sexta-feira, setembro 10, 2010

Tem coisa mais desmoralizante?

Depois de ter parado quase 9 meses, ontem voltei à fisioterapia (com aparelhos de musculação). Parei em janeiro e como uma coisa puxa a outra, nunca mais voltei (sem falar que o inverno rigoroso deste ano me deu a desculpa perfeita pra não sair de casa). Depois disso, a grande desculpa foi o estágio, afinal eu corria pra lá e pra cá a semana inteira! Por um ou outro motivo, também nadei muito menos neste verão do que no verão passado. E não, não me orgulho de nada disso.

Mas cá entre nós. Tem coisa mais desmoralizante do que ter de começar tudo de novo? Tem coisa mais desmoralizante do que finalmente, depois de anos, conseguir perder peso só pra ganhar tudo de novo depois? Tudo de novo outra vez. São aquelas pequenas grandes derrotas da vida que nos tiram o ânimo e nos causam um desconforto (quase) indescritível. Por não sermos melhores, por não termos mais disciplina. Enfim, por falharmos mais uma vez.

Eu acredito que a minha batalha seja muito comum a outras mulheres - e nem por isso ela é menos árdua. Pelo contrário, no meu caso é uma batalha pra vida inteira. Eu já comentei em alguns posts sobre reeducação alimentar porque não acredito em dietas. E talvez também tenha comentado (nem que por alto) que tenho problemas com comida sim. Em outras palavras, tenho um distúrbio alimentar. Ou seja, não é só uma questão de força de vontade e fechar a boca como muitos insistem em dizer. O que eu preciso mesmo é aprender a lidar com certas emoções nocivas em vez de me entupir de comida. Pronto, falei.

Na verdade, trata-se de um círculo vicioso. E se estar ciente de algo fosse o suficiente para resolver um problema, eu não teria mais problemas nesta vida!!! Felizmente - ou seria melhor dizer infelizmente - muita gente passa pelos mesmos dilemas. Por isso este desabafo...

A batalha continua, um dia de cada vez.




PS. Pra ser mais específica, me refiro a 12kgs. Eu tinha mudado para o manequim 46, comprado várias roupas novas...e agora não tenho (quase) mais nada pra usar!!!

15 comentários:

Fefa disse...

Beth, conheço bem essas batalhas ;-) É realmente para a vida inteira. Mas, reeducação é o melhor caminho. Eu engordei 25kg na Holanda (se bem que sempre fui sanfona, gordinha com momentos magros - prefiro pensar assim para nao vacilar) e sou compulsiva ;-) Trabalhei isso na terapia, faço umas coisas para segurar a onda, mas é um controle pra sempre. Eu comecei ha 2 meses um programa acompanhado de reeducacao e estou gostando. O lado ruim é que os resultados não são tão rápidos quanto gostaríamos, mas duram :-) Eu vou voltar a nadar (nadei minha vida toda) e vou comecar a fazer yoga. Malhava e muito e aqui, no inicio, tb! Mas agora, com fibromialgia e depois de uma longa fisio tb com aparelhos, vi q a melhor opcao vai ser a agua. Momentos de desânimos fazem parte! Mas, somos fortes e vamos conseguir :-D

"Tem coisa mais desmoralizante do que ter de começar tudo de novo? "

Tem! Desistir de vez ;-)

Beijo! E qq coisa, conte comigo!

Beth Blue disse...

Fefa, 25kgs na Holanda? Há quanto tempo você mora aqui? Você não tem cara de gorda, não...rsrsrs. Eu engordei 30kgs nos primeiros 6 anos. No primeiro ano de casamento foram 10 kgs comendo e bebendo muito (bons tempos aqueles)...aos poucos somaram-se a esses mais 10gks e quando engravidei engordei 13kgs porque a médica disse pra não passar disso!!! Já estava (mais de) 20kgs acima do peso normal...

Eu ando desanimada, viu...mas desistir não é uma opção. Quero acima de tudo uma vida mais saudável, passei da idade de me preocupar com corpinhos bonitos...



PS. Obrigada pela força.

Kilson disse...

