segunda-feira, setembro 29, 2008

Deixa pra lá

A história da minha vida. Levanta, cai. Levanta, cai. Quando resolvo um problema, aparece outro. Porque a vida é fértil em nos presentear com coisas boas e coisas ruins. E se for pensar bem, quase que diariamente (a gente é que não percebe). E claro, quando a gente menos espera. A vida emocional vai bem, a vida profissional está um caos. A vida profissional está encaminhada e a gente sozinha(o), sonhando com um companheiro. Eu não sei de vocês mas na minha vida desde que me conheço por gente sempre foi assim. Quando tem uma coisa, falta outra. Tem tempo, falta dinheiro. Tem dinheiro, falta tempo. Ou falta saúde (o que é muito, mas muito pior). Tem amor, falta o resto. Tem o resto, falta amor. Pensando bem, essencial só mesmo o amor (mas a gente tem de pagar as contas) então vou calar a minha boca.

Só sei que a semana passada foi péssima, uma grana com a qual eu estava contando simplesmente não entrou (nem vai entrar) na minha conta e a consequência é que tive de cancelar um fim-de-semana em Paris. Uma viagem com a qual sonhava há tempos, três noites com a minha companhia favorita na minha cidade favorita. Fiquei muito triste mas como bem disse F.: Paris vai continuar exatamente onde está, onde sempre esteve, resolve a tua vida que outra hora a gente vai lá...E nem vou falar nas contas atrasadas...Tem dias em que páro pra pensar na minha vida depois de 14 anos na Europa - todo mundo no Brasil insistindo em achar que isso aqui é o paraíso, doce ilusão - e inevitavelmente bate aquela depressão... Então é melhor não pensar. A melhor opção atualmente é nadar e esperar a crise passar. Porque tudo passa, né?

Pra frente é que se anda, não adianta chorar o leite derramado, não deixa a peteca cair, blablablá. A verdade é que tem dias que...deixa pra lá. E assim vamos vivendo, uns dias mais, outros menos. Um dia a gente ri, no outro chora. Tudo em prol do crescimento espiritual. Porque um dia a ficha cai e a gente aprende, mas enquanto isso não acontece...a gente sofre. E muito.


PS.: E dizer que tive um fim-de-semana super relax, com direito à praia, cinema com pipoca e tudo mais. Mas foi só acordar segunda-feira na casa do namorado pra cair na real. Wake up, baby. Life is out there and it is waiting for you.

3 comentários:

Anônimo disse...

"Life is out there and it is waiting for you."
And so am I, babe... ;-)

X!

Antonio Da Vida disse...

Adorei seu post... um mini relato da vida como ela é.
Mas F está certo: Paris vai estar sempre lá, esta é uma preocupação que você não precisa. :-)
XXX

Isabella disse...

Oi Beth, ypu will always have Paris ; )

E é assim tam como vc descreveu. Um dia tô aqui casada, no outro não estou mais... mas também um dia não era mãe e 9 mesese dpois fui e uma das melhores coisas da vida!

Bola pra frente que a fila anda : )

beijão

Tecnologia do Blogger.

Deixa pra lá

A história da minha vida. Levanta, cai. Levanta, cai. Quando resolvo um problema, aparece outro. Porque a vida é fértil em nos presentear com coisas boas e coisas ruins. E se for pensar bem, quase que diariamente (a gente é que não percebe). E claro, quando a gente menos espera. A vida emocional vai bem, a vida profissional está um caos. A vida profissional está encaminhada e a gente sozinha(o), sonhando com um companheiro. Eu não sei de vocês mas na minha vida desde que me conheço por gente sempre foi assim. Quando tem uma coisa, falta outra. Tem tempo, falta dinheiro. Tem dinheiro, falta tempo. Ou falta saúde (o que é muito, mas muito pior). Tem amor, falta o resto. Tem o resto, falta amor. Pensando bem, essencial só mesmo o amor (mas a gente tem de pagar as contas) então vou calar a minha boca.

Só sei que a semana passada foi péssima, uma grana com a qual eu estava contando simplesmente não entrou (nem vai entrar) na minha conta e a consequência é que tive de cancelar um fim-de-semana em Paris. Uma viagem com a qual sonhava há tempos, três noites com a minha companhia favorita na minha cidade favorita. Fiquei muito triste mas como bem disse F.: Paris vai continuar exatamente onde está, onde sempre esteve, resolve a tua vida que outra hora a gente vai lá...E nem vou falar nas contas atrasadas...Tem dias em que páro pra pensar na minha vida depois de 14 anos na Europa - todo mundo no Brasil insistindo em achar que isso aqui é o paraíso, doce ilusão - e inevitavelmente bate aquela depressão... Então é melhor não pensar. A melhor opção atualmente é nadar e esperar a crise passar. Porque tudo passa, né?

Pra frente é que se anda, não adianta chorar o leite derramado, não deixa a peteca cair, blablablá. A verdade é que tem dias que...deixa pra lá. E assim vamos vivendo, uns dias mais, outros menos. Um dia a gente ri, no outro chora. Tudo em prol do crescimento espiritual. Porque um dia a ficha cai e a gente aprende, mas enquanto isso não acontece...a gente sofre. E muito.


PS.: E dizer que tive um fim-de-semana super relax, com direito à praia, cinema com pipoca e tudo mais. Mas foi só acordar segunda-feira na casa do namorado pra cair na real. Wake up, baby. Life is out there and it is waiting for you.

3 comentários:

Anônimo disse...

"Life is out there and it is waiting for you."
And so am I, babe... ;-)

X!

Antonio Da Vida disse...

Adorei seu post... um mini relato da vida como ela é.
Mas F está certo: Paris vai estar sempre lá, esta é uma preocupação que você não precisa. :-)
XXX

Isabella disse...

Oi Beth, ypu will always have Paris ; )

E é assim tam como vc descreveu. Um dia tô aqui casada, no outro não estou mais... mas também um dia não era mãe e 9 mesese dpois fui e uma das melhores coisas da vida!

Bola pra frente que a fila anda : )

beijão