sexta-feira, novembro 05, 2010

Parafraseando eu mesma

Caramba!!! Fui reler alguns posts antigos (pra ver se aprendi mesmo a lição) e me deparei com este escrito há mais de 3 anos e que me descreve tão perfeitamente:

Tô cansada...
Hoje só vou dizer uma coisa. Tô tão cansada de ser eu mesma que queria tirar férias de mim mesma e ir pra bem longe! O que obviamente não mudaria nada porque a gente sempre carrega a si mesmo por onde quer que ande. A gente sempre carrega os problemas conosco, onde quer que andemos por este planeta. Mas eu tô tão cansada de tanta emoção à flor da pele, de tantos pensamentos descontrolados, destes momentos de desorientação que surgem assim do nada. Acima de tudo, cansada desta intensidade que dói no peito e que me é tão conhecida. Cansada de complicar o que é simples, cansada dos dramas que só existem dentro da minha cabeça. Ser eu mesma cansa. É que eu não tenho meio-termo. E quando observo as pessoas à minha volta, desconfio que até hoje não aprendi a viver. Todo mundo parece simplesmente viver a vida e eu estou sempre me debatendo com meus fantasmas. Sempre me debatendo comigo mesma.

Eu juro que queria acordar um dia e não ser eu mesma. Nem que fosse somente por um dia, brincar de ser outra pessoa... férias de mim mesma antes de seguir em frente me debatendo com fantasmas que, no final das contas, não passam disso. Fantasmas, criações da minha mente.

4 comentários:

Line disse...

Há! Também me descreve perfeitamente. Tô super a fim de férias mim mesma. Às vezes eu mesma me acho tão complicada e chatinha, que fico pensando como é que meu marido me aguenta, rs. E se fosse eu no lugar dele? Já tinha picado a mula há muito tempo...ê laiá.

Beijos e ótimo fim de semana!

Pri Sganzerla disse...

Nossa, eu já pensei inúmeras vezes a mesma coisa sobre mim! rsrsrsrs Tipo: "ai como dá trabalho ser eu!"

É um desgaste imenso! Mas com seu lado positivo também. Pq não gostaria de ser rasa, alienada... Só acho que o ideal seria um meio termo entre os estremos! rs

Me vi no que vc escreveu, com certeza.

Bjos!

Pri Sganzerla disse...

Putz... eXtremos... rsrsrsrs

Janine disse...

Oi Beth... vi que leu um post de três anos atrás e achou tão semelhante aos dias de hoje... bem, achei uns caderninhos antigos de uns ... 20 anos atrás rs... e me vi.. (salvo as devidas proporções!) Rs

Beijos!
www.impressoesminhasimpressoes.blogspot.com

Tecnologia do Blogger.

Parafraseando eu mesma

Caramba!!! Fui reler alguns posts antigos (pra ver se aprendi mesmo a lição) e me deparei com este escrito há mais de 3 anos e que me descreve tão perfeitamente:

Tô cansada...
Hoje só vou dizer uma coisa. Tô tão cansada de ser eu mesma que queria tirar férias de mim mesma e ir pra bem longe! O que obviamente não mudaria nada porque a gente sempre carrega a si mesmo por onde quer que ande. A gente sempre carrega os problemas conosco, onde quer que andemos por este planeta. Mas eu tô tão cansada de tanta emoção à flor da pele, de tantos pensamentos descontrolados, destes momentos de desorientação que surgem assim do nada. Acima de tudo, cansada desta intensidade que dói no peito e que me é tão conhecida. Cansada de complicar o que é simples, cansada dos dramas que só existem dentro da minha cabeça. Ser eu mesma cansa. É que eu não tenho meio-termo. E quando observo as pessoas à minha volta, desconfio que até hoje não aprendi a viver. Todo mundo parece simplesmente viver a vida e eu estou sempre me debatendo com meus fantasmas. Sempre me debatendo comigo mesma.

Eu juro que queria acordar um dia e não ser eu mesma. Nem que fosse somente por um dia, brincar de ser outra pessoa... férias de mim mesma antes de seguir em frente me debatendo com fantasmas que, no final das contas, não passam disso. Fantasmas, criações da minha mente.

4 comentários:

Line disse...

Há! Também me descreve perfeitamente. Tô super a fim de férias mim mesma. Às vezes eu mesma me acho tão complicada e chatinha, que fico pensando como é que meu marido me aguenta, rs. E se fosse eu no lugar dele? Já tinha picado a mula há muito tempo...ê laiá.

Beijos e ótimo fim de semana!

Pri Sganzerla disse...

Nossa, eu já pensei inúmeras vezes a mesma coisa sobre mim! rsrsrsrs Tipo: "ai como dá trabalho ser eu!"

É um desgaste imenso! Mas com seu lado positivo também. Pq não gostaria de ser rasa, alienada... Só acho que o ideal seria um meio termo entre os estremos! rs

Me vi no que vc escreveu, com certeza.

Bjos!

Pri Sganzerla disse...

Putz... eXtremos... rsrsrsrs

Janine disse...

Oi Beth... vi que leu um post de três anos atrás e achou tão semelhante aos dias de hoje... bem, achei uns caderninhos antigos de uns ... 20 anos atrás rs... e me vi.. (salvo as devidas proporções!) Rs

Beijos!
www.impressoesminhasimpressoes.blogspot.com