Gostaria de te dizer inicialmente, que eu adoro seus textos.
Quanto a recomeçar, não devemos ver isso como uma coisa ruim, mas como uma coisa boa, pois é sempre uma oportunidade de fazermos diferente e as vezes até a diferença.
No ano passado eu perdi 9 kg com caminhadas e depois com corridas.
A cada dia me vinha a vontade de desistir, daí lembrava a mim mesmo, de uma das Leis do Guerreiro de Selva (pois sou do Exército): TENHA EM VISTA O OBJETIVO FINAL! E assim continuava com a minha obstinação em perder peso.
Neste ano voltei a engordar e já comecei de novo a minha briga pessoal com a balança.
Os quilos a mais é só um detalhe! Procure focar nas tantas qualidades que vc têm e que muitas pessoas dariam todo o dinheiro que tem para conseguir ser metade do que vc é (escrever textos lindos e maravilhosos, por exemplo).
Vc vai conseguir atingir os seus objetivos. Tenho plena certeza disso! Abraços

Suziley disse...

Oi, Beth:
A vida é um eterno recomeço. Temos que passar por ele. Então, vamos lá, em frente, sempre, com fé e coragem!! Você não está sozinha, pois é a nossa luta de cada dia. É isso aí "guria"!! Lindo o seu blog. Um grande abraço, um bom sábado, bom final de semana :)

Leticiabon disse...

Passei para dizer que estou adorando o livro "O mundo pós-aniversário". Estou lendo bem devagar para não acabar logo. É porque é difícil ler e achar algo legal para ler. Uma outra coisa boa do livro, além da inovação dos capítulos, são as referências, estou lembrando de coisas do fundo do baú.

Quando ao pesoa, também não acredito em dietas, e reeducação alimentar, para mim, seria um outro nome para "dieta para a vida inteira". Não estou sendo pessimista, mas nós, mulheres, infelizmente teremos que nos preocupar com alimentação, exercícios e pele para o resto da vida...

Ok, essa é a minha visão de mundo. E Never Give Up!

Beijos

Line disse...

"E se estar ciente de algo fosse o suficiente para resolver um problema, eu não teria mais problemas nesta vida!!!"

Verdade verdadeira. Cada uma com suas frustrações, mas como a Fefa disse, desmoralizante é desistir. O fato de você ter que recomeçar não significa que você seja fraca, muito pelo contrário - só mostra a força que você tem.

Beijos e Boa Sorte!

tania freitas disse...

Beth querida, você vai vencer essa luta, tenho certeza. Você é tão determinada, tão lúcida. Só reconhecer o 'problema' já é meio caminho andado. Você sabe com o que está lidando.

Mas, vim aqui no seu blog pra te contar que comprei aqueles dois romances que você recomendou, da Lionel Shriver. O do Kevin eu já andava querendo ler faz tempo, mas acabava esquecendo de comprar. Outro dia, quando você comentou o do Pós Aniversário, me lembrei desse outro. Fui lá e comprei os dois. Depois comento mais. Beijão

Beth Blue disse...

Fefa, pois é...não é fácil mas a gente não pode desistir. Eu operei uma hérnia de disco ano passado (abril) e desde então tenho de ter cuidado com exercícios. 6 meses de repouso, 3 antes da operação e 3 depois também não ajudaram a manter o peso perdido.

Nadar é o melhor esporte no meu caso, recomendado pelo neurologista!

Beth Blue disse...

Letícia e Tânia: tanta gente já leu (ou está lendo) os livros que recomendei que acho que vou pedir comissão pra editora (ou pra autora, rsrsrsrs).

Beijos e obrigada pela força...

Beth Blue disse...

Line,

O fato de você ter que recomeçar não significa que você seja fraca, muito pelo contrário - só mostra a força que você tem.

Não tinha pensado dessa forma. Interessante ter outros ângulos pro mesmo problema, às vezes ajuda! E sim, frustrações todos nós temos...

Beth Blue disse...

Kilson e Suziley, obrigada pelos elogios! Meu blog é lindo mas não sei se os textos são tão maravilhosos assim, hehehe. Até admito que alguns são muito bons. A verdade é que escrever pra mim é uma necessidade.

Eu sempre digo que escrevo pra mim mesma, pra tentar entender melhor, pra colocar as idéias em ordem. Comigo sempre funciona!

Albuq disse...

Oi Beth, adorei a nova cara do blog ficou linda!

Adoro seus textos, isso é fato!

Veja só, recomeçar é sempre possível... vivo nessa batalha, porque adoro comer, como com os olhos... meus passeios são de comidas, agora meu grande problema é a saúde, me faz mal e constantemente luto contra a balança.. então, entendo você. Força viu! você consegue vencer essa batalha! bjsssssss

muziek disse...

