quarta-feira, novembro 03, 2010

De volta à programação normal

Depois do último post  - bem que eu disse que política não se discute - voltemos à programação normal deste canal, hehehe.

Mas antes disso, quero falar sobre a falta de comentários (e silêncio de muitas blogueiras queridas) no post sobre as eleições. E me permitam a sinceridade, fiquei triste e desapontada com a falta total de reação das minhas leitoras mais assíduas. Mas entendo perfeitamente e respeito a opinião de cada uma delas. Assim como entendo que o blog é meu e aqui eu escrevo o que eu quiser!

Em termos de política, respeito pela opinião alheia é fundamental. Claro que eu adoraria ter podido compartilhar minha imensa alegria com vocês...como já compartilhei tantas alegrias e tristezas neste espaço. Não foi o caso desta vez mas tudo bem, estou acostumada com essas coisas. E digo mais: o amor e a amizade verdadeiros sabem relegar essas diferenças inevitáveis de opinião.

Vivo isso na minha própria relação com o F., nossas maiores discussões foram e continuam sendo sobre...política e questões sociais! Brigamos, fico triste e depois a gente deixa pra lá e segue em frente. Porque amar é isso. O que não significa que seja fácil, né?

Enfim, voltemos à programação normal.

8 comentários:

Eve disse...

Ai! Senti essa cutucada daqui. Hehehe
Eu não sei se foi direcionada a mim. Mas, posso dizer que não comentei no seu post, simplesmente, por não ter opinião nenhuma (mesmo que seja um fato histórico termos a primeira mulher na presidência), e digitar um "legal, gostei" pra mim não é levantar nenhuma discussão...
Desculpa aí, tá? Tranquilo? rsrs

Bjs!

Pri Sganzerla disse...

Não fique incomodada não... Quando expomos uma opinião política, revelamos muito mais do que uma preferência. Revelamos quem somos, nossa visão de mundo, a ideologia com a qual nos identificamos. E nem todo mundo está afim de se revelar. Talvez pra não se indispor, talvez pra evitar desgaste, rótulos, etc.

O mais importante é que o blog é seu e é registro de quem vc é, do que vc pensa. E isso é corajoso, suficiente e fundamental!

Bjos!

Anônimo disse...

Want liefde kan alles overwinnen, ook politieke verschillen... :-)

X!
F.

Maria Valéria disse...

Bethinha, eu procuro não falar muito sobre politica no blog, afinal como sou paulista e votei na Dilma quase fui linchada aqui.. rsrsr!!... vc não tem facebook, mas pode dar uma espiadinha pra ver o nivel dos comentários; só opiniões depreciativas, unilaterais, e sem direito de contra argumentar. Uma amiga minha postou 3 comentarios xingando o PT, e qdo botei 2 post lá dizendo" discordo", recebi em resposta um comentário ácido( que apaguei) e em seguida ela postou " vou sair do facebook, pq o debate entre dilma e serra está muito chato". Ora, enqto ela postou #3 frases falando o ponto de vista DELA, não estava chato, ne? me poupe, que raio de "debate" é esse onde só um pode falar?Depois eu eu e outros se posicionaram discorando, ficou ' chato'...
Já fui abordada aqui comos e eu fosse uma assassina, uma criminosa por ter votado na Dilma, as pessoas olham torto mesmo. trabalho em serviço publico e tenho medo de expor demais o que penso, pois um dia a prefeitura atual pdoe mudar.
comento mais no blog da Tania que tem ideias parecidas e preferencia politica parecida com a minha.
e aqui em são paulo, a opinião da maioria é" vc é é inteligente, bem informado e culto, votou no serra, OBVIO"( ouvi isso numa festa ha 2 semanas, e fiquei quieta, pois se o assunto ta ' resolvido' e ta´' obvio' quem sou eu rpa discordar? srrsr)
é que vc não convive com paulistas, Bethinha, senão dependendo sua sua opinião o melhor a fazer á calar a boca enqto morar aqui no estado...
beijos

Beth Blue disse...

Maria Valeria, os leitores paulistas que me desculpem mas ainda bem que não moro em SP!!!

PeloamordeDeus, eu não dava conta não. Por falar em eleitor inteligente, todos que conheço votaram na Dilma (e no Lula). Estou falando de gente com nível universitário, mestrado e até doutorado. Muitos universitários votam no PT. E ponto final.

Ou seja, inteligência também é uma questão relativa.

Palavras Vagabundas disse...

