quinta-feira, setembro 25, 2008

Juno, again.

Ontem à noite revi o filme Juno e gostei ainda mais do que da primeira vez. Um pequeno grande filme, sem maiores pretensões. E a protagonista é realmente one in a million. Way to Go, Girl! Aproveito para postar aqui uma das minhas cenas favoritas, entre muitas outras:

Juno: I'm losing my faith in humanity.
Dad: Think you can narrow it down for me?
Juno: I guess I wonder sometimes if people ever stay together for good.
Dad: You mean like couples?
Juno: Yeah, like people in love.
Dad: Are you having boy troubles? I gotta be honest; I don't much approve of dating in your condition, 'cause well... that's kind of messed up.
Juno: Dad, no!
Dad: Well, it's kind of skanky. Isn't that what you girls call it? Skanky? Skeevy?
Juno: Please stop now.
Dad: [persisting] Tore up from the floor up?
Juno: Dad, it's not about that. I just need to know if it's possible for two people to stay happy together forever, or at least for a few years.
Dad: It's not easy, that's for sure. Now, I may not have the best track record in the world, but I have been with your stepmother for 10 years now and I'm proud to say that we're very happy.
Dad: In my opinion, the best thing you can do is find a person who loves you for exactly what you are. Good mood, bad mood, ugly, pretty, handsome, what have you, the right person will still think the sun shines out your ass. That's the kind of person that's worth sticking with.
Juno: I sort of already have.
Dad: Well, of course! You're old D-A-D! You know I'll always be there to love and support you no matter what kind of pickle you're in... Obviously [nods to her belly]
Juno: I need to go out somewhere just for a little while. I don't have any homework and I swear I'll be back by ten.
Dad: You were talking about me right?

Dedicated to F.

5 comentários:

Isabella disse...

Nossa Beth esse filme me decepcionou tanto! Achei a mensagem tão simplista: adolescente grávida de um bocó mas menina resolvida resolve não abortar pra uma louca adotar o bebê...

Imagine se todas as adolescetes começarem a pensar assim?

bjs

Marcia disse...

Eu concordo com a Isabella, não gostei nem um pouquinho da mensagem e tampouco do final do filme! Não vou entrar em detalhes para não botar spoilers, mas sei lá, o filme também me decepcionou, apesar dos bons diálogos, algumas cenas interessantes, e de Ellen Page ser ótima.
Mas gosto de ler suas resenhas sobre filmes e livros.
Abs,

Lilly disse...

Beth,
eu chorei muito nessa cena e agora relendo o diálogo (que eu tb mencionei em algum post meu), lágrimas vieram aos olhos. Estou separada há 6 meses e quero muito acreditar que é possível reencontrar o amor. Creio que qq pessoa na minha situação e que vc provavelmente já passou, emociona-se muito nessa cena...

kalina morena disse...

Beth
eh a primeira que entro no seu blog. geralmente na primeira visita procuro ver quem eh a pessoa e saber de onde ela eh e um bocadim sobre suas ideias.
eu tava nesse minuto achando que tava fugindo de voce e grudada nos filmes que voce viu, mas nao nao nao. acho que to conhecendo bastante de voce pelo filmes que voce aprecia e como os ve.
parabens pelos textos e obrigada por compartilhar suas ideias.
Kalina

Nadja disse...

Na verdade eu AMOOOOO este filme! Não achei que tinha mensagem, como foi falado ... e o que ele me passou foi algo muito mais além. Foi simples, bonitinho... que a vida continua, independente de nossas decisões e ações... o tempo não para porque nós queremos.
E a trilha sonora é algo que até hoje eu sou apaixonada!!!!

Tecnologia do Blogger.

Juno, again.

Ontem à noite revi o filme Juno e gostei ainda mais do que da primeira vez. Um pequeno grande filme, sem maiores pretensões. E a protagonista é realmente one in a million. Way to Go, Girl! Aproveito para postar aqui uma das minhas cenas favoritas, entre muitas outras:

Juno: I'm losing my faith in humanity.
Dad: Think you can narrow it down for me?
Juno: I guess I wonder sometimes if people ever stay together for good.
Dad: You mean like couples?
Juno: Yeah, like people in love.
Dad: Are you having boy troubles? I gotta be honest; I don't much approve of dating in your condition, 'cause well... that's kind of messed up.
Juno: Dad, no!
Dad: Well, it's kind of skanky. Isn't that what you girls call it? Skanky? Skeevy?
Juno: Please stop now.
Dad: [persisting] Tore up from the floor up?
Juno: Dad, it's not about that. I just need to know if it's possible for two people to stay happy together forever, or at least for a few years.
Dad: It's not easy, that's for sure. Now, I may not have the best track record in the world, but I have been with your stepmother for 10 years now and I'm proud to say that we're very happy.
Dad: In my opinion, the best thing you can do is find a person who loves you for exactly what you are. Good mood, bad mood, ugly, pretty, handsome, what have you, the right person will still think the sun shines out your ass. That's the kind of person that's worth sticking with.
Juno: I sort of already have.
Dad: Well, of course! You're old D-A-D! You know I'll always be there to love and support you no matter what kind of pickle you're in... Obviously [nods to her belly]
Juno: I need to go out somewhere just for a little while. I don't have any homework and I swear I'll be back by ten.
Dad: You were talking about me right?

Dedicated to F.

5 comentários:

Isabella disse...

Nossa Beth esse filme me decepcionou tanto! Achei a mensagem tão simplista: adolescente grávida de um bocó mas menina resolvida resolve não abortar pra uma louca adotar o bebê...

Imagine se todas as adolescetes começarem a pensar assim?

bjs

Marcia disse...

Eu concordo com a Isabella, não gostei nem um pouquinho da mensagem e tampouco do final do filme! Não vou entrar em detalhes para não botar spoilers, mas sei lá, o filme também me decepcionou, apesar dos bons diálogos, algumas cenas interessantes, e de Ellen Page ser ótima.
Mas gosto de ler suas resenhas sobre filmes e livros.
Abs,

Lilly disse...

Beth,
eu chorei muito nessa cena e agora relendo o diálogo (que eu tb mencionei em algum post meu), lágrimas vieram aos olhos. Estou separada há 6 meses e quero muito acreditar que é possível reencontrar o amor. Creio que qq pessoa na minha situação e que vc provavelmente já passou, emociona-se muito nessa cena...

kalina morena disse...

Beth
eh a primeira que entro no seu blog. geralmente na primeira visita procuro ver quem eh a pessoa e saber de onde ela eh e um bocadim sobre suas ideias.
eu tava nesse minuto achando que tava fugindo de voce e grudada nos filmes que voce viu, mas nao nao nao. acho que to conhecendo bastante de voce pelo filmes que voce aprecia e como os ve.
parabens pelos textos e obrigada por compartilhar suas ideias.
Kalina

Nadja disse...

Na verdade eu AMOOOOO este filme! Não achei que tinha mensagem, como foi falado ... e o que ele me passou foi algo muito mais além. Foi simples, bonitinho... que a vida continua, independente de nossas decisões e ações... o tempo não para porque nós queremos.
E a trilha sonora é algo que até hoje eu sou apaixonada!!!!