Inderdaad: nooit opgeven, want waar een wil is, is een weg (dat is een belangrijke les die ik van de hele situatie met mijn moeder heb geleerd...).

X
F.

Encantadora de Abelhas disse...

Oi Beth!
Pra mim seu ' descontrole alimentar' vem da compulsão... Sabia que compulsão é a busca por preencher um vazio... Existem vários tipos de compulsão, pode ser isso né?
Mas não tem a ver com moral nem julgamento... É aí que eu particularmente penso que vc pode estar agindo contra si mesma, se boicotando involuntariamente e quase sempre é!
Esse vazio pode ter várias formas, vários nomes... solidão, rejeição, baixa auto-estima, mas no fundo é quase sempre a mesma coisa... Falta de AMOR!
Para amarmos temos que saber quem ele é, algum dia alguém tem que nos apresentá-lo não é mesmo??
Enfim... Acho que me aprofundei e me excedi!
Espero que tenha êxito em tuas buscas e acabe encontrando uma fórmula que seja específica à vc, que te traga serenidade e paz necessária pra saciar sua busca!
Boa Sorte!
Bj

Fefa disse...

Beth, sim! 25 kilitos! 3 anos e pouquinho. Não tenho, verdade! Se bem que já estou com um papinho. Mas, do colo até o joelho eu tenho "cara" hahahahahahahahah. Não desanime não!! Olha, eu estou seguindo o programa da cyber diet (dentro do portal terra) e estou gostando. Tem apoio nutricional por e-mail, por exemplo. Sim, mas o que eu quero é tb estar bem comigo mesma, saudável. Sem neuras cariocas como antigamente. E nadar só faz bem! Ontem fui na piscina aqui em frente pegar o horário. Acho que no inicio vou fazer hidro (tem umas opcoes bem legais) e ai, qdo estiver mais ativa, dou minhas braçadas. Nós ainda temos sorte. as Piscinas têm geralmente otima estrutura por aqui e são aquecidas. A daqui fica em constantes 29-30 graus. Beijocas e força

Tecnologia do Blogger.

Tem coisa mais desmoralizante?

Depois de ter parado quase 9 meses, ontem voltei à fisioterapia (com aparelhos de musculação). Parei em janeiro e como uma coisa puxa a outra, nunca mais voltei (sem falar que o inverno rigoroso deste ano me deu a desculpa perfeita pra não sair de casa). Depois disso, a grande desculpa foi o estágio, afinal eu corria pra lá e pra cá a semana inteira! Por um ou outro motivo, também nadei muito menos neste verão do que no verão passado. E não, não me orgulho de nada disso.

Mas cá entre nós. Tem coisa mais desmoralizante do que ter de começar tudo de novo? Tem coisa mais desmoralizante do que finalmente, depois de anos, conseguir perder peso só pra ganhar tudo de novo depois? Tudo de novo outra vez. São aquelas pequenas grandes derrotas da vida que nos tiram o ânimo e nos causam um desconforto (quase) indescritível. Por não sermos melhores, por não termos mais disciplina. Enfim, por falharmos mais uma vez.

Eu acredito que a minha batalha seja muito comum a outras mulheres - e nem por isso ela é menos árdua. Pelo contrário, no meu caso é uma batalha pra vida inteira. Eu já comentei em alguns posts sobre reeducação alimentar porque não acredito em dietas. E talvez também tenha comentado (nem que por alto) que tenho problemas com comida sim. Em outras palavras, tenho um distúrbio alimentar. Ou seja, não é só uma questão de força de vontade e fechar a boca como muitos insistem em dizer. O que eu preciso mesmo é aprender a lidar com certas emoções nocivas em vez de me entupir de comida. Pronto, falei.

Na verdade, trata-se de um círculo vicioso. E se estar ciente de algo fosse o suficiente para resolver um problema, eu não teria mais problemas nesta vida!!! Felizmente - ou seria melhor dizer infelizmente - muita gente passa pelos mesmos dilemas. Por isso este desabafo...

A batalha continua, um dia de cada vez.




PS. Pra ser mais específica, me refiro a 12kgs. Eu tinha mudado para o manequim 46, comprado várias roupas novas...e agora não tenho (quase) mais nada pra usar!!!

