segunda-feira, setembro 27, 2010

Dor de cotovelo


Não se iludam, não me refiro a dor de cotovelo tão cantada nas músicas de amor. Me refiro à dor de cotovelo propriamente dita, infelizmente...Ela veio de súbito, quinta ou sexta passada e me surpreendeu. É sempre assim: o corpo humano é mágico, funciona que é uma beleza...até o dia em que decide pifar!!! E aí a gente passa a valorizar a saúde e fica boquiaberto ao refletir sobre o milagre que é o nosso corpo.

Porque a gente só dá valor ao que não tem, parece defeito de fábrica de todo ser humano. Estava tudo bem até que a dor chegou e fui novamente obrigada a parar para repousar. Pelo que li na net, trata-se de uma inflamação dos tendões (tendinite), que ocorre após anos de uso excessivo (overuse) de determinados tendões. Outro nome conhecido é cotovelo de tenista, embora a maioria das pessoas que sofrem deste mal nunca tenham pego uma raquete de tênis na mão! A causa principal são movimentos repetitivos como clicar no mouse, digitar, etc. Também conhecido por aí como RSI (Repetitive Stress Injury). Enfim, um mal do século, caros amigos.

F. como pessoa extremamente prática que é, chegou aqui em casa e já foi logo mudando o mouse de lado. O que significa que agora uso a mão esquerda pra clicar no mouse e digito com as duas mãos, como sempre fiz. Como tudo é uma questão de hábito, ainda estou me acostumando a esta mudança. Mas é a primeira medida a ser tomada mesmo.

Estou tomando analgésicos e anti-inflamatório pra dor, porque subitamente não consigo mais executar aquelas tarefas básicas do dia-a-dia como levantar uma sacola de compras com a mão direita, lavar e pentear os cabelos, etc. Vou esperar uma semana até encarar o médico...que provavelmente recomendará algum tipo de fisioterapia.

Mas este post é só pra dizer que vou pegar mais leve no blog...e certamente no Tumblr - que desconfio ser o grande culpado nesta estória!!! Nos últimos tempos tenho passado horas a fio só clicando em imagens...clica. próxima imagem. clica. próxima imagem. clica. É bem verdade que eu uso o computador (e o mouse) há mais de 20 anos mas o Tumblr só serviu pra agravar o caso.



PS. Se alguém aí tiver experiência ou dicas sobre o problema, por favor escreva aqui.

9 comentários:

Anita disse...

Teve uma epoca emm 1996 que tive algo parecido. Tinha que escrever horas e horas por dia, e teve uma hora que nao deu mais. O braco paralisou. Me deu dor ate no ombro e pescoco. Nao conseguia segurar uma colher para cozinhar, fazer escova no cabelo, pegar um sabonete no chao... ate pendurar uma bolsa do ombro me doia. Fui ao medico que me aceitou analgesicos e fazer atividades fisicas para os bracos, ombros e cintura. Em casa mesmo, contra a parede e/ou janela. Melhorei 100% e nunca mais tive nada. Pra quem achar que 'e piada, na epoca eu soube lendo uma revista que a Gloria Pires tinha tido algo parecido e se curou assim, com exercicios para os bracos no peitoral da parede de casa - mas no caso dela tinha personal trainer, claro ne ?

Suziley disse...

Desejo melhoras Beth. Um grande abraço, boa semana :)

Lilly disse...

Eu ando com essa sensação, de que o corpo vai pifando aos poucos. Não somente em relação a mim mas 'as pessoas que conheço também... por isso tenho procurado criar hábitos saudáveis nos meus filhos desde já...
Beijos!

Eve disse...

Estou com problema semelhante no pulso direito. Mas, vê se eu consigo parar? Que nada.
Melhoras para vc!

Bjs!

Beth Blue disse...

Lilly...ando pensando exatamente o mesmo! Os anos passam e o corpo vai pifando aqui, depois ali. Eu completo 45 anos em dezembro (e espero que ninguém leia este comentário porque é segredo de estado, rsrsrs).

Ano passado foi a hérnia de disco que surgiu do nada, agora o cotovelo, sem falar que a memória já falha há tempos!!! É duro ficar velha, viu...ainda bem que todo mundo à minha volta também envelhece junto, hehehe.

Pat Ferret disse...

Eu, de repente, comecei a enxergar mal de perto. O oftalmologista fez o exame e, sabe qual foi o diagnóstico? IDADE. Rsrsrs O que frustra é essa sensação de que o meu corpo está pifando em razão diametralmente oposta à evolução do meu espírito. Há TANTO que eu quero fazer, mas... e a preguiçaaaaa?...

Anônimo disse...

O B teve Tennisarm e qdo foi ao médico a resposta foi: Espera que passa, mas se tiver muita dor pode tomar analgésico.
Ele aprendeu a (con)viver com a dor que, se não me engano, durou 1 ano.

Melhoras. Beijuuuuuuuus,L

tania freitas disse...

Bom, mas, já que os tiltes físicos são inevitáveis, melhor essa dor de cotovelo do que a outra!

Tomara que passe logo!

Beijão

Albuq disse...

Oi Beth!

Espero que você fique bem logo, viu?!
Vê só, eu tive um problema semelhante no pulso, por conta de movimentos repetitivos, aliás sempre tenho, pq vivo nesse pc, mas, qdo o meu problema se agravou, fiz um tratamento a base de medicação e fisioterapia, me deixou muito bem, mas, sempre sinto uma dorzinha aqui ou acolá, daí recorro a um imobilizador que é o que faz parar realmente.

Espero que tudo vá se encaixando viu! bjs

Tecnologia do Blogger.

