segunda-feira, janeiro 22, 2007

Quem é você?



Hoje estava lendo um texto da Martha Medeiros e fiquei inspirada (não é pra menos, ela escreve muito bem). Pois nesse texto ela dizia que a gente é o que a gente gosta. E sabe que é isso mesmo? Eu seria algo assim:


Sou um dia de primavera. Ou um dia de inverno com sol e, de preferência, neve. Mas decididamente, não sou um dia de verão (odeio o calor escaldante). Sou instável, hoje chovo, amanhã faço sol.

Sou Clarice, sou Caio. Sou Fernando Pessoa. Sou os poetas metafísicos. Sou e.e.cummings. Woody Allen e Ingmar Bergman. Sou Paulo Leminski. Sou Nick Hornby e Chic Lit também. Na música, sou Brit Pop, sempre.

Sou chocolate suíço. Sou mousse de maracujá. Sou pão de queijo com café recém-passado. Baguette, croissant, pain au chocolat...Sou amante da boa mesa. E dos bons vinhos, não necessariamente franceses.

Sou cheesecake de limão. Sou pizza de catupiri com chopp gelado. No churrasco, sou a linguicinha e a farofa. Acompanhadas de guaraná (ou cerveja). Sou moqueca de peixe. Sou bobó de camarão. Bolo de fubá, feijão tropeiro e tutu à mineira.

Sou livros. Dicionários. Filmes, muitos filmes. Guias de viagem e revistas. Manuais de tarô e astrologia. Gatos. Sou Internet. Sou girassól e sou Van Gogh. Sou Matisse. Sou Pierre Bonnard.

Sou o azul do céu, o laranja e o amarelo. Mas também sou preto e tons de cinza quando chove dentro de mim. Sou humana, sou todas as cores. Sou montanha, sou cachoeira. Sou caminhadas na praia (nostalgia). Sou cheiro de mato.

Sou Amsterdã. Sou Paris e Londres. Sou as Terras Altas da Escócia. O Lake District na Inglaterra (foto). No Brasil, sou Ouro Preto e Visconde de Mauá. Sou São Paulo capital, sou metrópole. Sou o pôr-do-sol em Ipanema. Sou o Jardim Botânico.

Sou louca, sou paradoxal. Sou eu mesma! E agora passo a vez para vocês. Façam suas listinhas e divirtam-se.

6 comentários:

Arnild disse...

Beth,

Ler Martha lava a alma! Adorei o post, vou pensar quem sou eu...acabei de ser duas unidades de sonho do C1000, hahahahahaha!!!
besos e até amanhã!

Eu não sei, você sabe? disse...

Sou vermelha, sou tomate. Sou dias de sol de verão com ar condicionado ligado bem forte, ou um dia de sol outonal. Sou só sorrisos, com barulho de gargalhada.
Sou uma receita de prozac, sou só ansiedade e nasci com uma forte vocação de ser feliz, sempre.
beijos Bethinha!

Anônimo disse...

Isso me lembra um pouco a Gita do Raul Seixas! Mas legal a sua lista, pena estar com zero de inspiração para fazer uma. Abs, Marcia

La Belle® disse...

Sou pintada, bem pintada, mas transparente, e essa é minha marca registrada - fazer o quê? Me dizem que sou cupida, mas às vezes erro as flechadas. Ansiosa, desligada, falo um monte de bobagens e ao mesmo tempo muitas verdades que doem quando não esperam que eu as diga... Acima de todos os problemas, me considero muito feliz e busco sorrisos diários para que as energias ruins passem bem longe de mim. Um beijão Bethinha! ** Estreando no seu blog cor de rosa**

Bebete Indarte disse...

Amei....nessa você se superou, fiquei viajando voando naquela paisagem, e pensando em quem sou eu e o que gosto.
Mas o problema que o que gosto, tá estranho pra mim agora.
Tudo que gosto, são coisas que estão no freezer por enquanto.
Tô numa fase lagarta.
Mas a primavera tá vindo ai.

Parabéns "inspirerend" que nem se fala os holandês esse texto.

Mrs C disse...

Que delicia de texto, vou tentar fazer o meu e te passo, adorei esse jeito de se conhecer!
bjsssssss

Tecnologia do Blogger.