Beth, obrigada pela visita!
Eu acho que a campanha por aqui foi tão suja e abjeta, que você se sentia inibida sobre qualquer debate, podia acabar apanhando.
Os fundamentalistas de plantão - todos Serra - estão furiosos, desqualificando os votos recebidos por Dilma. Não vou desqualificar os votos deles, mas o que acontece é que acham que se está bom para eles, por que dividir? Dilma, Lula e PT fazem, pensam e tem um programa de melhoria social, é isso que eles não querem. Imagine esse "ex-miserável" entrando no meu shopping! Não quero minha empregada usando as mesmas marcas que eu!´E vai por aí. Implicitamente o Serra passou que ia melhorar as condições da classe A, todo o resto soava falso. Quem enxergava o discurso caalhinha - professores, doutores e letrados - os pobres que tiveram sua vida melhorada nos últimos 8 anos viam a falsidade do discurso, assim todos eles votaram em Dilma. Graças a Deus, como se pôde ver, existe mais gente inteligente e comprometida com o próximo do que sonhava os leitores de Serra.
Entre os eleitores de Serra existe gente equilibrada, que nesse momento se perguntam o que não vi?
Aí é melhor dizer que não ser um ser político.
Falei demais.
bjs carinhosos
Jussara

Mulher de Fases disse...

Política é mesmo um assunto complicado, né?? Imagino que muita gente deve ter se sentido constrangida de tomar um partido público e fazer comentários, afinal é um assunto tão polêmico!

Corajosa você, de ter abordado essa questão tão abertamente aqui no blog.

Maria Valéria disse...

Bethinha,
Não me importo de escutar os argumentos da outra parte, não. Outro dia um colega de trabalho estava falando dos pontos positivos do governno FHC e do serra( como gov. de sp). Ok, escutei, trocamos idéias como dois adultos civilizados. Simples.Agora, o que não tenho paciência é com esse posicionamento unilateral, como monólogo, como vir dizer que eleitor da Dilma é burro, que eleitor do Serra é inteligente. Essa coisa meio estereotipada que não ageunto. ou então aquelas correntes que recebi" arnaldo jabor, não sei quem da globo MANDOU náo votar na Dilma". Dã... e eu com isso?? se quer me convencer, mostra argumentos e DEBATE dos fatos( como fez meu colega de trabalho, que votou no serra, ok, respeito). Mas não vem me xingar de burra, de chata, só por não ter a mesma posição. Isso não é debate, isso é imposição de opinião.Paulista adora fazer isso com politica.( e olha que sou paulista, rs).O mais engraçado foi aguentar de colegas estudados, eclarecidos, com pós grad, que Dilma está proibida de viajar pros USA pq matou náo sei quem e fo terrorista, que não pdoe fazer acordo internacional e não pdoe ser recebida por Obama. Dã?? mas ela esteve lá nos USA há poucos meses, com direito a foto e tudo...Me poupem dessa lavagem cerebral!!
como diz a Tania no blog dela, quer debater, discordar? Ok, mas va se informar antes de repetir o que " leu na folha " ou o que " ouviu dizer"...
bjs!

Tecnologia do Blogger.

De volta à programação normal

Depois do último post  - bem que eu disse que política não se discute - voltemos à programação normal deste canal, hehehe.

Mas antes disso, quero falar sobre a falta de comentários (e silêncio de muitas blogueiras queridas) no post sobre as eleições. E me permitam a sinceridade, fiquei triste e desapontada com a falta total de reação das minhas leitoras mais assíduas. Mas entendo perfeitamente e respeito a opinião de cada uma delas. Assim como entendo que o blog é meu e aqui eu escrevo o que eu quiser!

Em termos de política, respeito pela opinião alheia é fundamental. Claro que eu adoraria ter podido compartilhar minha imensa alegria com vocês...como já compartilhei tantas alegrias e tristezas neste espaço. Não foi o caso desta vez mas tudo bem, estou acostumada com essas coisas. E digo mais: o amor e a amizade verdadeiros sabem relegar essas diferenças inevitáveis de opinião.

Vivo isso na minha própria relação com o F., nossas maiores discussões foram e continuam sendo sobre...política e questões sociais! Brigamos, fico triste e depois a gente deixa pra lá e segue em frente. Porque amar é isso. O que não significa que seja fácil, né?

Enfim, voltemos à programação normal.

8 comentários:

Eve disse...

Ai! Senti essa cutucada daqui. Hehehe
Eu não sei se foi direcionada a mim. Mas, posso dizer que não comentei no seu post, simplesmente, por não ter opinião nenhuma (mesmo que seja um fato histórico termos a primeira mulher na presidência), e digitar um "legal, gostei" pra mim não é levantar nenhuma discussão...
Desculpa aí, tá? Tranquilo? rsrs

Bjs!

Pri Sganzerla disse...

Não fique incomodada não... Quando expomos uma opinião política, revelamos muito mais do que uma preferência. Revelamos quem somos, nossa visão de mundo, a ideologia com a qual nos identificamos. E nem todo mundo está afim de se revelar. Talvez pra não se indispor, talvez pra evitar desgaste, rótulos, etc.

O mais importante é que o blog é seu e é registro de quem vc é, do que vc pensa. E isso é corajoso, suficiente e fundamental!

Bjos!

Anônimo disse...

Want liefde kan alles overwinnen, ook politieke verschillen... :-)

X!
F.

Maria Valéria disse...

