terça-feira, maio 25, 2010

Fantastic Mr. Fox



Só pra não deixar passar em branco, porque seria no mínimo injustiça não comentar sobre um dos melhores filmes dos últimos tempos. Outro dia fui com meu filho assistir Fantastic Mr. Fox - que já aviso não é exatamente um filme pra crianças! O livro foi originalmente escrito por Road Dahl, o que por si só já vale uma recomendação. E foi adaptado para a tela por nada menos do que Wes Anderson, diretor de The Royal Tenenbaums (2001), The Life Aquatic (2004)  e The Darjeeling Limited (2007). O que pra mim já garante uma recomendação dupla!

Mas eu sou suspeita pra falar porque confesso que adorei o cinismo da família Tenenbaum. Cada membro da família mais neurótico do que o outro. Enfim, mais uma daquelas famílias problemáticas  - dysfunctional families como gostam de dizer os americanos - como tantas por este mundo afora! E embora Darjeeling Limited não seja tão bom quanto Royal Tenenbaums, algumas cenas são ótimas (pra não dizer hilárias), os diálogos são inteligentes e o roteiro tem a dose usual de sarcasmo do diretor.

Mas voltando ao filme em questão...na minha opinião, Fantastic Mr. Fox é quase um Royal Tenenbaums vestido de raposa!!! O filme faz lembrar muito a temática do diretor, com diálogos recheados de cinismo e personagens quase humanos. E ele ainda usou a técnica de filme de animação em stop-motion, cada vez mais popular nos últimos anos (Nightmare Before Christmas, The Corpse Bride e Coraline, entre outros). No mais, um daqueles filmes abertos para (no mínimo) duas leituras: a das crianças e a dos adultos que as acompanham na sala de cinema. Uma coisa é certa: eu e meu filho não assistimos ao mesmo filme. Porque enquanto as crianças se divertem com as estrepolias de uma família de raposas, os adultos lêem as entrelinhas e riem sozinhos na sala escura. É impossível não se identificar com alguns dos personagens.

Fica a dica. Um filme que agrada a grandes e pequenos, diversão garantida para todas as idades!

4 comentários:

Albuq disse...

O que eu faço com meu tempo que não existe para assistir todos os filmes ma-ra-vi-lho-sos que você indica? kkkkk

Adorei! bjs

tania disse...

Não sei se chegou por aqui ou chegará, mas darei uma busca. Acho que vou gostar.

Labelle® Paz disse...

Acho que ainda não chegou por aqui, como a Tania mencionou, mas de uns tempos para cá, todos os 'desenhos animados' são mais direcionados para os adultos mesmo, e muitas crianças falam que não gostaram, acredita? Eu adoro [e vou sempre] !!

Lilly disse...

Olha, eu tinha CERTEZA que vc tinha escrito sobre esse filme. Enquanto eu via o filme e me encantava, fiquei pensando: "vou fuçar o blog da Beth porque lembro de ter visto um post sobre esse filme por lá". É a sua (ou será que poderia dizer "nossa"?) cara.

Amei, amei, amei. A produção, as músicas, e como você mesma disse, o cinismo.

Masterpiece!
Beijos.

Tecnologia do Blogger.

Fantastic Mr. Fox



Só pra não deixar passar em branco, porque seria no mínimo injustiça não comentar sobre um dos melhores filmes dos últimos tempos. Outro dia fui com meu filho assistir Fantastic Mr. Fox - que já aviso não é exatamente um filme pra crianças! O livro foi originalmente escrito por Road Dahl, o que por si só já vale uma recomendação. E foi adaptado para a tela por nada menos do que Wes Anderson, diretor de The Royal Tenenbaums (2001), The Life Aquatic (2004)  e The Darjeeling Limited (2007). O que pra mim já garante uma recomendação dupla!

Mas eu sou suspeita pra falar porque confesso que adorei o cinismo da família Tenenbaum. Cada membro da família mais neurótico do que o outro. Enfim, mais uma daquelas famílias problemáticas  - dysfunctional families como gostam de dizer os americanos - como tantas por este mundo afora! E embora Darjeeling Limited não seja tão bom quanto Royal Tenenbaums, algumas cenas são ótimas (pra não dizer hilárias), os diálogos são inteligentes e o roteiro tem a dose usual de sarcasmo do diretor.

Mas voltando ao filme em questão...na minha opinião, Fantastic Mr. Fox é quase um Royal Tenenbaums vestido de raposa!!! O filme faz lembrar muito a temática do diretor, com diálogos recheados de cinismo e personagens quase humanos. E ele ainda usou a técnica de filme de animação em stop-motion, cada vez mais popular nos últimos anos (Nightmare Before Christmas, The Corpse Bride e Coraline, entre outros). No mais, um daqueles filmes abertos para (no mínimo) duas leituras: a das crianças e a dos adultos que as acompanham na sala de cinema. Uma coisa é certa: eu e meu filho não assistimos ao mesmo filme. Porque enquanto as crianças se divertem com as estrepolias de uma família de raposas, os adultos lêem as entrelinhas e riem sozinhos na sala escura. É impossível não se identificar com alguns dos personagens.

Fica a dica. Um filme que agrada a grandes e pequenos, diversão garantida para todas as idades!

4 comentários:

Albuq disse...

O que eu faço com meu tempo que não existe para assistir todos os filmes ma-ra-vi-lho-sos que você indica? kkkkk

Adorei! bjs

tania disse...

Não sei se chegou por aqui ou chegará, mas darei uma busca. Acho que vou gostar.

Labelle® Paz disse...

Acho que ainda não chegou por aqui, como a Tania mencionou, mas de uns tempos para cá, todos os 'desenhos animados' são mais direcionados para os adultos mesmo, e muitas crianças falam que não gostaram, acredita? Eu adoro [e vou sempre] !!

Lilly disse...

Olha, eu tinha CERTEZA que vc tinha escrito sobre esse filme. Enquanto eu via o filme e me encantava, fiquei pensando: "vou fuçar o blog da Beth porque lembro de ter visto um post sobre esse filme por lá". É a sua (ou será que poderia dizer "nossa"?) cara.

Amei, amei, amei. A produção, as músicas, e como você mesma disse, o cinismo.

Masterpiece!
Beijos.