quarta-feira, novembro 10, 2010

Asperger e adolescentes

Eu sei que a maioria dos meus leitores não tem interesse específico em autismo. Mas também sei que muitos chegam ao meu blog através de pesquisas no google com palavras asperger, autismo, etc. Ou seja, tem sempre gente interessada no assunto - e o tema dá muito pano pra manga.

Eu acho informação fundamental, ao menos eu sempre fui uma information junkie! E não apenas em questões relativas ao autismo, mas em termos gerais. Porque a gente não pode (ou não deveria) falar do que não conhece. Autismo é um tema recorrente no meu blog (pra quem ainda não percebeu) porque convivo diariamente com ele. E gosto de dar dicas para pessoas interessadas porque informação nunca é demais!

Mas este post é pra falar de um livro muito interessante que acabei de ler, Freaks, Geeks and Asperger Syndrome. O autor é Luke Jackson, um adolescente de 13 anos que tem a síndrome de Asperger e decidiu escrever um livro para compartilhar suas experiências. Um livro duplamente especial: por oferecer uma visão em primeira mão de quem sofre do distúrbio, e por falar sobre autismo na adolescência (mais especificamente, Asperger). Pra ser sincera (sem ser esnobe), peguei a versão em holandês aqui na biblioteca, e infelizmente não sei dizer se o livro já foi traduzido para o português...

Enfim, altamente recomendado para pais e educadores que lidem com crianças e adolescentes autistas.





PS. Para obter uma lista de mais livros sobre o assunto, leia aqui (em inglês). Os três primeiros  listados eu já li e recomendo.

3 comentários:

Eve disse...

Ponto pra vc: "a gente nào pode falar do que não conhece." e quanto mais a gente se informa, mais caem por terra os mitos e preconceitos.
bjs!

Pri Sganzerla disse...

A graça de ter um blog é justamente falar sobre coisas que nos interessam. E que de repente podem interessar a mais alguém, sem a gente saber. Vc faz super bem em colocar suas experiências, suas leituras, suas indicações. Quantas vezes já caí em blogs que me ajudaram de formas inesperadas!

Beijos!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Eu gostei da dica! achei muito interessante, até pq boa parte do meu trabalho se passa com crianças que sofrem de autismo. E os amo muito.

vou ler o livro!
obrigado e bom dia

Tecnologia do Blogger.

Asperger e adolescentes

Eu sei que a maioria dos meus leitores não tem interesse específico em autismo. Mas também sei que muitos chegam ao meu blog através de pesquisas no google com palavras asperger, autismo, etc. Ou seja, tem sempre gente interessada no assunto - e o tema dá muito pano pra manga.

Eu acho informação fundamental, ao menos eu sempre fui uma information junkie! E não apenas em questões relativas ao autismo, mas em termos gerais. Porque a gente não pode (ou não deveria) falar do que não conhece. Autismo é um tema recorrente no meu blog (pra quem ainda não percebeu) porque convivo diariamente com ele. E gosto de dar dicas para pessoas interessadas porque informação nunca é demais!

Mas este post é pra falar de um livro muito interessante que acabei de ler, Freaks, Geeks and Asperger Syndrome. O autor é Luke Jackson, um adolescente de 13 anos que tem a síndrome de Asperger e decidiu escrever um livro para compartilhar suas experiências. Um livro duplamente especial: por oferecer uma visão em primeira mão de quem sofre do distúrbio, e por falar sobre autismo na adolescência (mais especificamente, Asperger). Pra ser sincera (sem ser esnobe), peguei a versão em holandês aqui na biblioteca, e infelizmente não sei dizer se o livro já foi traduzido para o português...

Enfim, altamente recomendado para pais e educadores que lidem com crianças e adolescentes autistas.





PS. Para obter uma lista de mais livros sobre o assunto, leia aqui (em inglês). Os três primeiros  listados eu já li e recomendo.

3 comentários:

Eve disse...

Ponto pra vc: "a gente nào pode falar do que não conhece." e quanto mais a gente se informa, mais caem por terra os mitos e preconceitos.
bjs!

Pri Sganzerla disse...

A graça de ter um blog é justamente falar sobre coisas que nos interessam. E que de repente podem interessar a mais alguém, sem a gente saber. Vc faz super bem em colocar suas experiências, suas leituras, suas indicações. Quantas vezes já caí em blogs que me ajudaram de formas inesperadas!

Beijos!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Eu gostei da dica! achei muito interessante, até pq boa parte do meu trabalho se passa com crianças que sofrem de autismo. E os amo muito.

vou ler o livro!
obrigado e bom dia