sábado, abril 14, 2007

Sensação de alívio

Depois de muito cogitar, hoje finalmente saí do Orkut. Como em tudo na vida, eu demoro a tomar uma decisão, mas depois que decido, raramente mudo de idéia. Não costumo tomar decisões precipitadas, embora elas até possam parecer precipitadas pra quem está de fora. Minhas decisões costumam ser reflexo de muito pensar.

É que o orkut já deu o que tinha que dar há tempos...fiz amizades maravilhosas por ali e sei que algumas delas irão me acompanhar por muitos anos. Porque cá entre nós, amizades verdadeiras independem de orkut pra sobreviver. Independem do tempo que passa e da distância que separa dois amigos. E as amizades que não sobreviverem o orkut, não eram amizades pra início de conversa. Meus amigos sabem onde me encontrar (inclusive aqui neste blog). No mais, meu telefone e e-mail continuam os mesmos.

Acredito que este processo começou no exato momento em que decidi me separar e ser feliz. Quando prometi a mim mesma não aceitar mais NADA que me faça infeliz. Finalmente estou aprendendo a me desfazer de coisas e pessoas que me fazem infeliz. Estou aprendendo o desapego. E a verdade é que o orkut não estava colaborando em nada para a minha felicidade. Não estava me acrescentando nada. Muita fofoca, intriga e disse-me-disse, como comentei em um post recente. E eu não preciso deste tipo de energia na minha vida.

Hoje me despeço de mais uma parte do meu passado que perdeu sua função...A vida muda e precisamos mudar com ela, deixá-la fluir. Nos últimos tempos me desfiz de um casamento infeliz e aproveitei para fazer uma faxina nas amizades...agora é a vez do orkut.

Só tenho uma coisa a dizer: que enorme sensação de alívio! No mais, é primavera, hoje é um lindo dia de sol e daqui a pouco sairei pra tomar umas cervejas com amigos. Viva a primavera, viva as 4 estações do ano. Que venham as mudanças, estar vivo é isso!

7 comentários:

Anônimo disse...

Sair eu ainda não saí do Orkut, até porquê ele é útil nesse lance de "achados e perdidos" (o que incluiu ter te encontrado) mas por coincidência eu também decidi parar de postar. Se isso vai ser por dias, semanas ou meses ainda não sei, mas eu não estou satisfeita com a direção que aquilo está tomando. E como você disse, é primavera (já com cara de verão), é hora de curtir! Bjs, Marcia

Bebete Indarte disse...

Eu já fui deletada duas vezes do orkut...horrível.
Se vc perde algo involuntariamente dá mais valor. Ele é um mal necessário, apesar da fórmula estar desgastada para aqueles que estão há mais tempo por lá, mas é uma boa forma de contato.
Agora uso a conta gotas, e essa moderação não causa nenhum mal.
Petje af pra vc, se vc conseguiu fazer essa escolha.

Boa sorte!
A primavera tá com cara de verão.
Viva!

Mrs C disse...

Eu ja sai, ja voltei, se precisar saio de novo, o orkut ta la ne???
Bjs , nao te perco de vista nao!
PS: Parabens pro Liam semana que vem!!

vania disse...

betinha, eu estou como vc!!

tb saí do orkut recentemente pq estava atrapalhando minha vida!!

amizade verdadeira sobrevive em qualquer circunstância.

e uma coisa que aprendi recentemente é: temos que tirar o velho e dar espaço pro novo chegar!!!


beijocas

Arnild disse...

Morrer no (ou será para o?) orkut é como na vida real: quem sofre é quem fica:-))
Beijos e bom domingo!!

Anônimo disse...

Vou ficar com saudade... bem ou mal, a verdade eh que o orkut facilita o contato, isso nao se pode negar, ainda que seja um contato leve (isso sim, ali nao da pra pegar pesado, nao). Ainda mais pra um preguicoso que nem eu... amo meus amigos, mas tenho que admitir, "regar a plantinha" eh algo que me custa um esforco danado, as vezes... acho que sou solitario por natureza.
Mas va la, faca o que te faz feliz... varre a casa toda, mas nao me poe pra fora nao, ok? Eu nao ocupo muito espaco, nao faco barulho, nao dou trabalho nenhum, he he he...
beijo, Antonio

La Belle® disse...

Eu continuo resistindo bravamente, mas não consigo participar mais das comunidades e nem aproveitar o que o site nos oferece... Mantenho contato apenas com os amigos distantes e só....

