terça-feira, maio 10, 2011

Meu psiquiatra favorito

Niles e Frasier

Pra começar, quero avisar que passei os anos 90 inteiros assistindo comédias britânicas na BBC com meu ex-marido inglês (o pai do Liam). Entre elas: Men Behaving Badly, Absolutely Fabulous e claro, os clássicos e indispensáveis Fawlty Towers e Monty Python. Enfim, mais britânico impossível, né?

Isso tudo mudou há cerca de 4 anos, quando comecei a namorar F. É que F. além de gostar muito das comédias inglesas, também adora algumas sit coms americanas. E assim ele foi me apresentando algumas séries, como Becker, Seinfeld e...Frasier! Bem, Frasier simplesmente me conquistou e já posso afirmar que ele é meu psiquiatra favorito! E olha que eu já tive vários psiquiatras na minha vida, hehehe.



Uma das séries de maior sucesso de todos os tempos na tv americana, Frasier conseguiu a façanha de ficar 11 temporadas no ar - coisa rara hoje em dia. Os personagens principais são Frasier Crane e seu irmão Niles (ambos psiquiatras, Frasier tem um talk show na rádio em Seatlle). Tem ainda o pai deles, Martin Crane, agente da polícia aposentado, que mora com Frasier. E Daphne, a fisioterapeuta inglesa de Martin, que dá um toque especial à série com seu sotaque irresistível. Tem ainda Roz, produtora do programa de rádio e que participa com Frasier em todas as emissões.

Mas uma das grandes estrelas da série é Eddie, o adorável cachorrinho de Martin! Que, diga-se de passagem, é um dos cães mais famosos da tv americana e conquista o coração de todos com suas estripulias. Agora me digam se dá pra resistir esta carinha?


Frasier e Eddie

Pra quem quiser saber mais, existem vários sites dedicados a série, um deles é este aqui. Fiz download de todas as temporadas e estou assistindo todos os episódios em ordem cronológica (coisa de fã mesmo). Já estou na oitava temporada e com muita pena que daqui a pouco acaba a festa...vou curtir as últimas séries devagarinho...

5 comentários:

Anônimo disse...

Helaas ging Moose ("Eddie") op 22 juni (22 juni!!!) 2006 dood...
:-(

Anita disse...

Nunca consegui ver mais que algumas cenas, muito "en passant". Segui um tempo "House" mas tive algumas decepções. Agora sigo "The Good Wife" mas já tou achando que estao forçando muito com o Cary (em todos os episódios ele aparece) e explorando a sexualidade da Kalinda (que passou a ficar mais improtante que a protagonista, muito apática).

Milena Fischborn disse...

Sou muito "fora do ar" para séries, mas adoro! O problema é que se começo a assistir, não paro mais!

Lilly disse...

Beth,
embora eu tenha parado eu algum ponto da 3a. temporada (eu acho), eu AMOOOOOO, Frasier. Amo desde a forma pomposa de falar, até os temas, os namoros que não engatam, as manias pedantes. Adoro!

Olha, me desculpe, andou um comentário perdido lá no blog. É que eu recebi o e-mail e esqueci. Não é só astro de futebol que tem problema. Eu tomo meu hormônio direitinho mas de vez em quando a memória falha....

Beijos!!!

tania disse...

Não tenho muito saco pra Seinfeld, embora haja alguns epi bons, mas adoro Frasier. Meio antigo já, mas não canso de rever. Outra série que nunca fez muito minha cabeça, mas tem momentos tão bons quanto é Will & Gracie, tb já um clássico do gênero.
Nunca é tarde pra descobrir essas pérolas. E Monk, já viu? É detetive e não é sitcom (dura quase uma hora um episódio), mas é na linha nonsense, meio drama, meio comédia. Muito bom também, bem diferente dos policiais da tv.
Beijos

Tecnologia do Blogger.

Meu psiquiatra favorito

Niles e Frasier

Pra começar, quero avisar que passei os anos 90 inteiros assistindo comédias britânicas na BBC com meu ex-marido inglês (o pai do Liam). Entre elas: Men Behaving Badly, Absolutely Fabulous e claro, os clássicos e indispensáveis Fawlty Towers e Monty Python. Enfim, mais britânico impossível, né?

Isso tudo mudou há cerca de 4 anos, quando comecei a namorar F. É que F. além de gostar muito das comédias inglesas, também adora algumas sit coms americanas. E assim ele foi me apresentando algumas séries, como Becker, Seinfeld e...Frasier! Bem, Frasier simplesmente me conquistou e já posso afirmar que ele é meu psiquiatra favorito! E olha que eu já tive vários psiquiatras na minha vida, hehehe.



Uma das séries de maior sucesso de todos os tempos na tv americana, Frasier conseguiu a façanha de ficar 11 temporadas no ar - coisa rara hoje em dia. Os personagens principais são Frasier Crane e seu irmão Niles (ambos psiquiatras, Frasier tem um talk show na rádio em Seatlle). Tem ainda o pai deles, Martin Crane, agente da polícia aposentado, que mora com Frasier. E Daphne, a fisioterapeuta inglesa de Martin, que dá um toque especial à série com seu sotaque irresistível. Tem ainda Roz, produtora do programa de rádio e que participa com Frasier em todas as emissões.

Mas uma das grandes estrelas da série é Eddie, o adorável cachorrinho de Martin! Que, diga-se de passagem, é um dos cães mais famosos da tv americana e conquista o coração de todos com suas estripulias. Agora me digam se dá pra resistir esta carinha?


Frasier e Eddie

Pra quem quiser saber mais, existem vários sites dedicados a série, um deles é este aqui. Fiz download de todas as temporadas e estou assistindo todos os episódios em ordem cronológica (coisa de fã mesmo). Já estou na oitava temporada e com muita pena que daqui a pouco acaba a festa...vou curtir as últimas séries devagarinho...

5 comentários:

Anônimo disse...

Helaas ging Moose ("Eddie") op 22 juni (22 juni!!!) 2006 dood...
:-(

Anita disse...

Nunca consegui ver mais que algumas cenas, muito "en passant". Segui um tempo "House" mas tive algumas decepções. Agora sigo "The Good Wife" mas já tou achando que estao forçando muito com o Cary (em todos os episódios ele aparece) e explorando a sexualidade da Kalinda (que passou a ficar mais improtante que a protagonista, muito apática).

Milena Fischborn disse...

Sou muito "fora do ar" para séries, mas adoro! O problema é que se começo a assistir, não paro mais!

Lilly disse...

Beth,
embora eu tenha parado eu algum ponto da 3a. temporada (eu acho), eu AMOOOOOO, Frasier. Amo desde a forma pomposa de falar, até os temas, os namoros que não engatam, as manias pedantes. Adoro!

Olha, me desculpe, andou um comentário perdido lá no blog. É que eu recebi o e-mail e esqueci. Não é só astro de futebol que tem problema. Eu tomo meu hormônio direitinho mas de vez em quando a memória falha....

Beijos!!!

tania disse...

Não tenho muito saco pra Seinfeld, embora haja alguns epi bons, mas adoro Frasier. Meio antigo já, mas não canso de rever. Outra série que nunca fez muito minha cabeça, mas tem momentos tão bons quanto é Will & Gracie, tb já um clássico do gênero.
Nunca é tarde pra descobrir essas pérolas. E Monk, já viu? É detetive e não é sitcom (dura quase uma hora um episódio), mas é na linha nonsense, meio drama, meio comédia. Muito bom também, bem diferente dos policiais da tv.
Beijos