15 comentários:

Fefa disse...

Beth, conheço bem essas batalhas ;-) É realmente para a vida inteira. Mas, reeducação é o melhor caminho. Eu engordei 25kg na Holanda (se bem que sempre fui sanfona, gordinha com momentos magros - prefiro pensar assim para nao vacilar) e sou compulsiva ;-) Trabalhei isso na terapia, faço umas coisas para segurar a onda, mas é um controle pra sempre. Eu comecei ha 2 meses um programa acompanhado de reeducacao e estou gostando. O lado ruim é que os resultados não são tão rápidos quanto gostaríamos, mas duram :-) Eu vou voltar a nadar (nadei minha vida toda) e vou comecar a fazer yoga. Malhava e muito e aqui, no inicio, tb! Mas agora, com fibromialgia e depois de uma longa fisio tb com aparelhos, vi q a melhor opcao vai ser a agua. Momentos de desânimos fazem parte! Mas, somos fortes e vamos conseguir :-D

"Tem coisa mais desmoralizante do que ter de começar tudo de novo? "

Tem! Desistir de vez ;-)

Beijo! E qq coisa, conte comigo!

Beth Blue disse...

Fefa, 25kgs na Holanda? Há quanto tempo você mora aqui? Você não tem cara de gorda, não...rsrsrs. Eu engordei 30kgs nos primeiros 6 anos. No primeiro ano de casamento foram 10 kgs comendo e bebendo muito (bons tempos aqueles)...aos poucos somaram-se a esses mais 10gks e quando engravidei engordei 13kgs porque a médica disse pra não passar disso!!! Já estava (mais de) 20kgs acima do peso normal...

Eu ando desanimada, viu...mas desistir não é uma opção. Quero acima de tudo uma vida mais saudável, passei da idade de me preocupar com corpinhos bonitos...



PS. Obrigada pela força.

Kilson disse...

Gostaria de te dizer inicialmente, que eu adoro seus textos.
Quanto a recomeçar, não devemos ver isso como uma coisa ruim, mas como uma coisa boa, pois é sempre uma oportunidade de fazermos diferente e as vezes até a diferença.
No ano passado eu perdi 9 kg com caminhadas e depois com corridas.
A cada dia me vinha a vontade de desistir, daí lembrava a mim mesmo, de uma das Leis do Guerreiro de Selva (pois sou do Exército): TENHA EM VISTA O OBJETIVO FINAL! E assim continuava com a minha obstinação em perder peso.
Neste ano voltei a engordar e já comecei de novo a minha briga pessoal com a balança.
Os quilos a mais é só um detalhe! Procure focar nas tantas qualidades que vc têm e que muitas pessoas dariam todo o dinheiro que tem para conseguir ser metade do que vc é (escrever textos lindos e maravilhosos, por exemplo).
Vc vai conseguir atingir os seus objetivos. Tenho plena certeza disso! Abraços

Suziley disse...

Oi, Beth:
A vida é um eterno recomeço. Temos que passar por ele. Então, vamos lá, em frente, sempre, com fé e coragem!! Você não está sozinha, pois é a nossa luta de cada dia. É isso aí "guria"!! Lindo o seu blog. Um grande abraço, um bom sábado, bom final de semana :)

Leticiabon disse...

Passei para dizer que estou adorando o livro "O mundo pós-aniversário". Estou lendo bem devagar para não acabar logo. É porque é difícil ler e achar algo legal para ler. Uma outra coisa boa do livro, além da inovação dos capítulos, são as referências, estou lembrando de coisas do fundo do baú.

Quando ao pesoa, também não acredito em dietas, e reeducação alimentar, para mim, seria um outro nome para "dieta para a vida inteira". Não estou sendo pessimista, mas nós, mulheres, infelizmente teremos que nos preocupar com alimentação, exercícios e pele para o resto da vida...

Ok, essa é a minha visão de mundo. E Never Give Up!

Beijos

Line disse...

"E se estar ciente de algo fosse o suficiente para resolver um problema, eu não teria mais problemas nesta vida!!!"

Verdade verdadeira. Cada uma com suas frustrações, mas como a Fefa disse, desmoralizante é desistir. O fato de você ter que recomeçar não significa que você seja fraca, muito pelo contrário - só mostra a força que você tem.

Beijos e Boa Sorte!

tania freitas disse...

