terça-feira, janeiro 02, 2007

Adeus ano velho

Apesar do mundo enlouquecido ao meu redor, também desejo um 2007 com muita paz, amor e saúde para todos nós. E tem mais, acredito que 2007 será um ano melhor para mim. Será melhor porque 2006 foi melhor do que 2005. E porque nos últimos tempos, tenho a nítida sensação de estar novamente tomando as rédeas da minha vida - sinto estar voltando para casa, depois de um longo e tenebroso inverno, uma sensação inigualável.

Quanto às resoluções de ano novo, entra ano, sai ano e as pessoas fazem sempre as mesmas promessas para si mesmas. Todo ano elas irão emagrecer, parar de fumar, voltar pra academia, etc etc etc. Não me entendam mal, é fundamental termos metas e objetivos na vida mas acredito que não é preciso decretar uma data no calendário para mudar a vida. Porque nós mudamos a cada dia, a cada semana, a cada mês...a vida da gente não muda da noite para o dia com a virada do ano, nem nossos problemas desaparecem subitamente.

A verdade é que, mais cedo ou mais tarde, colhemos os frutos do que plantamos. E no final das contas, quando realmente queremos algo (e se a intenção for boa) o universo conspira a nosso favor. Por falar em universo, informo aos desavisados que o regente de 2007 é Júpiter - que na astrologia representa, entre outras coisas, estudos, expansão pessoal e espiritualidade. Mais uma oportunidade para aprofundarmos nossa vida espiritual e descobrirmos que a felicidade está dentro de nós mesmos (e juro que não estou falando isso só porque é ano novo).

3 comentários:

Arnild disse...

Beth,

A cada dia seu blog fica mais bonito! Suas escolhas para as ilustrações muito me agradam;-))

Meu lema de vida é não acertar previamente quase nada. Sou inimiga de agendas, 'afispraques' e outras leréias do gênero. Tento me manter no aqui e agora, no que é atual e fazendo aquilo que considero certo, mesmo quando muitos consideram errado. Em suma, eu sambo para o mainstream!

Que a gente possa se encontrar mais em 2007. Não é uma meta, mais um desejo coberto de boas intenções!

beijinho,
Arnild

Anônimo disse...

Mudanças são lentas, é verdade... Muita gente precisa de datas - reveillon, aniversário... - para se obrigar a pensar na vida. Muita gente precisa desses marcos para tomar consciência da passagem do tempo porque o dia-a-dia é corrido e a superficialidade impera. O que eu condeno no mundo atual é que a lentidão é vista sempre sob um prisma negativo; as pessoas cobram sempre mudanças rápidas e ignoram que cada um tem um ritmo diferente. Uns mudam rápido, outros mais vagarosamente, mas nem por isso uns são melhores do que os outros por causa disso. O que vale mesmo é a disponibilidade para evoluir, seja no ritmo que for. Eu me lembro bem do Pedro falando disso numa outra ocasião...
Beijos da Ana Amélia

Ju Pintadinha. disse...

Bethinha!
Adorei seu texto e muito me intrigou essa informação sobre planeta regente e afins... Como boa pisciana, adoro esses assuntos!!!
FELIZ ANO NOVO prá vc e **beijos transatlânticos** !!!!

Tecnologia do Blogger.

Adeus ano velho

Apesar do mundo enlouquecido ao meu redor, também desejo um 2007 com muita paz, amor e saúde para todos nós. E tem mais, acredito que 2007 será um ano melhor para mim. Será melhor porque 2006 foi melhor do que 2005. E porque nos últimos tempos, tenho a nítida sensação de estar novamente tomando as rédeas da minha vida - sinto estar voltando para casa, depois de um longo e tenebroso inverno, uma sensação inigualável.

Quanto às resoluções de ano novo, entra ano, sai ano e as pessoas fazem sempre as mesmas promessas para si mesmas. Todo ano elas irão emagrecer, parar de fumar, voltar pra academia, etc etc etc. Não me entendam mal, é fundamental termos metas e objetivos na vida mas acredito que não é preciso decretar uma data no calendário para mudar a vida. Porque nós mudamos a cada dia, a cada semana, a cada mês...a vida da gente não muda da noite para o dia com a virada do ano, nem nossos problemas desaparecem subitamente.

A verdade é que, mais cedo ou mais tarde, colhemos os frutos do que plantamos. E no final das contas, quando realmente queremos algo (e se a intenção for boa) o universo conspira a nosso favor. Por falar em universo, informo aos desavisados que o regente de 2007 é Júpiter - que na astrologia representa, entre outras coisas, estudos, expansão pessoal e espiritualidade. Mais uma oportunidade para aprofundarmos nossa vida espiritual e descobrirmos que a felicidade está dentro de nós mesmos (e juro que não estou falando isso só porque é ano novo).

3 comentários:

Arnild disse...

Beth,

A cada dia seu blog fica mais bonito! Suas escolhas para as ilustrações muito me agradam;-))

Meu lema de vida é não acertar previamente quase nada. Sou inimiga de agendas, 'afispraques' e outras leréias do gênero. Tento me manter no aqui e agora, no que é atual e fazendo aquilo que considero certo, mesmo quando muitos consideram errado. Em suma, eu sambo para o mainstream!

Que a gente possa se encontrar mais em 2007. Não é uma meta, mais um desejo coberto de boas intenções!

beijinho,
Arnild

Anônimo disse...

Mudanças são lentas, é verdade... Muita gente precisa de datas - reveillon, aniversário... - para se obrigar a pensar na vida. Muita gente precisa desses marcos para tomar consciência da passagem do tempo porque o dia-a-dia é corrido e a superficialidade impera. O que eu condeno no mundo atual é que a lentidão é vista sempre sob um prisma negativo; as pessoas cobram sempre mudanças rápidas e ignoram que cada um tem um ritmo diferente. Uns mudam rápido, outros mais vagarosamente, mas nem por isso uns são melhores do que os outros por causa disso. O que vale mesmo é a disponibilidade para evoluir, seja no ritmo que for. Eu me lembro bem do Pedro falando disso numa outra ocasião...
Beijos da Ana Amélia

Ju Pintadinha. disse...

Bethinha!
Adorei seu texto e muito me intrigou essa informação sobre planeta regente e afins... Como boa pisciana, adoro esses assuntos!!!
FELIZ ANO NOVO prá vc e **beijos transatlânticos** !!!!