Bethinha, eu procuro não falar muito sobre politica no blog, afinal como sou paulista e votei na Dilma quase fui linchada aqui.. rsrsr!!... vc não tem facebook, mas pode dar uma espiadinha pra ver o nivel dos comentários; só opiniões depreciativas, unilaterais, e sem direito de contra argumentar. Uma amiga minha postou 3 comentarios xingando o PT, e qdo botei 2 post lá dizendo" discordo", recebi em resposta um comentário ácido( que apaguei) e em seguida ela postou " vou sair do facebook, pq o debate entre dilma e serra está muito chato". Ora, enqto ela postou #3 frases falando o ponto de vista DELA, não estava chato, ne? me poupe, que raio de "debate" é esse onde só um pode falar?Depois eu eu e outros se posicionaram discorando, ficou ' chato'...
Já fui abordada aqui comos e eu fosse uma assassina, uma criminosa por ter votado na Dilma, as pessoas olham torto mesmo. trabalho em serviço publico e tenho medo de expor demais o que penso, pois um dia a prefeitura atual pdoe mudar.
comento mais no blog da Tania que tem ideias parecidas e preferencia politica parecida com a minha.
e aqui em são paulo, a opinião da maioria é" vc é é inteligente, bem informado e culto, votou no serra, OBVIO"( ouvi isso numa festa ha 2 semanas, e fiquei quieta, pois se o assunto ta ' resolvido' e ta´' obvio' quem sou eu rpa discordar? srrsr)
é que vc não convive com paulistas, Bethinha, senão dependendo sua sua opinião o melhor a fazer á calar a boca enqto morar aqui no estado...
beijos

Beth Blue disse...

Maria Valeria, os leitores paulistas que me desculpem mas ainda bem que não moro em SP!!!

PeloamordeDeus, eu não dava conta não. Por falar em eleitor inteligente, todos que conheço votaram na Dilma (e no Lula). Estou falando de gente com nível universitário, mestrado e até doutorado. Muitos universitários votam no PT. E ponto final.

Ou seja, inteligência também é uma questão relativa.

Palavras Vagabundas disse...

Beth, obrigada pela visita!
Eu acho que a campanha por aqui foi tão suja e abjeta, que você se sentia inibida sobre qualquer debate, podia acabar apanhando.
Os fundamentalistas de plantão - todos Serra - estão furiosos, desqualificando os votos recebidos por Dilma. Não vou desqualificar os votos deles, mas o que acontece é que acham que se está bom para eles, por que dividir? Dilma, Lula e PT fazem, pensam e tem um programa de melhoria social, é isso que eles não querem. Imagine esse "ex-miserável" entrando no meu shopping! Não quero minha empregada usando as mesmas marcas que eu!´E vai por aí. Implicitamente o Serra passou que ia melhorar as condições da classe A, todo o resto soava falso. Quem enxergava o discurso caalhinha - professores, doutores e letrados - os pobres que tiveram sua vida melhorada nos últimos 8 anos viam a falsidade do discurso, assim todos eles votaram em Dilma. Graças a Deus, como se pôde ver, existe mais gente inteligente e comprometida com o próximo do que sonhava os leitores de Serra.
Entre os eleitores de Serra existe gente equilibrada, que nesse momento se perguntam o que não vi?
Aí é melhor dizer que não ser um ser político.
Falei demais.
bjs carinhosos
Jussara

Mulher de Fases disse...

Política é mesmo um assunto complicado, né?? Imagino que muita gente deve ter se sentido constrangida de tomar um partido público e fazer comentários, afinal é um assunto tão polêmico!

Corajosa você, de ter abordado essa questão tão abertamente aqui no blog.

Maria Valéria disse...

Bethinha,
Não me importo de escutar os argumentos da outra parte, não. Outro dia um colega de trabalho estava falando dos pontos positivos do governno FHC e do serra( como gov. de sp). Ok, escutei, trocamos idéias como dois adultos civilizados. Simples.Agora, o que não tenho paciência é com esse posicionamento unilateral, como monólogo, como vir dizer que eleitor da Dilma é burro, que eleitor do Serra é inteligente. Essa coisa meio estereotipada que não ageunto. ou então aquelas correntes que recebi" arnaldo jabor, não sei quem da globo MANDOU náo votar na Dilma". Dã... e eu com isso?? se quer me convencer, mostra argumentos e DEBATE dos fatos( como fez meu colega de trabalho, que votou no serra, ok, respeito). Mas não vem me xingar de burra, de chata, só por não ter a mesma posição. Isso não é debate, isso é imposição de opinião.Paulista adora fazer isso com politica.( e olha que sou paulista, rs).O mais engraçado foi aguentar de colegas estudados, eclarecidos, com pós grad, que Dilma está proibida de viajar pros USA pq matou náo sei quem e fo terrorista, que não pdoe fazer acordo internacional e não pdoe ser recebida por Obama. Dã?? mas ela esteve lá nos USA há poucos meses, com direito a foto e tudo...Me poupem dessa lavagem cerebral!!
como diz a Tania no blog dela, quer debater, discordar? Ok, mas va se informar antes de repetir o que " leu na folha " ou o que " ouviu dizer"...
bjs!