Dor de cotovelo


Não se iludam, não me refiro a dor de cotovelo tão cantada nas músicas de amor. Me refiro à dor de cotovelo propriamente dita, infelizmente...Ela veio de súbito, quinta ou sexta passada e me surpreendeu. É sempre assim: o corpo humano é mágico, funciona que é uma beleza...até o dia em que decide pifar!!! E aí a gente passa a valorizar a saúde e fica boquiaberto ao refletir sobre o milagre que é o nosso corpo.

Porque a gente só dá valor ao que não tem, parece defeito de fábrica de todo ser humano. Estava tudo bem até que a dor chegou e fui novamente obrigada a parar para repousar. Pelo que li na net, trata-se de uma inflamação dos tendões (tendinite), que ocorre após anos de uso excessivo (overuse) de determinados tendões. Outro nome conhecido é cotovelo de tenista, embora a maioria das pessoas que sofrem deste mal nunca tenham pego uma raquete de tênis na mão! A causa principal são movimentos repetitivos como clicar no mouse, digitar, etc. Também conhecido por aí como RSI (Repetitive Stress Injury). Enfim, um mal do século, caros amigos.

F. como pessoa extremamente prática que é, chegou aqui em casa e já foi logo mudando o mouse de lado. O que significa que agora uso a mão esquerda pra clicar no mouse e digito com as duas mãos, como sempre fiz. Como tudo é uma questão de hábito, ainda estou me acostumando a esta mudança. Mas é a primeira medida a ser tomada mesmo.

Estou tomando analgésicos e anti-inflamatório pra dor, porque subitamente não consigo mais executar aquelas tarefas básicas do dia-a-dia como levantar uma sacola de compras com a mão direita, lavar e pentear os cabelos, etc. Vou esperar uma semana até encarar o médico...que provavelmente recomendará algum tipo de fisioterapia.

Mas este post é só pra dizer que vou pegar mais leve no blog...e certamente no Tumblr - que desconfio ser o grande culpado nesta estória!!! Nos últimos tempos tenho passado horas a fio só clicando em imagens...clica. próxima imagem. clica. próxima imagem. clica. É bem verdade que eu uso o computador (e o mouse) há mais de 20 anos mas o Tumblr só serviu pra agravar o caso.



PS. Se alguém aí tiver experiência ou dicas sobre o problema, por favor escreva aqui.

9 comentários:

Anita disse...

Teve uma epoca emm 1996 que tive algo parecido. Tinha que escrever horas e horas por dia, e teve uma hora que nao deu mais. O braco paralisou. Me deu dor ate no ombro e pescoco. Nao conseguia segurar uma colher para cozinhar, fazer escova no cabelo, pegar um sabonete no chao... ate pendurar uma bolsa do ombro me doia. Fui ao medico que me aceitou analgesicos e fazer atividades fisicas para os bracos, ombros e cintura. Em casa mesmo, contra a parede e/ou janela. Melhorei 100% e nunca mais tive nada. Pra quem achar que 'e piada, na epoca eu soube lendo uma revista que a Gloria Pires tinha tido algo parecido e se curou assim, com exercicios para os bracos no peitoral da parede de casa - mas no caso dela tinha personal trainer, claro ne ?

Suziley disse...

Desejo melhoras Beth. Um grande abraço, boa semana :)

Lilly disse...

Eu ando com essa sensação, de que o corpo vai pifando aos poucos. Não somente em relação a mim mas 'as pessoas que conheço também... por isso tenho procurado criar hábitos saudáveis nos meus filhos desde já...
Beijos!

Eve disse...

Estou com problema semelhante no pulso direito. Mas, vê se eu consigo parar? Que nada.
Melhoras para vc!

Bjs!

Beth Blue disse...

Lilly...ando pensando exatamente o mesmo! Os anos passam e o corpo vai pifando aqui, depois ali. Eu completo 45 anos em dezembro (e espero que ninguém leia este comentário porque é segredo de estado, rsrsrs).

Ano passado foi a hérnia de disco que surgiu do nada, agora o cotovelo, sem falar que a memória já falha há tempos!!! É duro ficar velha, viu...ainda bem que todo mundo à minha volta também envelhece junto, hehehe.

Pat Ferret disse...

Eu, de repente, comecei a enxergar mal de perto. O oftalmologista fez o exame e, sabe qual foi o diagnóstico? IDADE. Rsrsrs O que frustra é essa sensação de que o meu corpo está pifando em razão diametralmente oposta à evolução do meu espírito. Há TANTO que eu quero fazer, mas... e a preguiçaaaaa?...

Anônimo disse...

O B teve Tennisarm e qdo foi ao médico a resposta foi: Espera que passa, mas se tiver muita dor pode tomar analgésico.
Ele aprendeu a (con)viver com a dor que, se não me engano, durou 1 ano.

Melhoras. Beijuuuuuuuus,L

tania freitas disse...

Bom, mas, já que os tiltes físicos são inevitáveis, melhor essa dor de cotovelo do que a outra!

Tomara que passe logo!

Beijão

Albuq disse...

Oi Beth!

Espero que você fique bem logo, viu?!
Vê só, eu tive um problema semelhante no pulso, por conta de movimentos repetitivos, aliás sempre tenho, pq vivo nesse pc, mas, qdo o meu problema se agravou, fiz um tratamento a base de medicação e fisioterapia, me deixou muito bem, mas, sempre sinto uma dorzinha aqui ou acolá, daí recorro a um imobilizador que é o que faz parar realmente.

Espero que tudo vá se encaixando viu! bjs