sexta-feira, janeiro 14, 2011

Minha biblioteca favorita



Pra quem gosta de ler como eu, a Biblioteca Central de Amsterdã é o paraíso na Terra! Oito andares, um restaurante italiano no térreo e um café no último andar. O café fica na cobertura, e no verão tem um terraço com mesas e ótima vista da cidade (onde tive a honra de tomar um café com a querida Tânia). Como toda biblioteca moderna que se preze, ela tem ainda vários computadores (muitos Macs) onde se pode surfar de graça pela net. E livros, muito livros. De tudo para todos os gostos, interesses e idades. Aberto diariamente de 10 da manhã às 10 da noite. O paraíso, caros leitores!

Uma das minhas seções favoritas é a de livros em inglês (não esquecer que estamos na Holanda, né? eu leio sem problemas em holandês mas sempre tive o hábito de ler em inglês, há mais de 20 anos). Também tem uma seção enorme de DVDs e CDs para empréstimo por tarifas módicas para os sócios da biblioteca. Todo tipo de filme, documentário e até séries de tv...Na seção de CDs, muita música clássica, ópera, jazz, world music, etc.

As fotos acima (com exceção da primeira) são da seção infantil. Ali também encontra-se um atelier de artes para as crianças. E por falar em livros infantis...cada livro é mais lindo do que o outro! Uma pena que meu filho não seja tão empolgado quanto eu. Eu posso dizer com toda certeza que tenho muito mais prazer em procurar um livro bacana pra ele do que ele tem em ler!Certamente porque ele já nasceu com tudo isso à sua volta e não conhece de outro jeito! Eu cresci no Brasil dos anos 70, e naquela época os livros nem se comparavam ao que as crianças tem hoje. Me refiro ao tipo e espessura do papel, das capas belíssimas, da qualidade da impressão e por ai vai...Quem tem mais de 40 anos sabe do que estou falando, rsrsrsrs.

Diga-se de passagem, desde que virei mãe, ilustração tornou-se uma das minha grandes paixões (eu que já adorava livros pra início de conversa). Nem vou falar na quantidade de ilustradores que adoro. Aqui na Holanda, por exemplo, eu recomendo TODOS os livros do Kikker (O Sapo), do escritor holandês Max Velthuijs. Muitos já foram até traduzidos no Brasil, então fica o recado pras mamães de plantão.

Liam lê, mas não tanto como eu lia. Ele prefere enciclopédias sobre o mundo animal e outros livros sobre bichos e natureza (meu filho vai ser biólogo, hehehe). De preferência com muitas fotos e ilustrações. Eu na idade dele já devorava livros sem figuras. Hoje em dia seria o equivalente a devorar a série Harry Potter...ele ADORA os filmes do bruxinho mas nunca se animou a ler porque os livros não são ilustrados (ao menos os que tenho aqui na prateleira, tem ainda uma versão para crianças). Em compensação, o menino desenha que é uma beleza!!!

PS. Clique nas fotos para aumentar.



Kikker is Kikker!

7 comentários:

Lia disse...

Oi, Beth
Que coisa mais linda essa biblioteca! Eu tb ando impressionada com a biblioteca publica da minha cidade (nao tao linda como essa, claro..rs). Paises de primeiro mundo dao um valor muito grande para os livros, ne?
Tenho aproveitado bastante a biblioteca daqui e minha filha tb, esta se tornando uma devoradora de livros como a mae...e acho que todas as criancas passam pela fase de ler livros so com figuras, depois se interessam pelas historias mesmo; minha filha era como o seu filho.
Muito bom seu post! Bjs

Pat Ferret disse...

"Biblioteca"? Que catzu é isso? Por aqui num tem nada disso, não... :-P

Quer dizer, tem uns prédios cheios de livros maiomenos maltratados, mas que nem isso aí, nem pensar.

Pena...

Sobre sua nova "paixão", cuidado pois posso te colocar num poço sem fundo... Rsrsrs Pra começar, dá uma pesquisada no Google sobre esse camarada aqui:

http://www.jameschristensen.com/

Maria Valéria disse...

que inveja de vc que tem um lugar como esse para frequentar!...

Palavras Vagabundas disse...

