quinta-feira, abril 05, 2007

Tarde de sol no Nieuwmarkt


Ontem passei uma tarde agradável com um casal de amigos mineiros aqui em Amsterdam. São amigos muito queridos e a casa deles é praticamente a minha segunda casa! Aproveitamos a tarde ensolarada de primavera para degustarmos umas cervejas belgas: Trappist e La Chouffe. E eu, como de costume (sou uma pessoa de hábitos), sugeri um dos cafés do Nieuwmarkt, um dos bairros mais antigos e animados da cidade. Nieuwmarkt é o nome da praça repleta de cafés e muito frequentada por locais e turistas, logo atrás do famoso bairro das prostitutas, o Red Light District (que sinceramente nunca achei grande coisa...). Após alguma espera, conseguimos uma mesa ao sol no café In De Waag (fotos acima). Para os desavisados, não se trata de um castelo e sim de um dos monumentos mais antigos da cidade, construído em 1488 (quando o Brasil ainda nem havia sido descoberto). Era ali que os mercantilistas holandeses pesavam (waag significa balança) e vendiam suas mercadorias trazidas das Índias (seda, especiarias, etc).

Pra terminar, e porque logo ali atrás também fica o bairro Chinatown, acabamos jantando num dos inúmeros restaurantes chineses da Zeedijk. Comida boa e barata (sai mais em conta do que cozinhar em casa). Ainda voltamos pra casa dela pra conversar mais um pouco. E eu fui pra casa feliz e decidida a gastar minha energia apenas com os amigos e as pessoas importantes na minha vida. Porque é primavera. E porque a vida é curta!

1 comentários:

annix disse...

Delícia, né? Continue assim!

Tecnologia do Blogger.

Tarde de sol no Nieuwmarkt


Ontem passei uma tarde agradável com um casal de amigos mineiros aqui em Amsterdam. São amigos muito queridos e a casa deles é praticamente a minha segunda casa! Aproveitamos a tarde ensolarada de primavera para degustarmos umas cervejas belgas: Trappist e La Chouffe. E eu, como de costume (sou uma pessoa de hábitos), sugeri um dos cafés do Nieuwmarkt, um dos bairros mais antigos e animados da cidade. Nieuwmarkt é o nome da praça repleta de cafés e muito frequentada por locais e turistas, logo atrás do famoso bairro das prostitutas, o Red Light District (que sinceramente nunca achei grande coisa...). Após alguma espera, conseguimos uma mesa ao sol no café In De Waag (fotos acima). Para os desavisados, não se trata de um castelo e sim de um dos monumentos mais antigos da cidade, construído em 1488 (quando o Brasil ainda nem havia sido descoberto). Era ali que os mercantilistas holandeses pesavam (waag significa balança) e vendiam suas mercadorias trazidas das Índias (seda, especiarias, etc).

Pra terminar, e porque logo ali atrás também fica o bairro Chinatown, acabamos jantando num dos inúmeros restaurantes chineses da Zeedijk. Comida boa e barata (sai mais em conta do que cozinhar em casa). Ainda voltamos pra casa dela pra conversar mais um pouco. E eu fui pra casa feliz e decidida a gastar minha energia apenas com os amigos e as pessoas importantes na minha vida. Porque é primavera. E porque a vida é curta!

1 comentários:

annix disse...

Delícia, né? Continue assim!