Quem é você?



Hoje estava lendo um texto da Martha Medeiros e fiquei inspirada (não é pra menos, ela escreve muito bem). Pois nesse texto ela dizia que a gente é o que a gente gosta. E sabe que é isso mesmo? Eu seria algo assim:


Sou um dia de primavera. Ou um dia de inverno com sol e, de preferência, neve. Mas decididamente, não sou um dia de verão (odeio o calor escaldante). Sou instável, hoje chovo, amanhã faço sol.

Sou Clarice, sou Caio. Sou Fernando Pessoa. Sou os poetas metafísicos. Sou e.e.cummings. Woody Allen e Ingmar Bergman. Sou Paulo Leminski. Sou Nick Hornby e Chic Lit também. Na música, sou Brit Pop, sempre.

Sou chocolate suíço. Sou mousse de maracujá. Sou pão de queijo com café recém-passado. Baguette, croissant, pain au chocolat...Sou amante da boa mesa. E dos bons vinhos, não necessariamente franceses.

Sou cheesecake de limão. Sou pizza de catupiri com chopp gelado. No churrasco, sou a linguicinha e a farofa. Acompanhadas de guaraná (ou cerveja). Sou moqueca de peixe. Sou bobó de camarão. Bolo de fubá, feijão tropeiro e tutu à mineira.

Sou livros. Dicionários. Filmes, muitos filmes. Guias de viagem e revistas. Manuais de tarô e astrologia. Gatos. Sou Internet. Sou girassól e sou Van Gogh. Sou Matisse. Sou Pierre Bonnard.

Sou o azul do céu, o laranja e o amarelo. Mas também sou preto e tons de cinza quando chove dentro de mim. Sou humana, sou todas as cores. Sou montanha, sou cachoeira. Sou caminhadas na praia (nostalgia). Sou cheiro de mato.

Sou Amsterdã. Sou Paris e Londres. Sou as Terras Altas da Escócia. O Lake District na Inglaterra (foto). No Brasil, sou Ouro Preto e Visconde de Mauá. Sou São Paulo capital, sou metrópole. Sou o pôr-do-sol em Ipanema. Sou o Jardim Botânico.

Sou louca, sou paradoxal. Sou eu mesma! E agora passo a vez para vocês. Façam suas listinhas e divirtam-se.

6 comentários:

Arnild disse...

Beth,

Ler Martha lava a alma! Adorei o post, vou pensar quem sou eu...acabei de ser duas unidades de sonho do C1000, hahahahahaha!!!
besos e até amanhã!

Eu não sei, você sabe? disse...

Sou vermelha, sou tomate. Sou dias de sol de verão com ar condicionado ligado bem forte, ou um dia de sol outonal. Sou só sorrisos, com barulho de gargalhada.
Sou uma receita de prozac, sou só ansiedade e nasci com uma forte vocação de ser feliz, sempre.
beijos Bethinha!

Anônimo disse...

Isso me lembra um pouco a Gita do Raul Seixas! Mas legal a sua lista, pena estar com zero de inspiração para fazer uma. Abs, Marcia

La Belle® disse...

Sou pintada, bem pintada, mas transparente, e essa é minha marca registrada - fazer o quê? Me dizem que sou cupida, mas às vezes erro as flechadas. Ansiosa, desligada, falo um monte de bobagens e ao mesmo tempo muitas verdades que doem quando não esperam que eu as diga... Acima de todos os problemas, me considero muito feliz e busco sorrisos diários para que as energias ruins passem bem longe de mim. Um beijão Bethinha! ** Estreando no seu blog cor de rosa**

Bebete Indarte disse...

Amei....nessa você se superou, fiquei viajando voando naquela paisagem, e pensando em quem sou eu e o que gosto.
Mas o problema que o que gosto, tá estranho pra mim agora.
Tudo que gosto, são coisas que estão no freezer por enquanto.
Tô numa fase lagarta.
Mas a primavera tá vindo ai.

Parabéns "inspirerend" que nem se fala os holandês esse texto.

Mrs C disse...

Que delicia de texto, vou tentar fazer o meu e te passo, adorei esse jeito de se conhecer!
bjsssssss