segunda-feira, janeiro 24, 2011

Norwegian Wood



Ontem assisti no cinema o belo Norwegian Wood. Pra início de conversa, sou suspeita pra falar porque amei o livro do escritor japonês Murakami (comentei anteriormente aqui). Pra quem não conhece, trata-se de um dos maiores nomes da literatura japonesa contemporânea. Sem exageros. Eu li alguns livros mas felizmente ainda falta ler outros! Norwegian Wood é um dos meus favoritos, embora seja também o que mais foge ao estilo narrativo típico do autor.

Como se não bastasse, o diretor que transformou este livro cult em filme é ninguém menos que Tran Anh Hung (diretor francês de origem vietnamesa). O mesmo que fez um dos filmes mais inesquecíveis que assisti em toda minha vida: O Cheiro da Papaya Verde. Diga-se de passagem, seu filme de estréia e que ganhou o prêmio Camera d''Or no Festival de Cannes de 1993. Bela cinematografia.

Voltando ao filme em questão, os protagonistas são três jovens: Watanabe, Naoko e Midori. Norwegian Wood é acima de tudo uma estória de amor, recheada de escolhas difíceis, perdas e sofrimento. No mais, as imagens são simplesmente maravilhosas (veja mais fotos aqui). Recomendo especialmente pra quem gosta de filmes com alto teor melancólico e personagens complicados e cheios de questionamentos. Qualquer semelhança com esta que vos escreve (não) é mera coincidência.

Não vou contar mais nada pra não estragar. ASSISTAM!

9 comentários:

Jamil S.P. disse...

Obrigado pela dica!
No ano passado assisti também um muito bom chamado 'Hanami - Cerejeiras em Flor' da diretora alemã Doris Dörrie. Se você ainda não o assistiu, super recomendo, acho que irá gostar.

Albuq disse...

Você tem o dom de me deixar no minimo CURIOSA! kkk adorei a dica. bjs

tania disse...

Nunca li o Murakami, infelizmente. Mas, O Cheiro da Papaia Verde eu vi e amei também. Lembro bem a beleza das imagens, as cores, texturas. Muito lindo mesmo.
Agora, vou procurar alguma coisa do autor pra estrear na leitura dele. Aproveitando que estou viajando e passando boas horas nas livrarias...

Hoje vi um documentário sobre o trabalho do Vik Muniz com os catadores de lixo de Gramacho, no Rio. Um doc comovente, belíssimo (o título original é Wasteland, aqui está com o título Lixo Extraordinário). Também vi O Concerto (não sei o título original) e até chorei nas sequências finais de tão lindo.

Beijos, Beth, adoro suas recomendações de livros e filmes.

Anônimo disse...

Eu já havia lido Hard Boiled wonderland and the end of the world do Murakami, gostei muito, mas muito angustiante. Passei semanas me refazendo do efeito. Norwegian Wood estava na minha lista há tempos e só agora comecei a ler essa semana, estou gostando muito. Como na maioria das vezes filmes deixam a desejar, não sei se me animo à assistir.

beijuuuuuuuuuuus,L

Jamil S.P. disse...

Nossa, a sequência final de O Concerto é realmente emocionante. Apaixonado por cinema e música, também não contive as lágrimas.
Lixo extraordinário inclusive tá concorrendo ao Oscar. Bravo!

Beth Blue disse...

Jamil, o filme Cerejeiras em Flor (Cherry Blossom) estou há tempos pra assistir, vi o trailer e achei ótimo.

Jamil e Tânia, agora vocês é que me deixaram curiosa quanto ao tal Concerto...vou pesquisar já já o título original!

Pri Sganzerla disse...

Gosto tanto ads suas indicaçõs! Fiquei curiosa sobre os filmes citados. Estão na minha lista. Apesar de na maior parte das vezes os livros serem melhores do que os filmes, né? rs

Bjos!

kalina morena disse...

Beth de Deus, tenho que ir cuidar aqui de um monte de coisas. . . e to eh lendo os comentarios de filmes no seu otimo blog!!! to adorando os seus comentarios.
eu vi norwegian wood semana passada. achei linda a fotografia, os atores tao jovens e tao lindos. nao li o livro mas curti muito o filme. ainda nao escrevi sobre ele no meu blog, mas ta na lista aqui.
abraco grande e vou ja clicar pra seguir seu blog,
Kalina

kalina morena disse...

Beth,
ah, vi 'o cheiro do papaia verde' em 2003 nos estados unidos. gostei muito aa epoca, mas to querendo rever agora.
ando muito interessada no cinema japones e quero ver 'departures' e 'glasses'. voce ja os viu?
abraco,
Kalina

Tecnologia do Blogger.