Beth, realmente é o paraíso para quem gosta de ler! Que lugar lindo!
bjs
Jussara

tania disse...

Ah Beth, que maldade! Me bateu uma saudade enorme daquela viagem. Passei pouco tempo aí e já saí com vontade de voltar (claro!). Eu ia agora neste mês, mas estou meio insegura por causa de um gasto grande que terei pela frente ainda este ano... Tô me segurando, mas morrendo de vontade de voltar aí. Quem sabe consigo ir em julho se minha 'pendência' por aqui se resolver antes...
Adorei este post!
Beijão

P.S.: E que bom que finalmente o cartão de Natal (os dois Natais, a data e a cidade) chegou. Tá certo que coloquei meio tarde, mas mesmo assim demorou bem mais do que a previsão que os correios me deram.
Aquele lugar do postal é lindo e supergostoso. Até eu, que não sei nada, aproveito ali...

Vivia disse...

Essa questão de livros ilustrados me fez lembrar uma conversa que tive com minha sobrinha no último final de semana. Ela, no auge de seus 5 anos, me viu folheando um livro e me perguntou se o livro era bom. Eu falei que sim. Daí ela disse assim:
- Mas tia, não tem nenhuma figura. É bom mesmo?

Hehehe... Achei muito engraçado, porque a referência dela são os livros infantis. Apenas respondi que aquele era um livro de adulto, por isso não tinha figura!

Essa biblioteca parece realmente fantástica. Só imagino a saudade grande que a Tânia sentiu ao ver essas fotos...

Beijos, Beth!

Milena F. disse...

Linda! Da próxima vez que eu passar por essas bandas, vou tentar entrar para sentir o ambiente!!!
Concordo que os livros infantis são lindos! Tb adoro!!! Até mesmo leio!
Até uma época tinha um projeto de escrever livros infantis, e quando conheci o meu marido ele adorou a idéia de fazer as ilustrações... mas aí endo tanto livro por aqui, fiquei até perdida, pois penso que já existe livro de tudo, todos os assuntos já foram tratados...
Quem sabe um dia a inspiração volte???

Tecnologia do Blogger.

Minha biblioteca favorita



Pra quem gosta de ler como eu, a Biblioteca Central de Amsterdã é o paraíso na Terra! Oito andares, um restaurante italiano no térreo e um café no último andar. O café fica na cobertura, e no verão tem um terraço com mesas e ótima vista da cidade (onde tive a honra de tomar um café com a querida Tânia). Como toda biblioteca moderna que se preze, ela tem ainda vários computadores (muitos Macs) onde se pode surfar de graça pela net. E livros, muito livros. De tudo para todos os gostos, interesses e idades. Aberto diariamente de 10 da manhã às 10 da noite. O paraíso, caros leitores!

Uma das minhas seções favoritas é a de livros em inglês (não esquecer que estamos na Holanda, né? eu leio sem problemas em holandês mas sempre tive o hábito de ler em inglês, há mais de 20 anos). Também tem uma seção enorme de DVDs e CDs para empréstimo por tarifas módicas para os sócios da biblioteca. Todo tipo de filme, documentário e até séries de tv...Na seção de CDs, muita música clássica, ópera, jazz, world music, etc.

As fotos acima (com exceção da primeira) são da seção infantil. Ali também encontra-se um atelier de artes para as crianças. E por falar em livros infantis...cada livro é mais lindo do que o outro! Uma pena que meu filho não seja tão empolgado quanto eu. Eu posso dizer com toda certeza que tenho muito mais prazer em procurar um livro bacana pra ele do que ele tem em ler!Certamente porque ele já nasceu com tudo isso à sua volta e não conhece de outro jeito! Eu cresci no Brasil dos anos 70, e naquela época os livros nem se comparavam ao que as crianças tem hoje. Me refiro ao tipo e espessura do papel, das capas belíssimas, da qualidade da impressão e por ai vai...Quem tem mais de 40 anos sabe do que estou falando, rsrsrsrs.

