sábado, dezembro 30, 2006

Saddam, Bush e a Besta do Apocalipse

Sinceramente, com tanta coisa louca acontecendo neste mundo, nem sei mais sobre o que escrever. Hoje a principal manchete de todos os jornais do mundo é o enforcamento de Saddam Hussein, considerado inimigo número 1 dos EUA e mais especificamente, de George Bush.

Sim, o ditador iraquiano cometeu atrocidades e finalmente foi feita justiça pelos crimes cometidos. Segundo palavras de Bush, o enforcamento do ditador foi um marco para a democracia no Iraque. É aí que eu me pergunto: o que o Bush e suas tropas americanas (e aliadas) tinham que fazer no Iraque, pra início de conversa?

Diga-se de passagem, a Comunidade Européia considerou o enforcamento um ato de barbárie - o que era de se esperar porque a CE sempre foi contra a pena de morte (como a maioria dos países civilizados). A velha estória: não se combate violência com mais violência, nem barbárie com mais barbárie. E nesse ponto, eu concordo.

Pra finalizar, (e desculpem o paradoxo pois acabei de dizer que não acredito na violência como solução mas se tem uma pessoa que me tira do sério é este tal Bush) a pergunta que não quer calar: quando será o enforcamento de Bush? Porque convenhamos, ele vem cometendo atrocidades como, apenas para citar um exemplo recente, a guerra do Iraque (onde o número de soldados mortos quase atinge os 3000 e já ultrapassou o número de mortos no atentado de 9-11 em NY, a desculpa que ele usou para atacar o Iraque). E não há um ser neste planeta que consiga fazer com que ele páre de brincar de xerife do mundo!

Tem dias que a gente fica mesmo sem palavras...e nem vou comentar sobre a explosão de violência no Rio nas últimas 48 horas porque já é demais!!! Feliz Ano Novo para vocês assim mesmo...(e não, eu não uso lentes cor-de-rosa).

2 comentários:

Arnild disse...

Beth,

Eu também nem sei(mais) o que dizer. Por enquanto só ouço hienas. Estou absolutamente convencida de que o mal do mundo é a humanidade.
Só consigo pensar que este episódio selou uma verdade incontestável: Aqui, ou aonde quer que seja, Não há diferenças entre os homens!
Arnild

B e b e t e 2007 disse...

Pois é...
o império americano continua colocando suas manguinhas de fora.
E essas guerras todas que eles começam pra continuar o mercado daqueles que enriquecem com as guerras (industrias de armas e alimentos, exércitos, roupas, carros de guerra, aviões etc). Se é uma coisa que eu não entendo são essas guerras.
Se o Saddam devia ser enforcado ou não, eu discordo...o circo continua, mesmo com ele morto. A democracia não chegou coisa nenhum no Iraque, o mar de sangue como vc falou continua a jorrar. Como falava o finado James Brown que talvez estejam tricotando no inferno ou no céu com o Saddam: -
"It's a man's man's world"...

E eles continuam brincando de soldadinhos de chumbo, estejam onde estiverem esperando por Bush.

Tecnologia do Blogger.

Saddam, Bush e a Besta do Apocalipse

Sinceramente, com tanta coisa louca acontecendo neste mundo, nem sei mais sobre o que escrever. Hoje a principal manchete de todos os jornais do mundo é o enforcamento de Saddam Hussein, considerado inimigo número 1 dos EUA e mais especificamente, de George Bush.

Sim, o ditador iraquiano cometeu atrocidades e finalmente foi feita justiça pelos crimes cometidos. Segundo palavras de Bush, o enforcamento do ditador foi um marco para a democracia no Iraque. É aí que eu me pergunto: o que o Bush e suas tropas americanas (e aliadas) tinham que fazer no Iraque, pra início de conversa?

Diga-se de passagem, a Comunidade Européia considerou o enforcamento um ato de barbárie - o que era de se esperar porque a CE sempre foi contra a pena de morte (como a maioria dos países civilizados). A velha estória: não se combate violência com mais violência, nem barbárie com mais barbárie. E nesse ponto, eu concordo.

Pra finalizar, (e desculpem o paradoxo pois acabei de dizer que não acredito na violência como solução mas se tem uma pessoa que me tira do sério é este tal Bush) a pergunta que não quer calar: quando será o enforcamento de Bush? Porque convenhamos, ele vem cometendo atrocidades como, apenas para citar um exemplo recente, a guerra do Iraque (onde o número de soldados mortos quase atinge os 3000 e já ultrapassou o número de mortos no atentado de 9-11 em NY, a desculpa que ele usou para atacar o Iraque). E não há um ser neste planeta que consiga fazer com que ele páre de brincar de xerife do mundo!

Tem dias que a gente fica mesmo sem palavras...e nem vou comentar sobre a explosão de violência no Rio nas últimas 48 horas porque já é demais!!! Feliz Ano Novo para vocês assim mesmo...(e não, eu não uso lentes cor-de-rosa).

2 comentários:

Arnild disse...

Beth,

Eu também nem sei(mais) o que dizer. Por enquanto só ouço hienas. Estou absolutamente convencida de que o mal do mundo é a humanidade.
Só consigo pensar que este episódio selou uma verdade incontestável: Aqui, ou aonde quer que seja, Não há diferenças entre os homens!
Arnild

B e b e t e 2007 disse...

Pois é...
o império americano continua colocando suas manguinhas de fora.
E essas guerras todas que eles começam pra continuar o mercado daqueles que enriquecem com as guerras (industrias de armas e alimentos, exércitos, roupas, carros de guerra, aviões etc). Se é uma coisa que eu não entendo são essas guerras.
Se o Saddam devia ser enforcado ou não, eu discordo...o circo continua, mesmo com ele morto. A democracia não chegou coisa nenhum no Iraque, o mar de sangue como vc falou continua a jorrar. Como falava o finado James Brown que talvez estejam tricotando no inferno ou no céu com o Saddam: -
"It's a man's man's world"...

E eles continuam brincando de soldadinhos de chumbo, estejam onde estiverem esperando por Bush.