Norwegian Wood



Ontem assisti no cinema o belo Norwegian Wood. Pra início de conversa, sou suspeita pra falar porque amei o livro do escritor japonês Murakami (comentei anteriormente aqui). Pra quem não conhece, trata-se de um dos maiores nomes da literatura japonesa contemporânea. Sem exageros. Eu li alguns livros mas felizmente ainda falta ler outros! Norwegian Wood é um dos meus favoritos, embora seja também o que mais foge ao estilo narrativo típico do autor.

Como se não bastasse, o diretor que transformou este livro cult em filme é ninguém menos que Tran Anh Hung (diretor francês de origem vietnamesa). O mesmo que fez um dos filmes mais inesquecíveis que assisti em toda minha vida: O Cheiro da Papaya Verde. Diga-se de passagem, seu filme de estréia e que ganhou o prêmio Camera d''Or no Festival de Cannes de 1993. Bela cinematografia.

Voltando ao filme em questão, os protagonistas são três jovens: Watanabe, Naoko e Midori. Norwegian Wood é acima de tudo uma estória de amor, recheada de escolhas difíceis, perdas e sofrimento. No mais, as imagens são simplesmente maravilhosas (veja mais fotos aqui). Recomendo especialmente pra quem gosta de filmes com alto teor melancólico e personagens complicados e cheios de questionamentos. Qualquer semelhança com esta que vos escreve (não) é mera coincidência.

Não vou contar mais nada pra não estragar. ASSISTAM!

9 comentários:

Jamil S.P. disse...

Obrigado pela dica!
No ano passado assisti também um muito bom chamado 'Hanami - Cerejeiras em Flor' da diretora alemã Doris Dörrie. Se você ainda não o assistiu, super recomendo, acho que irá gostar.

Albuq disse...

Você tem o dom de me deixar no minimo CURIOSA! kkk adorei a dica. bjs

tania disse...

Nunca li o Murakami, infelizmente. Mas, O Cheiro da Papaia Verde eu vi e amei também. Lembro bem a beleza das imagens, as cores, texturas. Muito lindo mesmo.
Agora, vou procurar alguma coisa do autor pra estrear na leitura dele. Aproveitando que estou viajando e passando boas horas nas livrarias...

Hoje vi um documentário sobre o trabalho do Vik Muniz com os catadores de lixo de Gramacho, no Rio. Um doc comovente, belíssimo (o título original é Wasteland, aqui está com o título Lixo Extraordinário). Também vi O Concerto (não sei o título original) e até chorei nas sequências finais de tão lindo.

Beijos, Beth, adoro suas recomendações de livros e filmes.

Anônimo disse...

Eu já havia lido Hard Boiled wonderland and the end of the world do Murakami, gostei muito, mas muito angustiante. Passei semanas me refazendo do efeito. Norwegian Wood estava na minha lista há tempos e só agora comecei a ler essa semana, estou gostando muito. Como na maioria das vezes filmes deixam a desejar, não sei se me animo à assistir.

beijuuuuuuuuuuus,L

Jamil S.P. disse...

Nossa, a sequência final de O Concerto é realmente emocionante. Apaixonado por cinema e música, também não contive as lágrimas.
Lixo extraordinário inclusive tá concorrendo ao Oscar. Bravo!

Beth Blue disse...

Jamil, o filme Cerejeiras em Flor (Cherry Blossom) estou há tempos pra assistir, vi o trailer e achei ótimo.

Jamil e Tânia, agora vocês é que me deixaram curiosa quanto ao tal Concerto...vou pesquisar já já o título original!

Pri Sganzerla disse...

Gosto tanto ads suas indicaçõs! Fiquei curiosa sobre os filmes citados. Estão na minha lista. Apesar de na maior parte das vezes os livros serem melhores do que os filmes, né? rs

Bjos!

kalina morena disse...

Beth de Deus, tenho que ir cuidar aqui de um monte de coisas. . . e to eh lendo os comentarios de filmes no seu otimo blog!!! to adorando os seus comentarios.
eu vi norwegian wood semana passada. achei linda a fotografia, os atores tao jovens e tao lindos. nao li o livro mas curti muito o filme. ainda nao escrevi sobre ele no meu blog, mas ta na lista aqui.
abraco grande e vou ja clicar pra seguir seu blog,
Kalina

kalina morena disse...

Beth,
ah, vi 'o cheiro do papaia verde' em 2003 nos estados unidos. gostei muito aa epoca, mas to querendo rever agora.
ando muito interessada no cinema japones e quero ver 'departures' e 'glasses'. voce ja os viu?
abraco,
Kalina