Diga-se de passagem, desde que virei mãe, ilustração tornou-se uma das minha grandes paixões (eu que já adorava livros pra início de conversa). Nem vou falar na quantidade de ilustradores que adoro. Aqui na Holanda, por exemplo, eu recomendo TODOS os livros do Kikker (O Sapo), do escritor holandês Max Velthuijs. Muitos já foram até traduzidos no Brasil, então fica o recado pras mamães de plantão.

Liam lê, mas não tanto como eu lia. Ele prefere enciclopédias sobre o mundo animal e outros livros sobre bichos e natureza (meu filho vai ser biólogo, hehehe). De preferência com muitas fotos e ilustrações. Eu na idade dele já devorava livros sem figuras. Hoje em dia seria o equivalente a devorar a série Harry Potter...ele ADORA os filmes do bruxinho mas nunca se animou a ler porque os livros não são ilustrados (ao menos os que tenho aqui na prateleira, tem ainda uma versão para crianças). Em compensação, o menino desenha que é uma beleza!!!

PS. Clique nas fotos para aumentar.



Kikker is Kikker!

7 comentários:

Lia disse...

Oi, Beth
Que coisa mais linda essa biblioteca! Eu tb ando impressionada com a biblioteca publica da minha cidade (nao tao linda como essa, claro..rs). Paises de primeiro mundo dao um valor muito grande para os livros, ne?
Tenho aproveitado bastante a biblioteca daqui e minha filha tb, esta se tornando uma devoradora de livros como a mae...e acho que todas as criancas passam pela fase de ler livros so com figuras, depois se interessam pelas historias mesmo; minha filha era como o seu filho.
Muito bom seu post! Bjs

Pat Ferret disse...

"Biblioteca"? Que catzu é isso? Por aqui num tem nada disso, não... :-P

Quer dizer, tem uns prédios cheios de livros maiomenos maltratados, mas que nem isso aí, nem pensar.

Pena...

Sobre sua nova "paixão", cuidado pois posso te colocar num poço sem fundo... Rsrsrs Pra começar, dá uma pesquisada no Google sobre esse camarada aqui:

http://www.jameschristensen.com/

Maria Valéria disse...

que inveja de vc que tem um lugar como esse para frequentar!...

Palavras Vagabundas disse...

Beth, realmente é o paraíso para quem gosta de ler! Que lugar lindo!
bjs
Jussara

tania disse...

Ah Beth, que maldade! Me bateu uma saudade enorme daquela viagem. Passei pouco tempo aí e já saí com vontade de voltar (claro!). Eu ia agora neste mês, mas estou meio insegura por causa de um gasto grande que terei pela frente ainda este ano... Tô me segurando, mas morrendo de vontade de voltar aí. Quem sabe consigo ir em julho se minha 'pendência' por aqui se resolver antes...
Adorei este post!
Beijão

P.S.: E que bom que finalmente o cartão de Natal (os dois Natais, a data e a cidade) chegou. Tá certo que coloquei meio tarde, mas mesmo assim demorou bem mais do que a previsão que os correios me deram.
Aquele lugar do postal é lindo e supergostoso. Até eu, que não sei nada, aproveito ali...

Vivia disse...

Essa questão de livros ilustrados me fez lembrar uma conversa que tive com minha sobrinha no último final de semana. Ela, no auge de seus 5 anos, me viu folheando um livro e me perguntou se o livro era bom. Eu falei que sim. Daí ela disse assim:
- Mas tia, não tem nenhuma figura. É bom mesmo?

Hehehe... Achei muito engraçado, porque a referência dela são os livros infantis. Apenas respondi que aquele era um livro de adulto, por isso não tinha figura!

Essa biblioteca parece realmente fantástica. Só imagino a saudade grande que a Tânia sentiu ao ver essas fotos...

Beijos, Beth!

Milena F. disse...

Linda! Da próxima vez que eu passar por essas bandas, vou tentar entrar para sentir o ambiente!!!
Concordo que os livros infantis são lindos! Tb adoro!!! Até mesmo leio!
Até uma época tinha um projeto de escrever livros infantis, e quando conheci o meu marido ele adorou a idéia de fazer as ilustrações... mas aí endo tanto livro por aqui, fiquei até perdida, pois penso que já existe livro de tudo, todos os assuntos já foram tratados...
Quem sabe um dia a inspiração volte???