quinta-feira, setembro 06, 2012

Books & coffee in Amsterdam

Ontem foi uma daquelas tardes em que eu me sinto uma pessoa privilegiada de morar em Amsterdã.  Teve tudo que eu gosto: minha biblioteca favorita, uma visita ao mais novo Starbucks da cidade na companhia de uma ótima amiga e pra terminar, uma passada em uma das minhas livrarias favoritas!


Biblioteca Central de Amsterdam

Quem costuma ler o blog já sabe que adoro a biblioteca central de Amsterdam...Também não  é pra menos, ela é a coisa mais linda que eu já vi e sempre recomendo pra quem está aqui de visita. Programa ideal para as tardes de outono-inverno (e sim, o outono já já começa). Verdade é que eu tinha de entregar uns livros atrasados e como meu único dia de folga é quarta e eu tinha marcado um café com uma amiga no centro, resolvi unir o útil ao agradável!


Starbucks The Bank

A segunda parada foi o Starbucks, do qual já existem várias filiais na cidade (as duas primeiras surgiram alguns anos atrás no aeroporto Schiphol). Descobri este café por acaso na net e vi que já abriu há quase seis meses então eu tinha de conferir, né? E vale uma visita, até pra quem está só de passagem pela cidade!  O café está localizado no porão do que era antes uma agência bancária (por isso o nome Starbucks The Bank) e o espaço foi super bem reaproveitado. Esta filial é uma design concept shop e tem um dos designs mais arrojados da famosa cadeia de lojas. Frequentada por uma turma jovem que leva seus laptops pra estudar enquanto toma uma xícara ou duas de café...Anotem aí o endereço: Rembrandsplein, esquina com a Utrechtstraat.





Depois de colocar o papo em dia e degustar um caramel latte, aproveitei que estava no centro e fui espiar as novidades na American Book Center (praça Spui). Pra quem visita Amsterdam e quer comprar livros, a dica é ir nesta praça, onde ficam duas livrarias especializadas em livros em inglês: a Waterstones e a American Book Center. Ali também fica a Atheneum, uma das mais tradicionais livrarias acadêmicas da cidade, muito frequentada por estudantes universitários. Esta mesma livraria tem uma loja separada só de revistas internacionais que também vale conferir. Revistas de moda, design, arte, cinema, etc. Ali você acha tudo e mais um pouco!


Enfim, nada como um dia depois do outro...

4 comentários:

Maria Valéria disse...

Uma das coisas que mais amei conhecer com vc ai em Amsterdã foram os cafés....nao tem isso aqui n Brasil,quer dizer, tem, mas nao desse jeito!'
Já ouvi dizer , de gente que mora na europa, que os cafés sao muito valorizados ai, especialmente os que estão ao ar livre, para aproveitar e valorizar o sol nos meses que tem ai.o brasileiro nao valoriza o sol, quer dizer, nao precisa, né, porque a gente tem sol aqui praticamente 9 a 10 meses do ano...srsrrsrs!!! Beijos

Albuq disse...

Encantadora tua tarde! bjs

feijaocomcurrywurst disse...

Não sou fã de café, mas de livros e chocolate :) Mas adoro este flair desses points, sentar, ler, comer um docinho, jogar conversa fora... posso ficar horas num café destes... lindo esse Starbucks!

Abraço!

Marina.

Milena F. disse...

Gosto muito de Starbucks mas sinceramente acho um pouco caro e vou raramente! Sempre dou uma passadinha quando vou a Londres, mas acho que nunca fui em um em Paris!!!
Adoraria ter amigas para um café, mas acredita que nenhuma das minhas amigas ou cobnhecidas bebe café ou chá??? As vezes até rola um chocolate quente no inverno, mas é raro, nessa era de dietas!!!

Tecnologia do Blogger.

Books & coffee in Amsterdam

Ontem foi uma daquelas tardes em que eu me sinto uma pessoa privilegiada de morar em Amsterdã.  Teve tudo que eu gosto: minha biblioteca favorita, uma visita ao mais novo Starbucks da cidade na companhia de uma ótima amiga e pra terminar, uma passada em uma das minhas livrarias favoritas!


Biblioteca Central de Amsterdam

Quem costuma ler o blog já sabe que adoro a biblioteca central de Amsterdam...Também não  é pra menos, ela é a coisa mais linda que eu já vi e sempre recomendo pra quem está aqui de visita. Programa ideal para as tardes de outono-inverno (e sim, o outono já já começa). Verdade é que eu tinha de entregar uns livros atrasados e como meu único dia de folga é quarta e eu tinha marcado um café com uma amiga no centro, resolvi unir o útil ao agradável!


Starbucks The Bank

A segunda parada foi o Starbucks, do qual já existem várias filiais na cidade (as duas primeiras surgiram alguns anos atrás no aeroporto Schiphol). Descobri este café por acaso na net e vi que já abriu há quase seis meses então eu tinha de conferir, né? E vale uma visita, até pra quem está só de passagem pela cidade!  O café está localizado no porão do que era antes uma agência bancária (por isso o nome Starbucks The Bank) e o espaço foi super bem reaproveitado. Esta filial é uma design concept shop e tem um dos designs mais arrojados da famosa cadeia de lojas. Frequentada por uma turma jovem que leva seus laptops pra estudar enquanto toma uma xícara ou duas de café...Anotem aí o endereço: Rembrandsplein, esquina com a Utrechtstraat.





Depois de colocar o papo em dia e degustar um caramel latte, aproveitei que estava no centro e fui espiar as novidades na American Book Center (praça Spui). Pra quem visita Amsterdam e quer comprar livros, a dica é ir nesta praça, onde ficam duas livrarias especializadas em livros em inglês: a Waterstones e a American Book Center. Ali também fica a Atheneum, uma das mais tradicionais livrarias acadêmicas da cidade, muito frequentada por estudantes universitários. Esta mesma livraria tem uma loja separada só de revistas internacionais que também vale conferir. Revistas de moda, design, arte, cinema, etc. Ali você acha tudo e mais um pouco!


Enfim, nada como um dia depois do outro...

4 comentários:

Maria Valéria disse...

Uma das coisas que mais amei conhecer com vc ai em Amsterdã foram os cafés....nao tem isso aqui n Brasil,quer dizer, tem, mas nao desse jeito!'
Já ouvi dizer , de gente que mora na europa, que os cafés sao muito valorizados ai, especialmente os que estão ao ar livre, para aproveitar e valorizar o sol nos meses que tem ai.o brasileiro nao valoriza o sol, quer dizer, nao precisa, né, porque a gente tem sol aqui praticamente 9 a 10 meses do ano...srsrrsrs!!! Beijos

Albuq disse...

Encantadora tua tarde! bjs

feijaocomcurrywurst disse...

Não sou fã de café, mas de livros e chocolate :) Mas adoro este flair desses points, sentar, ler, comer um docinho, jogar conversa fora... posso ficar horas num café destes... lindo esse Starbucks!

Abraço!

Marina.

Milena F. disse...

Gosto muito de Starbucks mas sinceramente acho um pouco caro e vou raramente! Sempre dou uma passadinha quando vou a Londres, mas acho que nunca fui em um em Paris!!!
Adoraria ter amigas para um café, mas acredita que nenhuma das minhas amigas ou cobnhecidas bebe café ou chá??? As vezes até rola um chocolate quente no inverno, mas é raro, nessa era de dietas!!!