quinta-feira, março 08, 2007

Dia da mulher

Eu não poderia deixar este dia passar em branco. Embora acredite que dia da mulher deveria ser mesmo é todos os dias, 365 dias por ano! Porque convenhamos: ser mulher é, e continua sendo, um desafio em nossa sociedade moderna. As exigências do mundo lá fora (e frequentemente dentro de nós mesmas) podem ser sufocantes. Por isso, a mulher deve antes de mais nada saber quem ela é e o que ela deseja da vida (e não o que os outros acham que ela é ou desejam para a vida dela). Sem esta percepção de si mesma, não dá pra aguentar o tranco. E mais cedo ou mais tarde, você é engolida...

Por falar em percepção de si mesma, uma das campanhas publicitárias que mais despertou a atenção este ano foi a Campanha pela Real Beleza da Dove. Porque já era mais do que tempo de parar e refletir o que a mídia e as top models (sem falar em Hollywood e nas novelas da Globo) fizeram e continuam fazendo com a auto-estima de mulheres de todas as idades, em toda parte do mundo. Sim, porque com o padrão de beleza vigente de mulheres (cada dia mais) magérrimas e super produzidas em revistas e outdoors, não sobra mesmo pra ninguém. Quer um consolo, assista o vídeo Evolution (selecione Campaign for Real Beauty à esquerda para abrir a janela e exibir o filme).

No dia de hoje (e em todos os outros dias), eu só queria dizer o seguinte: seja você mesma e seja feliz. Aceite suas limitações, cultive suas qualidades e faça as pazes com seus defeitos (porque ninguém é perfeito). Não deixe que alguém lá fora decida o que é a felicidade pra você - crie seus próprios critérios e seja feliz.

E no final das contas, a embalagem pode ser importante, mas o conteúdo é essencial. Quem gostaria de receber uma enorme caixa embrulhada com papel especial e cheia de fitas pra depois abrir e descobrir que não tem nada dentro...Tantas mulheres obcecadas em cuidar do seu exterior (a embalagem), maquiagem, dietas, tinturas de cabelo, cremes mil etc. Mas será que se lembram de dedicar o mesmo tempo e esforços para cuidar de sua beleza interior (o conteúdo) - aquela que é mais importante em todo relacionamento humano que vale a pena.

6 comentários:

carla disse...

Querida Beth, o que escrever já que você disse tudo!
Que tenhamos um ótimo ano!!!
Mil beijos,
Carla-M30.

Kerli disse...

Oi linda! estava devendo uma visita tem tempo e fiz questão de vir ler o seu texto. Adorei! Simples, direto ao ponto e com uma mensagem positiva. Prometo ser mais assídua do seu blog.
muitos beijos.
Kerli.

Arnild disse...

Beth,
Gostei muito da parte que fala sobre o poder de ludibriar da embalagem. Por fora nome e pompa, por dentro, água, já anotou Maria Szepes em seu monumental "O Leão Vermelho". Acrescentaria que as mulheres também precisam aprender a amarem-se umas às outras. É um tal de puxar tapete que Deus me livre!
Bisous

Anônimo disse...

Oi, Beth!
Feliz Dia das Mulheres para você também! Essa campanha da Dove é realmente fantástica! Agora eles estão focando nas meninas, adolescentes, que vivem intensamente essa pressão social.
Gosto muito dos seus textos! Vêm bem a calhar!!
Beijos da Ana Amélia

Anônimo disse...

Eu gosto muito dessa campanha da Dove. E uma das modelos que aparece no comercial atual é brasileira (aquela senhora com a mecha branca de cabelo). Eu acho que podemos cuidar bem do exterior e interior nosso, uma coisa não exclui a outra. Bjs, Marcia

maria amelia disse...

ainda nao me aceitei com minhas gorduras localizadas e basicas. mas meu marido sim. nao quer me perder por conta de uma cirurgia ridicula num corpore sano.eu acho que ele tem razao. bendita sou entre as mulheres. preciso me aceitar com minhas particularidades. sejam elas gorduras ou nao.mas voltando ao assunto, adoro essa propaganda da Dove. Precisamos de mais aliados.
hehehe

Tecnologia do Blogger.