Beth querida, você vai vencer essa luta, tenho certeza. Você é tão determinada, tão lúcida. Só reconhecer o 'problema' já é meio caminho andado. Você sabe com o que está lidando.

Mas, vim aqui no seu blog pra te contar que comprei aqueles dois romances que você recomendou, da Lionel Shriver. O do Kevin eu já andava querendo ler faz tempo, mas acabava esquecendo de comprar. Outro dia, quando você comentou o do Pós Aniversário, me lembrei desse outro. Fui lá e comprei os dois. Depois comento mais. Beijão

Beth Blue disse...

Fefa, pois é...não é fácil mas a gente não pode desistir. Eu operei uma hérnia de disco ano passado (abril) e desde então tenho de ter cuidado com exercícios. 6 meses de repouso, 3 antes da operação e 3 depois também não ajudaram a manter o peso perdido.

Nadar é o melhor esporte no meu caso, recomendado pelo neurologista!

Beth Blue disse...

Letícia e Tânia: tanta gente já leu (ou está lendo) os livros que recomendei que acho que vou pedir comissão pra editora (ou pra autora, rsrsrsrs).

Beijos e obrigada pela força...

Beth Blue disse...

Line,

O fato de você ter que recomeçar não significa que você seja fraca, muito pelo contrário - só mostra a força que você tem.

Não tinha pensado dessa forma. Interessante ter outros ângulos pro mesmo problema, às vezes ajuda! E sim, frustrações todos nós temos...

Beth Blue disse...

Kilson e Suziley, obrigada pelos elogios! Meu blog é lindo mas não sei se os textos são tão maravilhosos assim, hehehe. Até admito que alguns são muito bons. A verdade é que escrever pra mim é uma necessidade.

Eu sempre digo que escrevo pra mim mesma, pra tentar entender melhor, pra colocar as idéias em ordem. Comigo sempre funciona!

Albuq disse...

Oi Beth, adorei a nova cara do blog ficou linda!

Adoro seus textos, isso é fato!

Veja só, recomeçar é sempre possível... vivo nessa batalha, porque adoro comer, como com os olhos... meus passeios são de comidas, agora meu grande problema é a saúde, me faz mal e constantemente luto contra a balança.. então, entendo você. Força viu! você consegue vencer essa batalha! bjsssssss

muziek disse...

Inderdaad: nooit opgeven, want waar een wil is, is een weg (dat is een belangrijke les die ik van de hele situatie met mijn moeder heb geleerd...).

X
F.

Encantadora de Abelhas disse...

Oi Beth!
Pra mim seu ' descontrole alimentar' vem da compulsão... Sabia que compulsão é a busca por preencher um vazio... Existem vários tipos de compulsão, pode ser isso né?
Mas não tem a ver com moral nem julgamento... É aí que eu particularmente penso que vc pode estar agindo contra si mesma, se boicotando involuntariamente e quase sempre é!
Esse vazio pode ter várias formas, vários nomes... solidão, rejeição, baixa auto-estima, mas no fundo é quase sempre a mesma coisa... Falta de AMOR!
Para amarmos temos que saber quem ele é, algum dia alguém tem que nos apresentá-lo não é mesmo??
Enfim... Acho que me aprofundei e me excedi!
Espero que tenha êxito em tuas buscas e acabe encontrando uma fórmula que seja específica à vc, que te traga serenidade e paz necessária pra saciar sua busca!
Boa Sorte!
Bj

Fefa disse...

Beth, sim! 25 kilitos! 3 anos e pouquinho. Não tenho, verdade! Se bem que já estou com um papinho. Mas, do colo até o joelho eu tenho "cara" hahahahahahahahah. Não desanime não!! Olha, eu estou seguindo o programa da cyber diet (dentro do portal terra) e estou gostando. Tem apoio nutricional por e-mail, por exemplo. Sim, mas o que eu quero é tb estar bem comigo mesma, saudável. Sem neuras cariocas como antigamente. E nadar só faz bem! Ontem fui na piscina aqui em frente pegar o horário. Acho que no inicio vou fazer hidro (tem umas opcoes bem legais) e ai, qdo estiver mais ativa, dou minhas braçadas. Nós ainda temos sorte. as Piscinas têm geralmente otima estrutura por aqui e são aquecidas. A daqui fica em constantes 29-30 graus. Beijocas e força