiosíssima pra conferir um dos filmes mais comentados dos últimos tempos (antes e depois do Oscar). Achei (bastante) bom, mas não cheguei a considerar um clássico.

Hoje de manhã começamos a assistir Milk, o novo filme do Gus van Sant. Como a gente tinha de sair pra estação de trem, vou terminar de assistir hoje à noite e depois comento com calma. Assistimos metade do filme e já posso dizer que gostei muito, bem superior ao Paranoid Park. Sem falar no oscar mais do que merecido para Sean Penn no papel do ativista gay Harvey Milk.

That´s all for now, folks! Agora vou postar sobre os filmes.

1 comentários:

Isabella disse...

Oi Beth, Milk deve estar chegando pra mim semana que vem (via Netflix).

Gostei muito de Slumdog e, assim como vc, achei a comparação com Cidade de Deus, inevitável.

Tb acho que foi um filme falado demais e que "over rated" por isso mas o fato de receber 8 Oscars e ser um filme indiano, já é bastante pra Hollywood : )

bjs

Tecnologia do Blogger.

Tudo tranquilo

Por aqui tudo tão tranquilo que ando até estranhando! E como voltei mais cedo da casa do namorado em Haia, decidi atualizar o blog. É que hoje ele tinha reunião de família e como eu ainda não conheço os pais dele, fiquei acanhada de ir (sem falar no desânimo de encarar umas 3 horas de trem e duas ou mais baldeações). Pra não ficar feio, prometi que iremos visitar os pais dele nas próximas semanas...confesso que simplesmente não sou chegada em reuniões de família (se puder evitar, eu evito).

Anyway, o fim-de-semana foi curto mas bem aproveitado. Sexta à noite cheguei em Haia e fomos jantar pela primeira vez num restaurante africano. Qual não foi a surpresa ao chegarmos lá e descobrirmos que era bufê. Maior surpresa ainda (embora nem tanto, se considerarmos as origens da culinária brasileira) foi reconhecer vários sabores...até quiabo e batata doce tinha! E um peixe frito bem ao estilo brasileiro, uma delícia...Depois fomos no Vavoom Tikibar - bar com ótimos drinks, decoração havaiana que faz lembrar um luau na praia e frequentado pela turma mais alternativa da cidade (infelizmente, a maioria dos bares da cidade são yuppies demais pro meu gosto). Lá esbarramos em dois amigos do F., tomamos alguns mojitos, trocamos muitas idéias e fomos felizes pra casa.

Sábado demos uma volta pelas lojas do centro, eu aproveitei pra fuçar as novidades na livraria American Book Center (também tem aqui em Amsterdã) enquanto ele dava um pulo na loja de instrumentos musicais pra comprar não sei o quê pra banda. F. toca baixo em uma banda, acreditem se quiserem. Depois fomos conhecer o novo winebar Crystal. Pedi um rosé e uma salada niçoise pra acompanhar o vinho (hehehe) e acabei não resistindo a sobremesa: cheesecake com molho de manga! Dali fomos pro cinema assistir Slumdog Millionaire. Mas este é assunto para o próximo post então tenham paciência! Só vou dizer que estava curiosíssima pra conferir um dos filmes mais comentados dos últimos tempos (antes e depois do Oscar). Achei (bastante) bom, mas não cheguei a considerar um clássico.

Hoje de manhã começamos a assistir Milk, o novo filme do Gus van Sant. Como a gente tinha de sair pra estação de trem, vou terminar de assistir hoje à noite e depois comento com calma. Assistimos metade do filme e já posso dizer que gostei muito, bem superior ao Paranoid Park. Sem falar no oscar mais do que merecido para Sean Penn no papel do ativista gay Harvey Milk.

That´s all for now, folks! Agora vou postar sobre os filmes.

1 comentários:

Isabella disse...

Oi Beth, Milk deve estar chegando pra mim semana que vem (via Netflix).

Gostei muito de Slumdog e, assim como vc, achei a comparação com Cidade de Deus, inevitável.

Tb acho que foi um filme falado demais e que "over rated" por isso mas o fato de receber 8 Oscars e ser um filme indiano, já é bastante pra Hollywood : )

bjs