Dia da mulher

Eu não poderia deixar este dia passar em branco. Embora acredite que dia da mulher deveria ser mesmo é todos os dias, 365 dias por ano! Porque convenhamos: ser mulher é, e continua sendo, um desafio em nossa sociedade moderna. As exigências do mundo lá fora (e frequentemente dentro de nós mesmas) podem ser sufocantes. Por isso, a mulher deve antes de mais nada saber quem ela é e o que ela deseja da vida (e não o que os outros acham que ela é ou desejam para a vida dela). Sem esta percepção de si mesma, não dá pra aguentar o tranco. E mais cedo ou mais tarde, você é engolida...

Por falar em percepção de si mesma, uma das campanhas publicitárias que mais despertou a atenção este ano foi a Campanha pela Real Beleza da Dove. Porque já era mais do que tempo de parar e refletir o que a mídia e as top models (sem falar em Hollywood e nas novelas da Globo) fizeram e continuam fazendo com a auto-estima de mulheres de todas as idades, em toda parte do mundo. Sim, porque com o padrão de beleza vigente de mulheres (cada dia mais) magérrimas e super produzidas em revistas e outdoors, não sobra mesmo pra ninguém. Quer um consolo, assista o vídeo Evolution (selecione Campaign for Real Beauty à esquerda para abrir a janela e exibir o filme).

No dia de hoje (e em todos os outros dias), eu só queria dizer o seguinte: seja você mesma e seja feliz. Aceite suas limitações, cultive suas qualidades e faça as pazes com seus defeitos (porque ninguém é perfeito). Não deixe que alguém lá fora decida o que é a felicidade pra você - crie seus próprios critérios e seja feliz.

E no final das contas, a embalagem pode ser importante, mas o conteúdo é essencial. Quem gostaria de receber uma enorme caixa embrulhada com papel especial e cheia de fitas pra depois abrir e descobrir que não tem nada dentro...Tantas mulheres obcecadas em cuidar do seu exterior (a embalagem), maquiagem, dietas, tinturas de cabelo, cremes mil etc. Mas será que se lembram de dedicar o mesmo tempo e esforços para cuidar de sua beleza interior (o conteúdo) - aquela que é mais importante em todo relacionamento humano que vale a pena.

6 comentários:

carla disse...

Querida Beth, o que escrever já que você disse tudo!
Que tenhamos um ótimo ano!!!
Mil beijos,
Carla-M30.

Kerli disse...

Oi linda! estava devendo uma visita tem tempo e fiz questão de vir ler o seu texto. Adorei! Simples, direto ao ponto e com uma mensagem positiva. Prometo ser mais assídua do seu blog.
muitos beijos.
Kerli.

Arnild disse...

Beth,
Gostei muito da parte que fala sobre o poder de ludibriar da embalagem. Por fora nome e pompa, por dentro, água, já anotou Maria Szepes em seu monumental "O Leão Vermelho". Acrescentaria que as mulheres também precisam aprender a amarem-se umas às outras. É um tal de puxar tapete que Deus me livre!
Bisous

Anônimo disse...

Oi, Beth!
Feliz Dia das Mulheres para você também! Essa campanha da Dove é realmente fantástica! Agora eles estão focando nas meninas, adolescentes, que vivem intensamente essa pressão social.
Gosto muito dos seus textos! Vêm bem a calhar!!
Beijos da Ana Amélia

Anônimo disse...

Eu gosto muito dessa campanha da Dove. E uma das modelos que aparece no comercial atual é brasileira (aquela senhora com a mecha branca de cabelo). Eu acho que podemos cuidar bem do exterior e interior nosso, uma coisa não exclui a outra. Bjs, Marcia

maria amelia disse...

ainda nao me aceitei com minhas gorduras localizadas e basicas. mas meu marido sim. nao quer me perder por conta de uma cirurgia ridicula num corpore sano.eu acho que ele tem razao. bendita sou entre as mulheres. preciso me aceitar com minhas particularidades. sejam elas gorduras ou nao.mas voltando ao assunto, adoro essa propaganda da Dove. Precisamos de mais aliados.
hehehe