Tecnologia do Blogger.

Sensação de alívio

Depois de muito cogitar, hoje finalmente saí do Orkut. Como em tudo na vida, eu demoro a tomar uma decisão, mas depois que decido, raramente mudo de idéia. Não costumo tomar decisões precipitadas, embora elas até possam parecer precipitadas pra quem está de fora. Minhas decisões costumam ser reflexo de muito pensar.

É que o orkut já deu o que tinha que dar há tempos...fiz amizades maravilhosas por ali e sei que algumas delas irão me acompanhar por muitos anos. Porque cá entre nós, amizades verdadeiras independem de orkut pra sobreviver. Independem do tempo que passa e da distância que separa dois amigos. E as amizades que não sobreviverem o orkut, não eram amizades pra início de conversa. Meus amigos sabem onde me encontrar (inclusive aqui neste blog). No mais, meu telefone e e-mail continuam os mesmos.

Acredito que este processo começou no exato momento em que decidi me separar e ser feliz. Quando prometi a mim mesma não aceitar mais NADA que me faça infeliz. Finalmente estou aprendendo a me desfazer de coisas e pessoas que me fazem infeliz. Estou aprendendo o desapego. E a verdade é que o orkut não estava colaborando em nada para a minha felicidade. Não estava me acrescentando nada. Muita fofoca, intriga e disse-me-disse, como comentei em um post recente. E eu não preciso deste tipo de energia na minha vida.

Hoje me despeço de mais uma parte do meu passado que perdeu sua função...A vida muda e precisamos mudar com ela, deixá-la fluir. Nos últimos tempos me desfiz de um casamento infeliz e aproveitei para fazer uma faxina nas amizades...agora é a vez do orkut.

Só tenho uma coisa a dizer: que enorme sensação de alívio! No mais, é primavera, hoje é um lindo dia de sol e daqui a pouco sairei pra tomar umas cervejas com amigos. Viva a primavera, viva as 4 estações do ano. Que venham as mudanças, estar vivo é isso!

7 comentários:

Anônimo disse...

Sair eu ainda não saí do Orkut, até porquê ele é útil nesse lance de "achados e perdidos" (o que incluiu ter te encontrado) mas por coincidência eu também decidi parar de postar. Se isso vai ser por dias, semanas ou meses ainda não sei, mas eu não estou satisfeita com a direção que aquilo está tomando. E como você disse, é primavera (já com cara de verão), é hora de curtir! Bjs, Marcia

Bebete Indarte disse...

Eu já fui deletada duas vezes do orkut...horrível.
Se vc perde algo involuntariamente dá mais valor. Ele é um mal necessário, apesar da fórmula estar desgastada para aqueles que estão há mais tempo por lá, mas é uma boa forma de contato.
Agora uso a conta gotas, e essa moderação não causa nenhum mal.
Petje af pra vc, se vc conseguiu fazer essa escolha.

Boa sorte!
A primavera tá com cara de verão.
Viva!

Mrs C disse...

Eu ja sai, ja voltei, se precisar saio de novo, o orkut ta la ne???
Bjs , nao te perco de vista nao!
PS: Parabens pro Liam semana que vem!!

vania disse...

betinha, eu estou como vc!!

tb saí do orkut recentemente pq estava atrapalhando minha vida!!

amizade verdadeira sobrevive em qualquer circunstância.

e uma coisa que aprendi recentemente é: temos que tirar o velho e dar espaço pro novo chegar!!!


beijocas

Arnild disse...

Morrer no (ou será para o?) orkut é como na vida real: quem sofre é quem fica:-))
Beijos e bom domingo!!

Anônimo disse...

Vou ficar com saudade... bem ou mal, a verdade eh que o orkut facilita o contato, isso nao se pode negar, ainda que seja um contato leve (isso sim, ali nao da pra pegar pesado, nao). Ainda mais pra um preguicoso que nem eu... amo meus amigos, mas tenho que admitir, "regar a plantinha" eh algo que me custa um esforco danado, as vezes... acho que sou solitario por natureza.
Mas va la, faca o que te faz feliz... varre a casa toda, mas nao me poe pra fora nao, ok? Eu nao ocupo muito espaco, nao faco barulho, nao dou trabalho nenhum, he he he...
beijo, Antonio

La Belle® disse...

Eu continuo resistindo bravamente, mas não consigo participar mais das comunidades e nem aproveitar o que o site nos oferece... Mantenho contato apenas com os amigos distantes e só....